• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

REVIEW: Panela Elétrica de Pressão é mais segura?

Testamos com feijão, arroz, vegetais e carne. Veja o impressionante resultado.

Se tem uma coisa que todo mundo já teve medo, ou ainda tem pavor, seja para fazer uma sopa pa nóis, ou feijão da mamãe, é da panela de pressão!

sopa-pa-nois-o

Mas, assim como a internet, a tecnologia não tem limites, por isso resolveram esse dilema com a versão elétrica. Segundo a fabricante, Electroclux, essa modalidade é muito mais segura e eficiente. Então, para não ficar nenhuma dúvida, testamos o produto. A panela em questão é a Carioquinha, uma versão específica para fazer feijão.

Image-3

Usabilidade

A primeira coisa, e a mais importante delas, é o MANUAL. Pois é, normalmente jogamos ele fora, ou esquecemos em algum canto para nunca mais ler. Mas nesse caso é uma bíblia, tem todas as informações de preparo, limpeza, segurança, etc. Portanto leia-o atentamente – é bem curtinho.

Testamos 4 tipos de alimentos: Feijão (claro), Arroz integral, Vegetais e Carne.

Feijão: Seguindo de forma literal o manual do produto, o grão preferido dos brasileiros é feito com muita, mas muita facilidade. Sério, é muito fácil. Coloca a medida de feijão, a medida de água, temperos (menos o sal), fecha a panela, liga e esquece! Depois do tempo determinado, a pressão vai saindo sozinha e ele fica cozinhando, então basta tirar o restante da pressão com ajuda de uma colher, abrir a panela, colocar sal, dar uma mexida e já pode servir, ou deixar cozinhar mais um pouco. Outra coisa extremamente genial é que faz muito pouco barulho – o que evita 90% do pavor da panela.

feijao panela eletrica pressao

– Na foto parece seco, mas é só impressão.

Arroz integral: Fizemos o integral porque é mais chatinho, tem que cozinhar mais tempo para não ficar duro. Seguindo sempre o manual, fizemos o passo a passo e o resultado também foi excelente, e nesse caso quanto mais tempo cozinhando, melhor.

arroz panela eletrica pressao

Vegetais: Aqui é Vapt-Vupt – o tempo é bem mais rápido! E tem que ficar atento, pois assim que sair a pressão deve desligar a panela para que não cozinhe muito e desmanche o rango. Vacilamos e não tiramos fotos, mas fica muito bom também.

Carne: Aqui foi um sonho realizado. Para os que não manjam dos paranuaê culinários, nesse quesito a panela é compra obrigatória. Basta colocar todos os ingredientes, dos temperos a carne (duh!) e deixar ligada no tempo necessário. O resultado é uma carne de panela suuuuper macia e temperada. Sério, ficou muito gostoso!

carne panela eletrica pressao

Segurança

Se você seguir a risca o manual, é extremamente segura, as travas de segurança são bem firmes e simples de encaixar. A pressão sai sozinha (claro que você pode ajudar com uma colher), e a panela logo entra em modo “cozinhar”. Para solteiros esquecidos é uma mão na roda. E como dito, ela faz quase nenhum barulho – sem traumas.

Image-2

Limpeza

Basta tirar a parte interna e lavar com uma buchinha que não risca. O restante precisa apenas de um paninho umido, assim como a limpeza da geladeira, microondas e outro eletrodomésticos.

Image

Pró e Contra

Pró: Muito mais segura, uso extremamente fácil, com timer – pode “esquecer” a maioria dos alimentos lá, silenciosa, fácil de limpar/lavar.

Contra: Usa energia, o preço (média: R$250,00), troca de peças (ao contrário da panela comum, precisa encontrar as peças específicas da Electrolux – no caso).

Image-4

 

*Esse post NÃO foi pago, portanto não se caracteriza como publieditorial. 

Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão (SBT, Record, Band, etc.) pela internet em 2012. Vegano e meditante, busca evoluir junto com todos os seres enquanto caminha. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui