• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sem Crise!

Teste revela instantaneamente o seu potencial para enriquecer (Faça agora!)

De quebra conheça algumas dicas para sempre ter um dinheirinho no bolso.

Você já pensou que o motivo para conseguir ganhar muito – ou muito pouco – pode estar na maneira como você se relaciona com o dinheiro?

Pois é, existe “relacionamento” até quando o assunto é grana. Mas calma, não vai ser preciso fazer nenhuma DR complicada.

Os terapeutas Bruno J. Gimenes e Patrícia Cândido, experts na arte de fazer sobrar aquela bolada no final do mês, compartilham uma visão interessante quando o assunto é ganhar dimdim:

“A prosperidade financeira está muito mais relacionada com a energia que depositamos no dinheiro ou na falta dele.”

Os dois autores do livro “Conexão com a Prosperidade“, desenvolveram um teste que avalia o seu comportamento em relação ao dinheiro.

Neste teste há algumas dicas do que fazer para conquistar um estilo de vida que permita acumular uma grana boa, ou alcançar a riqueza, para quem quiser ir mais longe. Além do óbvio, como não estourar o cartão de crédito e economizar, Gimenes afirma que, para ter prosperidade, é necessário fazer mais.

“Não alimentar energias negativas relacionadas ao dinheiro e perder a ideia de que as pessoas se tornam mesquinhas quando ficam ricas”, são exemplos dados pelo especialista.

Cândido também avisa que se o seu teste tiver um resultado negativo, as mudanças devem começar pela mentalidade:

“Pare de pensar que dinheiro é algo sujo e acredite que você realmente merece alcançar a riqueza, e então comece a se organizar financeiramente.”

Outra coisa importante levantada pelos profissionais é almejar a riqueza sem esquecer que o dinheiro não preenche a alma de ninguém. Assim, você também evita um monte de gastos desnecessários na tentativa de alcançar uma plenitude que, na verdade, não tem preço.

“Ter uma vida com propósito e sonhos é uma forma de evitar compras excessivas” – aconselha Gimenes.

Quer saber se você já está no caminho certo para a fortuna ou se precisa fazer uns ajustes? O teste está a seguir, mas responda com sinceridade.


O TESTE!

Responda as questões pontuando:

A = ZERO  | B = 1 PONTO | C = 3 PONTOS.

No final some os pontos e veja o resultado.

1. Você costuma economizar dinheiro todos os meses?

  • A) Não, nunca

  • B) Às vezes

  • C) Sim, todo mês

 

2. Você ganha menos do que gasta?

  • A) Sim, todo mês fico no vermelho

  • B) O que ganho paga apenas as minhas contas, raramente me sobra algo.

  • C) Eu sempre gasto menos do que ganho, portanto sempre consigo guardar alguma quantia.

 

3. O que motiva você a comprar?

  • A) Alguma novidade, pois amo lançamentos e coisas novas, mesmo que não me seja essencial.

  • B) A vontade ou desejo de adquirir um bem específico, que vai me alegrar.

  • C) As necessidades reais, aquilo que preciso e que me faz muita falta.

 

4. Você compra a prazo:

  • A) Sempre.

  • B) Quando não tenho como comprar à vista.

  • C) Nunca. Eu sempre evito fazer parcelas.

 

5. O que normalmente desequilibra mais o seu fluxo financeiro mensal?

  • A) Gastos gerais passam do limite, como diversão, roupas, alimentos, combustíveis, luz, água, telefone, etc.

  • B) Uma conta imprevista, como por exemplo a manutenção da casa, do carro, etc.

  • C) Normalmente tenho reservas para essas ocorrências.

 

6. Como é o seu controle financeiro pessoal?

  • A) Não controlo meu fluxo financeiro, vou vivendo como dá.

  • B) É moderado, procuro controlar as entradas e saídas, mas sem muito rigor.

  • C) Rigoroso, anoto tudo, não fujo do planejado, não gasto além do limite.

 

7. Você planeja seu futuro financeiro?

  • A) Não penso no futuro, vou vivendo um dia por vez , porque o amanhã a Deus pertence.

  • B) Sim, eu penso no futuro, mas ainda não consegui me organizar para ter uma vida financeira saudável em médio e longo prazo.

  • C) Sim, economizo sempre que possível, fazendo uma reserva, focando em investimentos para ter um futuro saudável financeiramente.

 

8. Você investe na sua instrução financeira?

  • A) Não tenho o hábito, procuro usar mesmo minha noções internas para lidar com finanças.

  • B) Às vezes procuro informações na TV, jornais e outros.

  • C) Sim, leio livros, jornais, revistas, participo de cursos, acesso sites sobre o tema para ficar sempre informado e capacitado para administrar minha vida financeira.

 

9. Quando você passa por um período de crise financeira você:

  • A) Sigo a rotina normalmente, sem me preocupar pois sei que posso pagar as dívidas que se acumulam, afinal o que mais importa é qualidade de vida, a qual eu coloco em primeiro lugar. Eu não me desapego de bens, hábitos ou rotinas para enfrentar a crise, porque perder os prazeres da vida é pior que a própria crise.

  • B) Procuro me moldar a crise, gasto menos, evito desperdícios, mas não deixo de fazer o que gosto, porque mesmo com o fluxo negativo, eu tenho crédito e sei que posso esperar até que uma fase melhor venha.

  • C) Corto todos os gastos que o quanto forem necessários para manter a receita maior que despesa e assim manter-me saudável, mesmo que isso envolva desapegar-me de bens de consumo, hábitos e rotinas.

 

10. Quando você quer comprar algo novo, que lhe tenha chamado a atenção e que realmente lhe interesse, você:

  • A) Compro parcelado, pois hoje em dia o crédito está muito facilitado.

  • B) Compro somente se vier um dinheiro extra do trabalho, como prêmios, décimo terceiro, liberação de fundo de garantia, etc.

  • C) Coloco como meta e planejo minha vida no sentido de conseguir dinheiro para viabilizar meu sonho. Mesmo assim só adquiro se não atrapalhar meu planejamento financeiro.

 

11. Quando você não se sente bem, está triste, chateado, sem ânimo ou depressivo, você:

  • A) Compro mais, vou comer fora, vou ao cinema ou outro entretenimento para me distrair e esquecer dos problemas.

  • B) Fico em casa, reclamo, ou me isolo esperando a fase ruim passar, afinal o tempo cura tudo.

  • C) Vou ler, estudar, tentar mudar o foco, encontrar gente e oportunidades novas.

 

12. Quando você quer comprar algo e não pode, o que você faz?

  • A) Dou um jeito, empresto dinheiro, aperto o orçamento, financio, parcelo.

  • B) Fico chateado, triste ou desanimado.

  • C) Deixo para outra oportunidade, avalio com a razão se o que quero comprar é realmente importante para mim, e caso for faço um planejamento para comprá-lo no futuro.

 

13. Por qual motivo você gostaria de ter bastante dinheiro, ser rico ou milionário?

  • A) Para nunca mais ter que trabalhar duro, passar fome, ter necessidades e nem ter que se submeter aos caprichos das pessoas mais bem sucedidas, nem a pressão social dos mais abastados.

  • B) Porque poderei ser mais aceito na sociedade, melhor visto entre parentes e amigos. Eu quero sentir o poder que o dinheiro traz, principalmente em uma sociedade que tanto valoriza as pessoas de sucesso.

  • C) Porque dinheiro me traz liberdade e ilimitadas possibilidades de ter paz e ser feliz.

 

14. Na sua opinião, qual seria a principal causa da falta de prosperidade material em sua vida:

  • A) Não tenho conseguido prosperar porque me faltam chances. Não tenho recebido melhores ofertas de emprego, a economia não esteve favorável a mim nos últimos tempos, não tenho tido sorte nas minhas empreitadas, também não tenho encontrado pessoas adequadas ao meu jeito de ser e agir.

  • B) Não acho que dinheiro seja assim tão importante, existem tantas outras coisas na vida que estão na frente das questões financeiras como por exemplo amor, saúde e família. Minha prioridade não é o dinheiro.

  • C) Acho que não tenho me dedicado o quanto deveria, pois sei que se colocar como meta ter uma vida financeira mais próspera, poderei desenvolver novos hábitos, novas atitudes, que serão muito positivas. Acho que a causa principal está no meu comodismo ou falta de ação para mudar e construir uma nova realidade.

 

15. Na sua vida financeira, material, você sabe objetivamente o que quer?

  • A) Não penso nisso, trabalho e vivo a minha vida tentando ser feliz, deixando as coisas acontecerem, porque não temos como controlar a vida.

  • B) Eu tenho minhas metas em meu pensamento e vou tentando, a medida do possível, conquistá-las ao longo da vida.

  • C) Tenho foco constante nas minhas metas materiais e financeiras, sou muito dedicado em cumprir sempre meu planejamento, pois quero ser rico, próspero, para que o dinheiro me proporcione expansão e liberdade, por isso dedico total atenção a essa área da minha vida.

 

O Resultado

De 0 a 12 pontos:

Seu comportamento é nocivo e completamente incoerente. Se você ainda não é uma pessoa completamente debilitada financeiramente, com dívidas e pendências por todos os lados, sinto dizer mas é só uma questão de tempo, porque seus atos revelam um desequilíbrio muito grande no campo da prosperidade material/financeira.

Faça uma revolução na sua vida, organize-se, seja mais racional e faça o que tiver que ser feito para remodelar seu jeito de lidar com as finanças.

De 13 a 24 pontos:

Seu comportamento é inconsequente, porque pode proporcionar graves danos na sua vida financeira/material. Seu fluxo financeiro é negativo, tornando você propenso(a) a adquirir dívidas e ter uma vida material limitada, escassa.

Organize-se, planeje e cumpra suas metas, aprenda a gastar menos do que ganha, a economizar e perceber que você pode mudar a sua realidade no momento que for mais disciplinado(a) na área das finanças. Faça a sua parte e logo você começará a desfrutar de uma vida mais livre e feliz, longe do ciclo vicioso das dívidas e pendências financeiras.

De 25 a 36 pontos:

Você dá sinais claros que está em alinhamento com um estilo de vida próspero e responsável. Sua vida financeira caso ainda não esteja muito bem resolvida, está a um passo dessa conquista.

Você está em processo de adquirir a tão sonhada liberdade financeira/material, que pode gerar felicidade e paz de espírito. Continue investindo em hábitos saudáveis no que tange a sua vida material/financeira.

De 37 a 45 pontos:

Você é um exemplo a seguir, pois agindo assim seu futuro dentro do aspecto material está organizado para lhe trazer toda felicidade e paz que você merece. Você é potencialmente livre e independente materialmente, e vive uma vida cheia de possibilidades de sucesso, que seu modo de agir e pensar atraem a todo instante para sua realidade de vida.

Saiba que isso não é sorte, pois foi conquistado com base nos comportamentos positivos que você tem quando o assunto é finanças e prosperidade material.

– E aí, passou no teste ou vai ter que quebrar o cofrinho?

Fonte(s): Luz da Serra
Sofia Frost
Universitária, estagiária e moradora do próprio canto. Mestre no samba de se virar nessa vida louca. Ocupadíssima que não dispensa um bom rolê e uns bons drink, e arranja tempo pra rir de menes e lutar pela paz no mundo.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui