Caspa na Barba: Soro fisiológico, a mais barata solução contra descamação no rosto
  • Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Caspa na Barba: Soro fisiológico, a mais barata solução contra descamação no rosto

Ideal para pele que descasca ou se irrita facilmente.

Tati Santana Publicado: 05/11/2018 11:56 | Atualizado: 06/11/2018 11:05

Conservar e exibir uma barba bonita e bem cuidada tem sido uma das prioridades estéticas de muitos homens, e por mais que isto pareça, mais do que nunca, estar super na moda, não é de hoje que este hábito se popularizou.

Desde os tempos antigos a barba é um instrumento de beleza e um sinal de status. Seja pouco ou muito volumosa, ela ajuda a dar aos homens um novo visual, porém, pode se tornar um problema quando exibe as temidas – e tão conhecidas – caspas!

Segundo a tricologista Viviane Coutinho, que atua na área da dermatologia responsável pelo trato dos cabelos e de outros pelos do corpo, as caspas aparecem na região da barba em função de uma predisposição genética, mas também podem surgir por outros fatores, como ressecamento da pele, estresse, má higienização e excesso de oleosidade.

Também sobre este problema, o tricologista Leandro Ferreira alerta que o círculo vicioso das caspas na barba ocorre em função da ação do hormônio testosterona, que dá mais oleosidade à pele, aliada à presença de restos de alimentos consumidos na região da barba, que se tornam fonte de alimento para fungos prontos para se proliferar.

 

1. Soro fisiológico contra caspas, será?

Pela internet, diversas pessoas tem comentado sobre uma suposta eficiência do soro fisiológico no tratamento contra caspas na barba. Mas será que isto é verdade?

No vídeo, que já ultrapassa 30 mil visualizações, também ensina que o soro fisiológico é bom para a sobrancelha, para a pele que descasca e para as peles sensíveis que se irritam com hidratante.

Viviane afirma que, sim, o soro fisiológico ajuda no processo de eliminação das caspas por ajudar a acalmar e hidratar a pele, além de ser um produto de fácil acesso, com preço baixo.

De fato, o soro fisiológico é bastante acessível, podendo ser adquirido no mercado por preços em torno de R$3,00 que variam a depender da marca, do tamanho da embalagem e das especificações da composição.

Mas atenção: o soro utilizado para a pele não pode ser caseiro. Ele deve ser fisiológico, feito com água destilada, cloreto de sódio em quantidade controlada e outros elementos específicos que não fazem parte da composição de um soro caseiro.

Apesar da dica de ouro, Leandro Ferreira afirma que não há provas científicas em relação aos benefícios do uso do soro fisiológico para a eliminação de caspas na barba, e explica que a caspa deve ser combatida com o controle dos fungos, algo que o soro não faz.

 

2. Como evitar as caspas na barba?

Segundo Viviane, o ideal é que os homens sempre higienizem e sequem a região da barba, principalmente após as refeições, a fim de evitar resíduos que possam ajudar na proliferação de fungos e bactérias.

Considerando que o estresse é um fator que pode desencadear o aparecimento de caspas na barba, evitá-lo ao máximo é uma boa alternativa, ajudando também a preservar a saúde da pele evitando outras doenças.

Em seu estudo sobre Pele e Estresse, as autoras Vânia Cristine Garrett, Maria Luiza Fernandes Rodrigues e Silvia Patrícia de Oliveira comentaram o efeito do estresse do dia a dia para a pele, afirmando que determinadas doenças podem ser desencadeadas ou agravadas.

Entre estas doenças estão a psoríase, o vitiligo, a acne e ela, a dermatite seborréica, que causa o aparecimento das caspas. Portanto, busque fazer algo que controle os sentimentos de estresse e ansiedade; já demos algumas dicas aqui e aqui.

 

3. Aposte também em outras alternativas

Há outras opções para acabar com as caspas na barba que são baratas e de fácil aplicação. Entre elas estão a argila, que, segundo o tricologista Leandro Ferreira, é uma ótima opção para esfoliar a pele, e os óleos essenciais, que eliminam os fungos e acalmam a glândula sebácea.

A tricologista Viviane Coutinho indica o uso do produto Bepantol, que custa em média R$20,00, de água termal e produtos específicos para higienização, a fim de garantir uma barba limpa e livre de fungos.

Antes de tudo deve-se lavar a barba com shampoo ou sabonete neutro, que são as opções mais adequadas e com menor custo (mas há produtos específicos para barba também). Depois basta escolher o hidratante da sua escolha:

  • Água termal pode ser utilizada para a limpeza da região da barba, em quantidade suficiente para atingir toda a região e gerar o processo de limpeza. Basta borrifar a água.
  • No caso do Bepantol, o melhor a utilizar na barba é o derma, por ser uma solução líquida. Para aplicar é só umidificar as mãos com o produto e passar por toda barba, em quantidade suficiente para umidificar toda a região da barba.
  • No caso da argila, há vários tipos de argila que podem ser usados. Para o uso da argila branca, por exemplo, deve ser colocada uma colher do pó da argila e duas colheres de água mineral em um recipiente. Basta misturar até formar um creme e então aplicar na região da barba após lavá-la e secá-la. Depois é só esperar secar completamente e enxaguar.
  • Para o uso dos óleos essenciais na barba, basta esfregar o óleo nas mãos e depois aplicá-lo na barba começando pela pele e indo até a ponta dos dedos, em uma quantidade adequada para distribuir o óleo por toda a região. A quantidade varia de acordo com o tamanho da barba e com o nível de oleosidade da pele, já que peles oleosas pedem uma menor quantidade do produto.

 

Seguindo estas dicas e cuidando bem da saúde da barba fica muito mais fácil ter uma barba bonita e cheia de estilo!

 

Fonte(s): Barba Brava, Cidade Verde, Homem Moderno, Beleza da Gente, Blog Barba Brava
Tati Santana
Baiana com muito dendê, estudou Marketing e Cinema, mas seu maior crush é escrever. Adora noites de lua cheia, papo esotérico e o jeitinho "rock'n roll meio nonsense" de levar a vida.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui