• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Você sabia? A Garrafa térmica de Café esconde uma xícara na tampa

O copinho escondido tem exatamente 50 ml.

Não é novidade, o SOS é apaixonado por curiosidades. Já falamos sobre uma função secreta do grampeador, explicamos para que serve o bolsinho das calças jeans, e montamos até uma lista com 18 Coisas que você provavelmente não imagina para que servem, dentre tantas outras coisas, é claro.

Agora vamos falar de uma coisa que todo mundo conhece, com uma segunda função bem interessante: a tampa da garrafa de café! E não estamos falando daquele tipo de garrafa que você, fã de café, já conhece bem:

Garrafa de café com caneca na tampa.

O que pode ser novidade é que as garrafas sem a caneca na tampa também escondem um copinho para tomar café:

O assunto ganhou as redes sociais no final de 2018, conquistando os grupos de Whatsapp até hoje. Apesar do tweet do Paulo Picanço (imagem acima) ser o primeiro que ganhou destaque no Twitter, deixando a galera bem surpresa, não sabemos ao certo quem descobriu essa proeza.

É possível encontrar o copinho na tampa em mais de um modelo de garrafa:

Testamos aqui, e o copinho escondido tem exatamente a mesma medida de um copinho descartável de café: 50ml.

Os fabricantes não confirmam essa utilidade. Mesmo assim, a galera que encontrou esse copinho secreto já aprovou o uso. É ótimo para quem leva café para o trabalho ou faculdade e nem sempre tem uma caneca à mão – assim, não precisa utilizar um copo descartável e o meio ambiente agradece.

Mas, apesar dessa novidade para os fã de café ser algo surpreendente, não é toda garrafa que tem esse copinho escondido. Existe uma diferença visual que ajuda facilmente a identificar se sua tampa vira ou não um copinho.

As tampas com copinho são mais ‘gordinhas’ que as demais:

Só tem um detalhe: enquanto você bebe café no copinho funcional, o restante do café na garrafa pode ir esfriando. Então corre!

Daiane Oliveira
Jornalista, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui