• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Existem alguns sintomas de Ataque Cardíaco que são ignorados pela medicina

Muito além do formigamento no braço ou a clássica dor no peito.

Quando a gente pensa em ataque cardíaco, logo nos vem à mente a imagem de uma pessoa se contraindo com a mão no peito, no melhor estilo hollywoodiano.

Mas essa estereotipização dos sintomas pode ser um risco para nossa saúde, pois existem diversos sinais que estão sendo ignorados por todo mundo, inclusive pela medicina.

Eu não vou conseguir descrever os sintomas por muito mais tempo.

De acordo com a reportagem publicada pela BBC, Alison Fillinghan, uma enfermeira de 49 anos, sentiu uma dor profunda em seus pescoço e na clavícula. Como as dores não diminuíram, ela foi até um hospital. Após alguns exames, a profissional da área de saúde descobriu que havia sofrido um ataque cardíaco.

“Eu fui enfermeira por 24 anos, mas eu não achava que era algo relacionado com meu coração. Meus sintomas não eram típicos. Você espera sentir uma dor no peito. Você pensa em pessoas agarrando seu próprio peito, mas não foi nada daquilo. – contou Alison à BBC.

E esse ocorrido não é apenas um caso isolado.

Conforme revelou este estudopublicado no site científico The Lancet, vários outros sintomas que podem sinalizar alguma complicação cardíaca estão sendo ignorados, tanto pelos pacientes, como pelos médicos.

Para tal constatação, os pesquisadores analisaram todas as mortes relacionadas com ataques cardíacos (cerca de 135.950) que ocorreram nos hospitais da Inglaterra entre os anos de 2006 e 2010.

Foi analisado se os dados revelados no registro dos pacientes sinalizavam algum sintoma característico dos ataques cardíacos como motivo para a internação, se havia alguma ração secundária ou ainda nenhum motivo informado.

De acordo com o registro, 21.677 pessoas que morreram de ataque cardíaco não apresentavam nenhum menção sobre sintomas que os associava à problemas no coração.

“Médicos são muito bons em tratar ataques cardíacos quando eles são a principal causa, mas não tratamos muito bem ataques cardíacos secundários ou sinais sutis que podem apontar para um ataque cardíaco que termine em morte num futuro próximo.” – revela Dr. Perviz Asaria, principal autor do estudo à BBC.

Segundo os cientistas envolvidos, nesses pacientes que não tiveram seus sintomas associados à problemas cardíacos, notou-se um aumento nos casos de desmaio, falta de ar e dor no peito em até um mês antes de suas mortes.

Ou seja, de acordo com o estudo, os médicos não levantaram a possibilidade desses sintomas estarem relacionados com o ataque cardíaco fatal, já que os pacientes não apresentavam problemas no coração, tampouco os sintomas clássicos do infarto.

De acordo com especialistas da área, o estudo apesar de revelar um fato preocupante, também serve como um poderoso lembrete de que, apesar dos avanços da medicina no tratamento de doenças cardíacas, ainda existe um longo caminho à percorrer para melhorar o tratamento e o diagnóstico desse tipo problema.

Os sintomas que vão além da dor no peito

O NHS, o serviço de saúde da Inglaterra, divulgou em seu site alguns outros sintomas não tão conhecidos mas que estão associados à ataques cardíacos. Eles vão muito além do formigamento no braço esquerdo ou da clássica dor no peito, que segundo o serviço de saúde, nem sempre é tão intensa como vemos nos filmes.

Algumas pessoas podem sentir essa dor no peito de maneira mais suave, quase como se fosse uma indigestão e outras simplesmente não sentem dor nessa região, principalmente as mulheres, os idosos e pessoas com diabete.

Abaixo os sintomas pontuados pelo NHS:

  • Dor no Peito: como uma pressão, uma sensação de aperto na região do lado esquerdo ou bem no centro do peito;

  • Outras Dores: além de sentir essa dor no peito, também é possível sentir como se ela “caminhasse” pelo corpo, podendo se estender até o pescoço, mandíbula, abdômen, costas e braços. Apesar de afirmarem que a sensibilidade é sempre no braço esquerdo, na realidade ambos os braços podem apresentar o sintoma;

  • Tonturas: ficar enjoado ou vomitar;

  • Transpiração e Falta de Ar;

  • Tosse ou chiado no peito;

  • Ataque de ansiedade: um sensação estranha porém esmagadora, semelhante à uma crise de ataque do pânico.

Nota como devemos ficar atentos a estes sinais?

Fique de olho na sua saúde e claro, de olho nos sinais que seu corpo manda!

Fonte(s): BBC, The Lancet, NHS, BBC
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui