• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

No que investir: Ar condicionado, climatizador ou ventilador?

Para combater o aquecimento global em tempos de crise, é melhor fazer a compra certa.

Podemos arriscar a dizer que o Brasil é diferente de qualquer outro país, já que o nosso verão parece durar bem mais do que apenas três meses – aqui tem calô e muito, mas muito suó.

Para quem não aguenta mais ver o termômetro bater acima da casa dos 30º e ter a sensação de estar na caatinga, basta conferir as recomendações do arquiteto Junior Piacesi e escolher o equipamento que mais se adequa à sua necessidade.

calor_sososlteiros

***

1. Ar condicionado de janela

Se você mora em um apê mais antigo, talvez poderá encontrar um espaço vazio ao lado da janela ou sob ela. Assim, modelos de ar condicionado como os de janela, eletrônico ou mecânico podem ser ótimas escolhas.

Entretanto, segundo um publicação do Papo de Homem, esses aparelhos não possuem um desempenho tão bom, pois consomem menos energia e isso resulta em baixa potência e, além de atrapalhar a estética do ambiente, fazem “belos” ruídos.

É possível encontrar modelos por até R$759,00.

tipo_ar_sossolteiros

majstorbeograd

2. Ar condicionado portátil

Sua humilde residência é alugada e não dá para ficar quebrando a parede? Sem crise!

Com este tipo de ar condicionado é possível obter o mesmo efeito que o modelo citado acima. No entanto, ele rende mais em ambientes menores e precisa estar afixado perto de alguma janela também, para poder liberar a água captada.

Preço médio sugerido para esse modelo é o problema, R$1.329,00.

tipo_ar_sossolteiros_02

trusthomesense

3. SPLIT

Para quem pode investir mais dinheiro e não vai ficar na pendenga, o SPLIT é o mais recomendado, pois traz consigo as funções de condensador e evaporador, trabalhando em conjunto para uma melhor condição de refrigeração do local.

De acordo com o modelo escolhido – leve em consideração a avaliação dos BTU’s* – é bem provável que um ambiente de até 20 m² seja refrigerado com facilidade.

Piacesi afirma que este aparelho é mais custoso para ser instalado e em alguns edifícios seu alojamento é proibido, visto que ele altera o exterior da construção, então dê uma pesquisada no seu condomínio antes de desembolsar a grana.

Seu custo circula na faixa de R$1.039,00.

*Conforme afirmação da Brastemp, a sigla BTU significa British Thermal Unit (Unidade Térmica Britânica) e é utilizada para determinar a potência de um aparelho, ou seja, o quanto um dispositivo consegue esquentar e/ou gelar um local. Assim, quanto mais BTU’s seu aparelho tiver, mais eficiente ele será e mais energia ele consumirá.

tipo_ar_sossolteiros_03

d-airconditioning

4. Climatizador

“Ah, mas eu não posso ficar perto de ar condicionado porque sempre fico doente.”

Nesse caso, é recomendável o uso de climatizadores com a função umidificador, pois são ótimos para regiões onde a umidade do ar é baixa, onde o clima é gelado e seco, porém, a maioria dos aparelhos não possui a função resfriar, apenas faz o ar ventilar e umidifica o local.

Contudo, o umidificador melhora a qualidade do ar e ainda auxilia no processo de manutenção de desfunções respiratórias. Indicado para regiões extremamente secas. Assim, se desejar uma aparelho dinâmico e que lhe atenda no inverno também, indica-se um climatizador com a função quente-frio. Já fizemos um Review completo sobre o produto.

Preço médio trabalhado de R$262,00.

tipo_ar_sossolteiros_04

casa

5. Ventiladores (portátil – teto – parede)

O plano de contenção de gastos já está em vigor e você não quer suar até ficar desidratado? Calma, tem solução para todos os gostos e bolsos. Sendo assim, um ventilador portátil pode quebrar o galho, mas ele apenas fará o ar circular e não exercerá o trabalho de refrigeração. Contudo, é bem melhor do que um leque, não é?

O ventilador portátil possui um custo mais baixo, podendo ser encontrado por até R$70,00.

Mas se fizer questão em ter um ventilador de teto, este também pode ser uma boa saída. Mas lembre-se, quanto mais pás menos barulho e mais custoso tende a ser o produto.

Ventilador de teto – de três pás – trabalha com valores aproximados a R$130,00.

Para ambientes de fins comerciais pode-se inserir os modelos de parede, mas é importante saber que eles fazem um certo barulho e, segundo o arquiteto, a partir de 36º seu efeito é nulo.

Dos três modelos apresentados é o mais caro, trabalhando com o preço aproximado de R$150,00.

tipo_ar_sossolteiros_05

stocksnap

 

Fontes: Papo de Homem | Morando SozinhaBrastemp

imagem de capa: futuristik

Raphael Domingos
Acredita que o processo de autoconhecimento é o melhor trampolim para encontrar propósito de vida, o que gera significado para toda uma existência, incluindo o aperfeiçoamento de performance profissional. Também crê no poder do colaborativismo e no sistema de conhecimento compartilhado.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui