• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

Saiba o real motivo para o Festival Lollapalooza 2013 estar tão caro #PraIr

E corre que ainda dá tempo de ir no maior Festival de Botecos de SP, que acontece hoje e amanhã!

Nessa semana vou comentar 2 assuntos que provavelmente agradam a todos, já que envolve cerveja e música.

 

Matéria Especial

Lollapalooza 2013 – Por que tão caro? Eu explico.

 

 

O primeiro foi a polêmica da semana nas redes sociais: o festival Lollapalooza anunciou seu line up para 2013 (29 a 31/03) e não poderia deixar de ser comentando já que (PQP) veio com um line up de fazer inveja pra qualquer festival gringo.

Disso ninguém duvida, mas a polêmica mesmo veio pelo valor do ingresso que, para 3 dias de festival, custa R$ 900,00! A princípio sim, parece muito caro, mas é preciso analisar alguns fatos que acontecem com o mercado de entretenimento no Brasil que o publico não tem conhecimento.

O festival em 2012 teve um espantoso numero de 84% de seus ingressos vendidos como meia-entrada. Para quem estava lá é realmente possível acreditar que 84% do publico era estudante? Pois é, não era. Mas as regras e leis brasileiras são feitas “nas coxas” e ninguém faz evento filantrópico, então eis a dura realidade: todos os eventos no Brasil tem seu preço calculado com base na meia-entrada!

Resumindo, o valor real do ingresso não passaria dos R$ 500,00 caso tudo funcionasse de forma séria e não fosse tão simples imprimir um comprovante de matrícula e junto com uma foto 3×4 e um valor em dinheiro ir até a Pizza Hut fazer uma carteirinha de estudante válida em todo país.

Além disso, poucos conhecem a carga tributária de enviar remessas ao exterior. Todos os cachês de artistas internacionais são pagos no país correspondente da banda e isso implica em remessa de divisas o que gera, em média, 45% de impostos em cima do valor enviado. Replique isso a todos os artistas e vocês terão um line up inflacionado em 50% só por causa dos impostos. Isso sem mencionar que como o Brasil é “a bola da vez” (muitos amam inflar o peito pra dizer isso), mas os espertos inflam os cachês para se dar bem aqui.

Esses são só alguns dos pontos que infelizmente fazem com que o preço de um ingresso para um festival desse porte no país pareça tão alto. Quando estamos do outro lado, passamos a nos revoltar com a forma que as coisas acontecem no país ao invés de nos revoltarmos com os organizadores.

Promover ofensas do calão de “mercenários” é no mínimo ignorante. Todo mundo quer sim ter sua margem de lucro, como eu disse acima, não é um evento filantrópico. Por outro lado, seriam mercenários se todos fossem obrigados a ir, coisa que não acontece. Não concorda com o valor, não vá. É a melhor e mais democrática forma de protesto que existe, mais efetiva do que ficar reclamando e balbuciando palavras sem sentido nas redes sociais.

Por fim, em uma visão geral se pararmos para pensar que o festival está trazendo 60 bandas e fizermos uma conta simples ( 900 / 60) temos o valor de R$15,00 para cada show. Quanto foi a sua ultima conta na balada? E quem foi o artista que estava se apresentando?

Pois é, termino o meu texto aqui e deixo a reflexão com vocês. Não sou a favor nem contra, apenas mostro os fatos verídicos que quem está do outro lado não conhece. Colocar na balança a experiência de um festival por si só, além de ver suas bandas preferidas e do outro lado o custo x benefício é a melhor maneira de evitar achar que estão te chamando de trouxa.

 

Sobre o line up:

O festival criado em Chicago, em 1991, se fortaleceu no Brasil e esse ano terá 3 dias e uma média menor de publico por dia de 70 mil pessoas (contra 75 no ano passado). Com a vinda de atrações que se apresentaram este ano na edição estadunidense como o Black Keys, headliners lá e aqui, Franz Ferdinand, Passion Pit e Alabama Shakes.

Pearl Jam, Deadmau5, Queens of Stone Age, The Killers e Planet Hemp completam o sexteto de atrações que fecharão as três noites nos palcos Cidade Jardim e Butantã.

 

 

O line up dá também um bom espaço para a música eletrônica, como além do já citado Deadmau5, como Steve Aoki, e os brasileiros Gui Borato e DJ Marky com o projeto Technostalgia.

O evento também trará espaço para nomes da música nacional, como Criolo, Vivendo do Ócio, Vanguart e Agridoce, Holger, misturadas entre os artistas nacionais.

Também se apresentarão nos três dias de festival: Kaskade, The Hives, Flaming Lips, Knife Party, Cake, Kaiser Chiefs, Two Door Cinema Club, Hot Chip, A Perfect Circle, Tomahawk, Nas, Foals, Crystal Castles, Major Lazer, Puscifer, The Temper Trap, Madeon, Of Monters and Men, Zeds Dead, Rusko, Toro Y Moi, Gary Clark Jr, Feed Me, Lirinha + Eddie, Mix Hell, Holger, Dirtyloud, Wehbba, Ludov, Graforreia Xilarmônica, Tokyo Savannah, Copacabana Club, Wannabe Jalva, Baia, República, Stop Play Moon, Database, Lennox, Boss in Drama, Classic, William Naraine, Perrosky e Bruno Barudi, Gui Boratto e Porter Robinson.

Enfim, super justificado para mim. A pré venda já se esgotou e os ingressos voltarão a ser vendidos no dia 16/10. Segue o link para as infos completas do festival:  http://www.lollapaloozabr.com/

 

Agenda

Beer Experience

 

 

Para relaxar toda a polêmica e dar boas risadas, nada melhor do que cerveja! E hoje e amanhã acontece a segunda edição do Beer Experience em São Paulo.

O festival que acontece no Espaço Villa Lobos é uma espécie de uber boteco a céu aberto e é dedicado aos amantes de cerveja e boa “comidinha” ou bons quitutes.

Com aproximadamente 200 rótulos da loura entre nacionais e importadas, o festival contará com 35 expositores que venderão seus produtos com até 30% de desconto.

Para acompanhar as geladas, o rango fica por conta dos seguintes estabelecimentos: Aconchego Carioca SP, Cervejaria Ô Fiô, Clube do Malte, Escambo Hostel, Good Fellas Bar, O Atol Açai Bar e SammyYummi.

 

 

Para a experiência ficar completa não poderia faltar música e os organizadores não esqueceram disso. Os dois dias terão uma programação completa voltada para o rock e blues, inclusive com nomes de peso como Raimundos. Confira a programação:

– Sexta-feira (05 de outubro)

21:00 – Cracker Blues

23:00 – Velhas Virgens

– Sábado (06 de outubro)

17:00 – The Strong Golden Ales

19:00 – Os Transtornados do Ritmo Antigo

21:00 – Raimundos

 

Com tudo isso, eu aconselho obviamente ir ao evento de táxi (ou use o serviço gratuito de transfer fornecido pelo evento, informações abaixo). Acho uma boa sugestão também anotar o endereço da sua casa em um local onde não possa esquecer, vai que…

 

BEER EXPERIENCE – 2º FESTIVAL DE CERVEJAS ARTESANAIS

Datas: 05 e 06 de Outubro (Sexta e Sábado)

Local: Espaço Villa Lobos – Av. Gonçalo Madeira, 209

Horário: das 18h às 2h na sexta; das 12h às 24h no sábado

Traslado de Van da Estação Jaguaré/ Espaço Villa Lobos gratuito – na sexta, das 18h às 00h40 e no sábado das 12h às 23h40.

Preços:

Sexta-feira: R$ 40,00 (venda antecipada) e R$ 60,00 (no local)

Sábado – R$ 50,00 (venda antecipada) e R$ 70,00 (no local)

(desconto de R$10,00 nos convites vendidos no local com doação de 1kg de alimento não perecível)

Vendas pelo site (apenas para o dia 06/10)

Contato: (11) 6493-9452/ (11) 99586-5363

Dica: Para facilitar a vida de todos os bêbado, digo, participantes, o ingresso é a própria comanda de consumação pré-paga que pode ser carregada no local. O ingresso dá direito a uma cerveja e um copo: na sexta a cerveja oferecida é a Wäls ou Way Beer, e no sábado, a Brooklin.

 

Enfim, fico devendo a visita para tomar uma com vocês já que estou viajando, mas contem pra gente como foi e também qual é a opnião de vocês sobre a polêmica acima (claro, antes de tomar as cervejas)!

Bjo pra quem é de bjo, abraço pra quem é de abraço!

 

 

Neto – @n3tooEsse que vos fala, não é PHD em assunto nenhum, fala com a propriedade de alguém que acredita aproveitar a vida ao máximo, mas que está longe de ser o senhor da verdade e nem quer. Ri de si mesmo sempre que pode, quebra a cara com frequência, tem um estranho prazer em pagar a língua (além de comer polenguinho com doce de abóbora) e chora sempre que se olha no espelho. Resumindo, não estou aqui para ditar regras, nem defender nenhuma verdade, muito menos levantar qualquer bandeira. Apenas venho expressar minha opinião e qualquer um pode me julgar.

SOS Solteiros
Arquivo - Sempre tem jeito.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui