• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

Urban Jungle: transformar o apartamento em uma ‘selva’ ganha popularidade no mundo todo

Entre os benefícios, equilibra a umidade, limpa o ar, relaxa e minimiza alergias.

A vida na cidade grande pode ser muito desgastante. O cinza que nos rodeia estampados em grandes prédios, os gases poluentes distribuídos pelos veículos, e o estresse causado por longas horas de engarrafamento, promovem cada vez mais doenças físicas e psicológicas como depressão e ansiedade.

Não é a toa que os jovens adotaram uma prática antiga, considerada “mania de vó”, de encher a casa de plantinhas. Mania essa que não só enfeita o ambiente como trás benefícios à saúde! É um fato planetário, as vovós sabem das coisas.

Além de decorar, as plantas trazem o contato com a natureza e acalmam.

O movimento Urban Jungle (Floresta Urbana), nasceu com a geração millennial (nascidos a partir dos anos 80 até 90), que estão mais engajados e preocupados com a saúde e as causas ambientais.

Normalmente, os adeptos a esse estilo também estão ligados na origem dos produtos que consomem e na responsabilidade das indústrias em relação a produção de resíduos. Desde então, o movimento ganhou força e promete devolver a carência do verde apagado nas metrópoles para dentro de seu lar.

As tags sobre o assunto estão cada vez mais frequentes nas redes e são compartilhadas por jovens que se consideram “pais de plantas” ou “doidos das plantas”, onde mostram seus ambientes tomados por vasos, e espécies que cultivam.

Publicações com a tag #urbanjungle no Instagram

A forte tendência de projetar uma floresta dentro de casa, não promove só a beleza com um toque criativo ao ambiente, mas também trás vida.

As plantas são excelentes para a nossa saúde!

As plantas e flores equilibram a umidade do ambiente, limpam o ar, ajudam a relaxar o corpo, inspiram criatividade, minimizam alergias e fornecem energia. Bem good vibes, né?

Um estudo realizado pela NASA, em 1989, relatou que diversas espécies de plantas são capazes de filtrar o benzeno, o xileno, a amônia,  e demais substâncias emitidas por fumaça de cigarros, escapamento de carros, tintas, produtos de limpeza e de beleza que fazem bastante mal para a saúde. Já falamos sobre isso em detalhes, clique aqui.

Um outro estudo feito pela universidade inglesa Royal College of Agriculture analisa como a influência das plantas em um ambiente pode ajudar na concentração. Após análises descobriram que estudantes tiveram 70% mais atenção quando estavam cercados por plantas.

Em um artigo produzido pelo Journal of Environmental Psychology, pesquisadores afirmam que ter plantas com flores ajuda a diminuir os níveis de estresse, por exemplo, os antúrios que têm flores exuberantes.

Veja algumas imagens para se inspirar:

Outro estilo que também se assemelha ao Urban Jungle é o Hygge. Criado na Dinamarca, conhecida como um dos países mais felizes do mundo, o Hygge têm justamente esta finalidade: promover a alegria e o aconchego de quem o pratica.

A palavra não tem tradução, mas o Hygge é tudo que trás aconchego, conforto e aquele bem estar que anula os problemas do dia a dia.

De acordo com o clima frio de seu país de origem, ter muitas plantinhas, tomar um café quente, maratonar suas séries favoritas embaixo do edredom é super Hygge. Falamos tudo sobre isso em outro artigo, leia aqui.

Fonte(s): Ciclo Vivo, Casa e Jardim, Delas, Salapop Studio, Clique, Almanaque SOS
Monique Duarte
26 anos, jornalista, sonhadora que ama comer e dormir! Se cariocas não gostam de dias nublados, ela nasceu no lugar errado.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui