• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Técnica dos 6 Passos: aprenda a lavar a mão do jeito certo, segundo a OMS

O alerta é que a forma de lavar as mãos recomendada até então, é muito menos eficiente!

“… Mão, lava outra, lava uma mão.”

Bom, a gente cansou de ouvir essa musiquinha lá nos anos 90. Mas fica aquela dúvida, será que realmente aprendemos a lavar a mão?

O site Motherboard da Vice publicou a técnica de 6 passos da Organização Mundial de Saúde para lavar as mão corretamente.

Tudo isso porque um estudo da Escola de Medicina da Universidade de Maryland, nos EUA, comprovou que as pessoas não estão levando esse hábito de higiene muito a sério.

Os cientistas analisaram quartos de um hospital e descobriram que metade deles tinham grande concentração de bactérias multiresistentes a medicamentos, ou seja, sobrevivem longos períodos em qualquer superfície.

Isso fez com que começasse a se pensar sobre a higiene dentro de hospitais e também se os médicos e enfermeiros estavam pulando práticas de limpeza. Se eles fazem isso, imagina a gente.

Existe uma maneira correta, mais eficiente?

Sim! Uma pesquisa publicada na revista Infection Control and Hospital Epidemiology (Controle de Infecção e Epidemiologia Hospitalar), mostrou que a forma para lavar as mãos recomendada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) para os profissionais de saúde é menos eficiente que o recomendado pela OMS.

O estudo contou com 42 médicos e 78 enfermeiros de um hospital urbano que realizaram a técnica de 3 passos de 35 segundos para lavar as mãos como indica o CDC e a de 6 passos de 42,5 segundos como indica a OMS.

O resultado mostrou que em eficiência microbiológica, a técnica mais longa é superior.

Giphy, http://giphy.com/gifs/hygiene-washing-hands-wash-sPvqJVzs2HCg0

O jeitinho certo, segundo a OMS

Para reduzir as chances de ser contaminado por bactérias, não é só cantar “lava uma, lava outra”. As diretrizes de higiene para sistemas de saúde são as principais medidas para reduzir a contaminação de germes entre médicos, pacientes e até para você.

Abaixo veja o infográfico que ensina a maneira correta de remover o maior número de baterias das mãos segundo a OMS.

Quando acabar esse post, sugerimos que você lave suas mãos.

Fonte(s): Motherboard
Caroline Simoes
Aspirante a Jornalista ligeiramente distraída. Raramente lembra do que estava fazendo mesmo com seus 20 e poucos anos. Sempre procura o lado bom das coisas, adora miojo cru e o resto ela esqueceu.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui