• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Como substituir alimentos sem mudar muito? 13 produtos para excluir agora

Gelatina com sabor, pão de forma, bolo de caixinha e outros produtos que devemos abolir.

Jessica Alves Publicado: 23/04/2021 12:04 | Atualizado: 23/04/2021 12:11

Se não entende nada sobre rótulo dos produtos e quer se alimentar bem, sem mudanças radicais na dieta, a série “Substituições Inteligentes” do nutricionista Marco Túlio Rodrigues pode te ajudar. Tome nota!

 

Para bem viver, fazer a substituição de alguns produtos alimentares por opções mais saudáveis em seu dia a dia é importante. Mas como se alimentar dessa maneira, sem uma mudança drástica e repentina para uma reeducação?

Uma dica bem legal para isso é ficar atento aos rótulos dos produtos, para não ser enganado! Eles apresentam informações super importantes sobre os nutrientes, bem como seus verdadeiros ingredientes. Mas sabemos que sua linguagem pode ser complexa para muitas pessoas.

 

Substituições Inteligentes

Para nos ajudar a navegar nesse assunto, em seu canal no Tik Tok, o nutricionista clínico Marco Túlio Rodrigues criou a série “Substituições Inteligentes” com curiosidades e informações ricas para escolhermos o melhor alimento para a nossa saúde.

Formado na Universidade Federal de Goiás, Marco já trabalha nesta área há 10 anos, mas a ideia de fazer os vídeos surgiu recentemente, após receber inúmeros questionamentos sobre certos alimentos.

“Recebo quase que diariamente perguntas como: ‘Esse alimento é bom?’ ou ‘Posso comer isso?’. Perguntas feitas por pacientes ou seguidores. E as respostas na nutrição acabam sendo vagas como: ‘Depende de cada caso’ ou ‘Tudo pode, tendo em vista o equilíbrio’. E claramente as pessoas não gostam dessas respostas. Então comecei respondendo algo como ‘Pode, mas tal opção seria melhor’. E assim surgiu a ideia de fazer o quadro “Substituições Inteligentes”. Que são os  vídeos que os seguidores mais gostam.”, explica o nutricionista tiktoker.

Vale dizer que, além da série, mas seguindo a proposta de boas substituições, ele também publica receitinhas deliciosas. Como essa de Brigadeiro fit:

@marcotulionutriBrigadeiro Fit ##secuida ##docefit ##lancheemcasa♬ som original – Henrique Andreato

 

“O objetivo da maioria das empresas de alimentos é lucrar sem pensar na saúde do seu consumidor.”

 

Nem tudo que parece é

De acordo com o nutricionista, é importante que as pessoas se atentam ao que está escrito nos rótulos dos produtos, e não apenas se prenda nas propagandas feitas pelas empresas.

Mensagens com produtos que contém “vitaminas”, “minerais” ou “proteínas” muitas vezes camuflam a verdade contida nos rótulos, enfatizou Marco Túlio.

“O objetivo da maioria das empresas de alimentos é lucrar sem pensar na saúde do seu consumidor. Apenas lucrar a qualquer custo. E para isso vão desenvolver estratégias de marketing, para que seus produtos pareçam saudáveis. Mas nem sempre é assim.

Nos rótulos dos alimentos estão todas as informações que o indivíduo precisa saber sobre o produto. E tendo essas informações, a pessoa vai realmente escolher o que quer comer, e não o que a indústria quer que ela coma”, alerta.

Portanto, de olho nessas mudanças, veja abaixo uma lista com 13 fazer a substituição de produtos alimentares, apontadas por Marco Túlio. Elas vão ajudar você a ter uma alimentação mais saudável em seu dia a dia!

 

13 substituições de produtos para o seu dia a dia

1. Molho de tomate ➜ Extrato de tomate

O molho de tomate é muito usado em diversas receitas e nas refeições diárias. Mas ele contém itens que são prejudiciais à saúde, como: óleos, açúcares, amidos e glutamato monossódico. Este último é um aminoácido não essencial que realçam o sabor dos alimentos e deve ser evitado.

Assim, uma alternativa é fazer o molho de tomate de forma caseira ou optar pelo extrato te tomate. Ele possui apenas 3 ingredientes: tomate, açúcar e sal. Assim é uma opção muito mais saudável.

 

2. Molhos industrializados ➜ Molhos caseiros

Outro item popular que pode ser substituído é o molho industrializado para salada. Eles possuem óleos prejudiciais e aditivos.

Assim, a saída é optar por molhos caseiros, que podem ser facilmente preparados, em poucos minutos. Você também pode acrescentar atum, ovos, tomate seco, azeitona, milho e outros itens para a sua salada.

 

3. Margarina ➜ Manteiga

A margarina, presente na mesa de muitos brasileiros, é considerada um não-alimento, porque é derivada de um óleo que não é de boa qualidade, e passado por diversos processos industriais.

Portanto, a manteiga é a melhor opção, pois é feita apenas com leite e sal e é facilmente encontrada para compras.

SEM LEGNDA

 

4. Iogurte com sabor ➜ Iogurte natural

O iogurte com sabor possui açúcares ou adoçantes, aromatizantes, conservantes e estabilizantes que prejudicam a saúde do organismo. Por isso, o mais indicado é o iogurte natural, que tem apenas leite e fermento lácteo.

E para dar um sabor, acrescente frutas, mel, castanhas, entre outros itens.

 

5. Temperos industrializados ➜ Temperos naturais

Você pode trocar os temperos industrializados, como aqueles potes completos, pelos temperos naturais e ter receitas mais saudáveis. Inclusive, o sal em excesso é prejudicial. Então, escolha os temperos em suas versões naturais.

Já pensou em ter uma horta de temperos em casa? O sabor da comida é outro! Outra dica de ouro é fazer o seu próprio caldo de legumes com o resto dos vegetais que iam para o lixo.

 

6. Pipoca de micro-ondas ➜ Pipoca convencional

Comer pipoca de micro-ondas (aquela de pacote, industrializada) é prejudicial por ela conter Diacetyl, componente químico usado para aromatizar o produto. Segundo um estudo, ele pode causar doenças no pulmão e até Alzheimer.

Vale lembrar que a pipoquinha, quando feita da maneira convencional, é um excelente “remédio anti-idade” e proporciona até 70% da necessidade diária de fibras do organismo. A melhor maneira de estourar o milho é com pouco óleo e sal. Mas se preferir uma opção menos light, pode ir até com a manteiga.

 

7. Refrigerante ➜ Suco natural, Água com gás ou Cerveja sem álcool

Muito já se foi divulgado sobre os males do refrigerante ao corpo, por conter muito açúcar, aromatizantes e conservantes (Light, Zero, nem Diet se salvam). Portanto, escolha sucos naturais ou receitas caseiras de água com gás e limão. Agora vem a bomba. Por incrível que pareça, a cerveja sem álcool também é melhor.

Segundo a nutricionista clínica Alessandra Luglio, “a bebida contém baixo teor de carboidratos e poucas calorias (80 por lata de 350 ml contra mais de 145 calorias da maioria dos refrigerantes). Isso sem contar que tem ingredientes naturais como cereais e ervas fermentados e é livre de açúcares, adoçantes artificiais e outros aditivos como corantes e aromatizantes.”

 

8. Pão de forma ➜ Pão de padaria ou Pão caseiro

O pão de forma está no grupo de alimentos industrializados com aditivos químicos que devem ser evitados. A alternativa é comprar pães de padaria ou feitos de forma caseira, que contém farinhas, ovos e outros ingredientes naturais.

PiXABAY, https://pixabay.com/pt/photos/p%C3%A3o-caseiro-p%C3%A3o-franc%C3%AAs-178320/

 

9. Leite integral ➜ Leite desnatado ou Leite vegetal

Presente em nossa alimentação desde os primeiros dias de vida, o leite integral é muito comercializado, mas é preciso cuidado. Porque ele contém maior teor de gordura, de 3% a cada 100 gramas.

Portanto, opte pela versão desnatada, que contem apenas 0,5% de gordura, ideal indicado para pessoas que precisam diminuir a quantidade da substância no dia a dia. Outra opção são os leites vegetais, preparados a partir de soja, amêndoas, castanhas, arroz ou outros alimentos, para uma alimentação ainda mais saudável.

 

10. Sucos artificiais (saquinho, caixinha…) ➜ Sucos naturais (polpa)

Se você consome sucos artificiais, como aqueles de caixinha ou em pó, saiba que eles contém muitos ingredientes prejudiciais, como sódio, açúcar, corantes, antioxidantes e aromatizantes.

Assim, não tenha dúvidas que o suco natural é a opção mais completa e saudável, devido a seus nutrientes e enzimas. A polpa congelada também é saudável, por ter maioria dos nutrientes das frutas mantidos. Uma ótima opção de substituição de produtos alimentares.

 

11. Miojo ➜ Macarrão

Clássico alimento dos solteiros por ser considerado rápido e barato, o macarrão instantâneo é péssimo para a saúde. Sem contar que o preço é, na verdade, muito mais salgado em comparação ao kg do macarrão comum; chegando a ser 4 vezes mais caro.

Além de não conter nutriente algum, ele é pré-frito em gordura vegetal e o saquinho com  “tempero” é uma bomba química, recheado de corantes e glutamato monossódico. Assim o macarrão convencional é a melhor opção de preparo.

 

12. Bolo de caixinha ➜ Bolo caseiro

As misturas para bolo de caixinha podem facilitar a receita, mas de certo não é a mais saudável opção. Elas contém açúcares óleos e farinhas que são prejudiciais à saúde. Diferentes dos bolos caseiros, que são feitos com ingredientes naturais.

Além disso, o tempo de preparo é basicamente o mesmo, então, escolha a opção mais saudável e faça a substituição de produtos alimentares.

 

13. Gelatina Industrializada ➜ Gelatina Caseira

As gelatinas industrializadas, sejam normais ou versão diet, são açúcares que contém corantes e aromatizantes que imitam o sabor da fruta. E a alternativa para isso é optar pela gelatina caseira, feita com a fruta e gelatina incolor.

Fonte(s): Marco Tulio Nutricionista Tik Tok, Clube da Pipoca, Folha de São Paulo, Saúde Brasil, Revista Globo Rural
Jessica Alves
Jornalista do Norte que se aventura na terra do pão de queijo, Belo Horizonte. Ama gatos e cães, é apaixonada por rock, cinema, anime antigo e cultura pop. Descobriu nas palavras o grande amor e sua fonte de renda.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui