• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

Risco de incêndio! Deixar uma garrafa de água no carro é mais perigoso do que você imaginava

Além de fazer mal à sua saúde, ela pode danificar o seu veículo.

Já havíamos falado neste texto que deixar a garrafinha de água em lugares quentes, como no carro, faz com que o plástico libere substâncias tóxicas para nossa saúde.

Mas este não é o único motivo para você evitar garrafas de água dentro do veículo. Está circulando um alerta importante na rede: deixar uma garrafinha com água dentro do carro pode iniciar um incêndio!

Essa constatação veio através de um vídeo feito pela empresa norte-americana de fornecimento de energia, Idaho Power. Nele, um de seus técnicos alega que após deixar uma garrafa de água em cima do banco de um dos caminhões da empresa, em um dia extremamente quente, notou um buraco de queimado no estofado.

Marca de queimado “feito” pela garrafa.

De acordo com a explicação, a água dentro da garrafa funcionou como uma lupa, capaz de concentrar a energia dos raios solares em um único ponto e assim, ao aumentar o calor dessa região, iniciou uma chama potencialmente destrutiva.

Para comprovar a veracidade da tese, uma equipe da empresa realizou testes em um carro.

Raios solares concentrados pela água da garrafa queimando o estofado do veículo.

O experimento ainda revelou que se a garrafa não estiver completamente cheia, o calor gerado pode ser ainda mais intenso, incendiando o carro mais rapidamente.

Vale dizer que já ensinamos como fazer fogo usando pedras de gelo, exatamente com a mesma técnica testada pela empresa, por isso o alerta serve tanto para as garrafas de plástico, como às de vidro ou qualquer outra transparente.

Então já sabe, nada de deixar garrafinha de água dentro do carro. Sua saúde agradece e seu carango também.

Veja abaixo o vídeo completo (em inglês):

Fonte(s): Histórias com Valor, Newsner, Idaho Power - Facebook
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui