• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

Vivendo do Ócio, resgatando a atitude roqueira no Brasil #PraOuvir

A cena rock ainda existe no país e possui uma identidade, esse é um som em homenagem a nós, solteiros!

 

ocio1_sos_solteiro

 

Quem aí esteve no Lollapalooza? Tive a oportunidade linda de estar presente durante os três dias no evento, e o que eu mais gosto nesse tipo de festival é poder ver de pertinho suas bandas favoritas e principalmente conhecer novas!

Uma destas foi a Vivendo do Ócio, que tocou no terceiro e último dia. Confesso que não me interessei muito quando a vi no line-up, mas quando eles começou a tocar gostei muito. Assim que cheguei em casa já baixei as músicas, e pra quem ainda não os conhece, cá estou eu a apresentando!

 

ocio2_sos_solteiro

 

A banda é formada por Jajá Cardoso, Dieguito Reis, Luca e Davide Bori, já possuindo dois álbuns, “Nem sempre tão normal” e “O Pensamento é um imã” (clique nos links para comprar os CD’s). Foram da Bahia para São Paulo, vencendo o concurso da GAS Sound, tendo como prêmio a gravação de um disco com a gravadora independente Deck Disc. Têm como maior sucesso a música “Nostalgia”.

 

 

A Vivendo do Ócio foi formada em 2006 e suas principais influências são as bandas internacionais que a gente já adora: The Beatles, Rolling Stones, Arctic Monkeys, The Hives e The Strokes. O nome é inspirado nas tardes de preguiçosas em que passavam tirando um som.

 

Alguns clipes que a banda lançou (e pior… ou melhor, eles já tem vários videos! #comoeunãoconheciantes):

 

 

 

A banda possui um rock n’ roll enérgico que há algum tempo eu não via fazendo sucesso aqui no Brasil, só tenho visto bandas que insistem em fazer letras em inglês. Explicadíssimo o motivo de eles terem tantos fãs jovens (e estão conquistando cada vez mais), as letras se tratam dos dilemas pelos quais todos nós passamos, incertezas e desilusões.

Somos bombardeados diariamente com Valescas, camaros amarelos, pararapapas e tchetchetchereres, que muitas pessoas esquecem que a cena rock ainda existe no país e possui uma identidade, o que prova que ele tem sim salvação em nosso território.  Por fim, um som em homenagem a nós, solteiros! 😉

 

Ouça online os dois trabalhos da banda:

 

 

Tenho vontade de colocar todos os vídeos possíveis aqui haha, mas depois dessa palhinha, vocês podem encontrar mais informações no site oficial

 

 

Paola Simonetto

Paola Simonetto – Designer de moda e rockstar frustrada. Apaixonada por música – desde pop ao metal – desde que se entende por gente. Queria bateria mas ganhou uma guitarra aos 13, porém a prática não pareceu tão atraente quanto admirar seus ídolos, passar horas afundada na teoria e desejar ir a todos os shows possíveis. Acha que o lindo da vida é a batida e o estilo do rock inglês. Gosta de gatos, manias, filmes, livros, viagens e pessoas estranhas.

 

 




Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui