• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Sinta-se Bem

Um pescoço reclamão? Eis a solução

Sugestões de alongamentos que podem melhorar seu dia, para o trabalho e o estudo, e sua noite, para um ótimo sono!

Carolina Nobrega Publicado: 04/07/2013 11:49 | Atualizado: 04/07/2013 14:18

A correria do cotidiano, as longas jornadas de trabalho, as horas e mais horas em frente ao computador, a maratona dos estudos, aquela noite mal dormida, a preguiça esparramada no sofá. Todo abuso corporal acaba sobrecarregando o coitado do pescoço.

Você já reparou como a maioria das pessoas se queixa de dores causadas pela tensão acumulada nessa pequenina parte do corpo? Às vezes, o desconforto é tão grande que vem acompanhado de outras dores, na cabeça e nos ombros, ou até mesmo daquela desagradável sensação de formigamento nos braços e de um indiscutível mal humor.

Com a nobre função de sustentar a cabeça, a musculatura que compõe o pescoço permanece em constante trabalho e, quase sempre, fica contraída. Por isso, quando exageramos nos esforços ou descuidamos da postura, essa área entra em desequilíbrio, passando a apresentar as dolorosas consequências.

Se você costuma sentir algumas dessas desagradáveis sensações, aí vão dicas de alongamentos que podem melhorar seu dia, para o trabalho e o estudo, e sua noite, para um ótimo sono!

 

Sugestões para alongamentos básicos

Massageie os pontos doloridos com as mãos (imagem 1) – ajuda a aliviar as tensões. Olhe para os lados, virando o queixo em direção ao ombro (imagem 2).

 

alongamento pesçoco lados

 

Mova o queixo para cima e para baixo.

 

alongamento pescoço cima e baixo

 

Esses são alguns dos principais alongamentos que podem ser feitos apenas com a ajuda das mãos, e não levam mais que cinco minutinhos!

IMPORTANTE: A maioria das posições dos alongamentos deve ser mantida por 30 a 60 segundos. Algumas vezes, pode ser que você queira sustentar por mais tempo um alongamento, porque está mais tenso nesse dia, ou simplesmente porque está “curtindo”.

Lembre-se de que cada dia é diferente do outro, de modo que você deve dimensionar seus alongamentos segundo o que estiver sentindo em cada momento. Aprender a compreender as necessidades de seu corpo é uma importante lição. E não esqueça de sempre vigiar sua postura pois só você poderá se proteger desses abusos

Colaboradora Professora Daliane Barbosa.

 

Apoio
marca studioflex pilates

Carolina Nobrega
Educadora física fomarda pela Universidade Catolica de Brasília, formada pela escola Stott Pilates e Physiopilates. Trabalha no mercado do Pilates há mais de 10 anos. Possui outras especializações como trainner Gyrotonic, Sling training e PowerFlex (Criadora do método - Pilates em Suspensão). Sócia do StudioFlex Pilates .

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui