• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Tchau fast-food! Como ter uma vida de solteiro mais saudável

Nutricionista ensina quatro dicas saudáveis para não perder tempo na cozinha.

Muitos brasileiros estão optando por permanecerem mais tempo solteiros, para focarem no sucesso profissional. Jovens adultos entre os 25 e 31 anos buscam independência e optam por sair da casa dos pais para morarem sozinhos.

Uma das consequências disso é a transformação radical na alimentação.

tumblr_inline_n5izvbsOGj1qcp4ki

Se antes a comida caseira e nutritiva da mãe estava sempre na mesa, agora, em meio à correria e a falta de experiência na cozinha, muitos se rendem à rapidez e a praticidade dos fast-foods e do macarrão instantâneo.

 

Cursos

Felizmente, hoje já existem cursos de gastronomia funcional que ensinam receitas simples e oferecem produtos congelados diet e light que atendem todas as necessidades alimentícias do nosso corpo.

Um exemplo é o trabalho que a Clínica Andrea Santa Rosa, da nutricionista Andrea Santa Rosa Garcia, faz no Rio de Janeiro. Para quem deseja expandir os dotes culinários e fugir do arroz e feijão diário, cursos ensinam a preparar comidas práticas e saudáveis, com uma pegada funcional. No cardápio é possível encontrar de sopas detox à lanches da tarde.

Quem deseja aprender a cozinhar, a clínica oferece também um curso de “Gastronomia Funcional em Casa”, onde uma nutrichef vai até a residência do aluno para ensinar receitas simples e práticas.

 

Congelados saudáveis

Spa Posse do Corpo - Foto - Cardápio - Frango Grelhado

Para quem aposta em congelados industrializados, fica a dica: Cuidado com o excesso de sódio! Por telefone ou em lojas conveniadas, os solteiros podem pedir congelados prontinhos com um cardápio variado e saudável em várias lojas pelo Brasil, basta procurar.

Essa é a proposta do Congelados Posse do Corpo, que oferece sopas, pratos vegetarianos e hipossódicos (alimentos com baixo teor de sal), além de massas, carnes, peixes, aves, sopas, receitas à base de soja, sobremesas e shakes. Os programas semanais variam entre 800 a 1200 calorias.

 

O Cardápio ideal

Ao testar as receitas novas e aprender a se virar na cozinha sem medo, a nutricionista recomenda quatro dicas saudáveis para não perder tempo na cozinha na hora do almoço, do lanche da tarde e do jantar. Confira:

Opção 1 (Almoço)

Omeletes ou carnes magras, como peixes brancos e frango orgânico, com legumes no vapor ou refogados + salada de folhas com rabanete, palmito, tomatinho cereja e cenoura ralada podem ser uma opção deliciosa, leve e nutritiva de almoço.

Opção 2 (Almoço)

Lasanha de vegetais (com berinjela ou abobrinha) + salada de folhas com rabanete, palmito, tomatinho cereja e cenoura ralada.

Opção 3 (Lanche da Tarde)

Wraps com pasta de atum ou de humus + salada de folhas.

Opção 4 (Jantar)

Opte por sopas leves como caldos verdes, por exemplo.

Dica: Aposte, sem abusos, no azeite, nas amêndoas semi tostadas, nas castanhas, nas sementes de girassol semi tostadas, nas sementes de abóbora sem sal e nas macadâmias torradas para temperar e incrementar os pratos.

 

Organize-se

Prepare um cardápio semanal com os pratos de cada dia. Depois, você poderá sair e comprar os ingredientes que faltam para preparar as refeições. Programar tudo isso fará com que você balanceie sua dieta e controle as calorias ingeridas durante o mês. Vá até ao sacolão do seu bairro, uma vez na semana, e compre verduras, legumes e frutas.

 

Imagem de capa: whydontyoutrythis

Andressa Monteiro
Jornalista, na melhor das hipóteses é um desenrolar de sinceras tentativas à procura de acertos. Faz Pós-Graduação em Jornalismo Cultural na FAAP. Colabora para os sites: Outras Palavras, Jornal GGN, MADMAG, Revista o Grito!, Scream & Yell, PetMag e Portal NAMU. Já trabalhou nos veículos de comunicação Portal Terra e Casal Sem Vergonha.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui