• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Setor Bugiganga

Sapato que troca o salto: A nova loucura do universo feminino

Perfeito para quem faz várias coisas no mesmo dia.

Rodrigo Guarizo Publicado: 06/08/2014 15:11 | Atualizado: 12/08/2020 17:45

Alô, você, mulher trabalhadora, que sofre para ir para lá e pra cá de salto alto, desviando de buracos e torcendo o pé.

Separe um lugarzinho em seu coração para Tanya Heath, uma designer de sapatos franco-canadense que teve uma ideia genial – que só poderia ter vindo de uma mulher.

AmelieShoeSandalRedLeather_3

Ela criou um sapato que pode trocar o salto, variando entre uma sapatilha, um salto médio ou um alto, dependendo da situação, o que é perfeito para quem faz várias coisas no mesmo dia, carregando apenas os saltos para fazer a troca.

430015_286319578106889_100334083372107_676828_1477164879_n

Os modelos de sapatos foram batizados com nomes femininos, enquanto os saltos levaram nomes masculinos.

10532731_685862078152635_7184677184410243793_o

‘Blondie’ é uma sandália, ‘Sophie’ um slingback, ‘Helen’, ‘Sabine’ e ‘Veronica’ são scarpins e ‘Anastasia’, ‘Adèle’ e ‘Albane’ são botinhas. Os saltos são: François (salto stiletto de 8 ½ cm); ‘Denis’ (salto grosso de 8 ½ cm), ‘Stephane’ (saltinho carretel de 6 cm) e ‘Christophe’ (salto grosso baixo de 4 cm).

 

Veja alguns modelos

gif_modelos_01_salto_sos_solteiros
gif_modelos_02_salto_sos_solteiros
gif_modelos_03_salto_sos_solteiros
gif_modelos_04_salto_sos_solteiros

 

Quanto custa a brincadeira?

image163

O grande problema está no preço, cada sapato multiuso sai por cerca de 335 EUR (€) – cerca de R$ 1 mil – e os saltos são vendidos por 30 EUR (€) –  R$ 100 cada. E tem uma outra má notícia para quem se animou com a novidade, por enquanto, os modelos ainda não são vendidos no Brasil, mas você pode ver os modelos e saber os preços AQUI. Ou então pode ir até o boulevard Saint-Germain, em Paris, onde fica a loja da marca.

Imagens: Tanya Heath

Rodrigo Guarizo
Jornalista em formação, já passou pelo Portal ObaOba e já brincou de social media, além de produzir festas por São Paulo e rodar o país tocando em baladas. Dono do incrível poder da memória inútil, conta histórias ricas em detalhes que ninguém se importa. Mas são legais.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui