• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Anunciaram um software simples que escreve artigos sozinho e pode substituir jornalistas

Enquanto o humano leva 7 minutos o programa escreve em apenas 2.

Você sabia que veículos famosos como o Washington Post e o The New York Times utilizam “robôs”, trabalhando ao lado dos jornalistas, para escrever artigos de diversas áreas com maior rapidez?

bagulho ficou tenso para os redatores de plantão, já que a empresa Automated Insights acaba de anunciar o Wordsmith, um software que pode ser programado por qualquer pessoa (leiga ou não, dispensando o jornalista) para produzir notícias de forma mais rápida e barata que uma pessoa real.

O Wordsmith utiliza inteligência artificial e é programado com uma base de informações e fontes, além de estilos de linguagem e padrões de texto. Quando o assunto é estatística e números, o programa se distancia muito de nós, reles mortais, ao produzir comparações com agilidade e eficácia, baseadas em Big Data.

A National Public Radio organizou uma disputa entre seu repórter, Scott Horsley e o software. Ambos tinham que escrever uma história curta. O programa levou 2 minutos para isso, enquanto o jornalista levou 7. No entanto, os ouvintes que votaram para eleger a melhor história acharam a do profissional mais cativante – UFA!!

O pacote básico do Wordsmith pode ser programado em qualquer idioma e custa U$1.000 por mês, cerca de R$3.000, menos do que o salário de muito jornalista. Será que, no futuro próximo, um programa substituirá seu autor favorito?

Fonte(s): Meio e Mensagem, Wired, NPR, SAS, Automated Insights
Gabriela Roman
Roteirista, viajante profissional e amante da internet e das zueiras que vêm com ela.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui