• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Tomada com entrada USB: Aprenda de maneira simplificada como fazer uma!

É bem simples de fazer, mesmo para quem não tem habilidade com elétrica.

Sabe aquela sensação de colocar o celular para carregar antes de dormir e na manhã seguinte se dar conta que nem ligado na tomada o dito cujo estava?

Caso tivesse uma entrada USB já embutida na tomada da sua casa isso provavelmente não aconteceria. Então, arregace as mangas que vamos te ensinar a fazer essa engenhoca maravilhosa. Se liga!

***

Passo a Passo

Você vai precisar de:

  • 1 Tomada (ou a que você já tenha na parede)
  • 1 Adaptador do Carregador
  • Estilete
  • Chave de Fenda
  • Caneta ou marcador
  • Cola Quente ou Fita Isolante

Como fazer

Abra o carregador e corte os fios que se ligam nos pinos.

Alguns carregadores (geralmente chineses) podem ser abertos apenas desparafusando, já outros modelos (como os originais) vêm selados e dão mais trabalho.

Mas com cuidado e com a ajuda de um alicate, ou da chave de fenda e um martelo, é possível abrir. Você também pode esquentar a chave de fenda e fazer pequenas aberturas no plástico para facilitar.

Lembre-se que você não precisará da carcaça do carregador, mas tenha cuidado para não danificar a placa e os componentes internos.

Posicione a saída USB do carregador na lateral do espelhinho da tomada e marque com a caneta o entorno da saída USB.

Recorte a parte marcada com o estilete. Você também pode cortar do outro lado para acelerar o processo.

Se o plástico do espelho estiver muito duro você pode esquentar a ponta do estilete com um isqueiro.

Depois que ficar quente, a ponta entrará bem mais fácil no plástico. Tenha cuidado para não retirar mais do que deveria.

Agora encaixe a saída USB do carregador no recorte da placa da tomada.

Se precisar, faça uma raspagem com o estilete para que a saída caiba melhor.

Você pode reforçar, prendendo o USB no espelhinho com cola quente ou fita isolante.

O espelho da tomada deve ficar assim, com o USB posicionado no recorte.

IMPORTANTE: Desligue o disjuntor de energia.

Depois abra a tomada na parede e folgue os parafusos dos conectores dos fios.

Ligue os fios do carregador nos encaixes dos fios da tomada. Não tem diferença entre os fios, basta ligar cada um em um encaixe separado.

Ligue junto com cada um dos fios da tomada, no mesmo buraco, mas do lado oposto, como na imagem abaixo.

Não use o encaixe do meio, que é usado para o fio terra. Depois aperte os parafusos.

Posicione o carregador no espaço vazio que tem no interior da caixinha da tomada dentro da parede.

Aperte os parafusos que prendem a tomada. Por fim, encaixe o espelho e parafuse.

Encaixe o cabo USB e em seguida o celular.

Prontinho! Você não precisa mais correr atrás de carregador, basta conectar seu cabo e ser feliz.

Não pense que fazer essa tomada seja algo de outro mundo. Na verdade, é bem simples. A hora mais complicada é a de usar o estilete, pela resistência do plástico, mas com certa paciência ela acaba saindo como deve.

A parte elétrica talvez seja assustadora para algumas pessoas, mas se você se certificar que a tomada não está passando corrente, após desligar o disjuntor, não existem maiores problemas.

Contudo, se não estiver seguro, mesmo seguindo à risca o passo a passo, peça ajuda de uma pessoa mais experiente. A questão agora será dividir sua querida tomada com os outros e se precisará repetir o processo no resto da casa!

ATUALIZANDO:

Algumas pessoas ficaram preocupadas com a segurança desse procedimento. Segundo um estudo realizado pelo professor David MacKay, da Universidade de Cambridge, Inglaterra e divulgado no site Tecmundo, manter um carregador ligado direto na tomada (como na dica) é uma ação insignificante no que diz respeito ao risco e ao gasto de energia.

Inclusive nesse quesito, o professor diz que o gasto por ano do carregador ligado direto na tomada é o equivalente a um banho quente.

O importante é que o carregador seja original, pois esses contém dispositivos de segurança, certificados pelos ANATEL, que evitam curto-circuitos e quando não estão carregando o celular interrompem a passagem de corrente, como explica o professor de engenharia da computação do Instituto Mauá de Tecnologia, João Carlos Lopes, para o site Olhar Digital.

Rui Davi
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui