• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Será que está maduro? Escaner de nutrientes descobre isso (e muito mais) em um clique

Entre as funcionalidades, é possível saber a quantidade de álcool na bebida.

Você está pensando em comer aquele pedaço de pizza, mas tem medo de que ele acabe com sua dieta? Ou, então, está na dúvida se toma um copo de cerveja ou uma taça de vinho? Calma, podem ter encontrado a solução para os seus problemas.

Um sensor portátil que mede a composição molecular de alimentos e bebidas — além de outros itens, como plantas, plásticos e até remédios — já está no mercado, incluindo o Brasil, e se chama SCIO.

Com esse aparelho, é possível descobrir quantas proteínas, gorduras e carboidratos estão presentes em frutas, queijos ou qualquer outro alimento e refeições completas. É possível detectar até mesmo se uma fruta está madura ou doce.

Imagina a facilidade ao fazer feira com esse detector?

Mas não é só isso, o dispositivo foi criado para medir outros itens, como porcentagem de álcool em bebidas, além de avaliar o grau de segurança no consumo de medicamentos, vitaminas e plantas.

Information Strategy, https://informationstrategyrsm.wordpress.com/2015/10/11/scio-your-sixth-sense/

Mas, como isso funciona?

O aparelho tem mais ou menos o tamanho de um pendrive e, por meio de um scanner, lê o objeto verificando a “impressão digital molecular” de um elemento.

Essa tecnologia foi possível por conta da espectrometria, uma luz infravermelha capaz de estimular as moléculas de um objeto e com isso registrar as suas reações. Assim, o gadget realiza o trabalho conforme a sequência a seguir:

  1. Com sua fonte de luz, o SCIO ilumina o objeto;
  2. O espectrômetro recebe a luz refletida;
  3. Os dados são coletados em segundos e enviados, por meio do bluetooth, para um smartphone Android ou iOS.
  4.  O aplicativo do SCIO analisa as informações e mostra a composição do objeto examinado.

Os espectrômetros já existem no mercado e não são uma novidade por si só. Eles são usados por grandes indústrias, são grandes e custam caro.

Aqui, a inovação está em levar o SCIO, uma versão em miniatura, para a população em uma escala popular. O projeto foi idealizado pela startup israelense Consumer Physics, que contou com uma bem-sucedida campanha de crowdfunding.

E são dados confiáveis?

Mesmo que a gente olhe os rótulos dos alimentos nos supermercados, ainda ficamos com dúvidas. Será realmente confiável?

Afinal, podem existir variações nutricionais de até 20% nos rótulos, como aceito pela ANVISA. Logo, os sensores saem na frente, pois conseguem oferecer uma informação detalhada e precisa dos alimentos que levamos à mesa.

Quão doce está?

Porém, tê-lo em casa ainda não é tão saudável para o bolso. Já chegaram algumas versões do dispositivo no Brasil – que podem ser encontrados novos ou usados em sites de vendas online – e o valor é um pouco salgado: R$1.499,00 em um usado e R$2.300,00 por um novo.

Ainda assim, como esse aparelho está em desenvolvimento contínuo, há esperanças de que o custo diminua com o tempo. Oremos!

Confira o vídeo do produto em funcionamento, publicado pela página do In The Know Innovation.

Fonte(s): Conjur, Herox, Gizmodo, Consumer Physics, Youtube - Consumer Physics, Mercadolivre, Mercadolivre
Rui Davi
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui