• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Receita: chips de queijo ralado na sanduicheira

Testamos duas marcas, a mais cara e a mais barata para definir qual fica mais gostosa.

Bruno Oliveira Publicado: 08/09/2022 09:25 | Atualizado: 08/09/2022 09:25

Petisco, aperitivo, tira-gosto, entrada, chame como quiser, só não deixe de comer esse quitute delicioso que é a receita barata de chips de queijo ralado na sanduicheira! Além de ensinar a receita, também testamos duas marcas de preços diferentes para definir qual versão fica mais gostosa. Confira a seguir.

 

Como fazer queijo crocante na sanduicheira

Antes de mais nada nós precisamos listar o que vamos usar na receita, que para nossa alegria é apenas queijo ralado de saquinho e uma sanduicheira (grill). Também usamos uma espátula para ajustar o queijo na chapa, mas se quiser você também pode usar um talher, é bem de boa.

Note que no vídeo nós usamos duas marcas de queijo ralado, uma mais cara e outra mais barata. Contudo, o nosso editor se confundiu com os preços e acabou chamando a mais barata de mais cara e vice versa. Neste artigo vamos nos referir aos preços da maneira correta.

A primeira prova que fizemos foi com a marca mais barata; despejamos uma pequena quantidade na sanduicheira e espalhamos um pouco com o auxílio da espátula. Na sequência, fechamos a sanduicheira e deixamos o queijo assar até acender a luz.

 

Feito isso, a casquinha está pronta, mas ainda precisa secar. Sendo assim, a colocamos em um prato e partimos para fazer a versão usando a marca mais cara.

 

Ou seja, o processo foi praticamente o mesmo: colocamos o queijo na sanduicheira, ajustamos com a espátula, deixamos assar e secar.

 

Em seguida, vem a melhor parte que é provar e definir qual é a mais gostosa. Segundo o paladar do nosso editor, como era de se imaginar, a versão feita com a marca mais cara foi a vencedora; embora a outra versão também tenha sido um sucesso!

 

Truques para deixar a receita ainda mais gostosa

Alguns de nossos seguidores deram sugestões de métodos alternativos e dicas que podem deixar o seu chips de queijo crocante ainda mais interessante:

“Trabalhei em um restaurante que fazia isso pra servir em cima da pasta, untava a forma e colocava um monte pra assar, era em formato de disco. Ficava bem bonitinho no fim das contas.”, conta Debora Silva em nosso canal no Youtube.

“Dica: comprar queijo parmesão em pedaço sai mais barato do que comprar queijo parmesão ralado de pacote.”, explica Vanessa Almeida em nossa página no Facebook.

Muito bem Vanessa, inclusive, já testamos essa hipótese por aqui.

“Eu coloco no pão e coloco na fritadeira fica essa casquinha delícia😋” complementa Thais da Costa em nosso Instagram.

 

Como fazer o queijo ralado crocante sem usar a sanduicheira

Embora existam várias receitas maravilhosas que deixam o seu queijo bem croc croc, escolhemos duas versões para você fazer caso queira inovar, impressionar a visita ou até usar um queijo mais sofisticado:

1. Queijo crocante na frigideira

Coloque a frigideira no fogão em fogo médio e espalhe o queijo ralado até que forre todo o fundo. Em seguida, ajuste as bordas com uma espátula para que ela fique bem redondinha e deixe assar até que fique bem douradinho.

Note que o resultado será um disco do tamanho da sua panela. Porém, nada impede de você usar sua criatividade e quebrar em pedacinhos menores depois que secar.

2. Queijo crocante no micro-ondas

Essa versão é para aqueles que amam queijo do tipo provolone. Basta levar o queijo ralado ao micro-ondas para assar por 3 a 4 minutos na potência mais alta.

Nada impede que você use outros tipos de queijo como mussarela ou coalho, entretanto, esses queijos vão derreter no fundo do prato, ao invés de formar os chips, como no caso do provolone.

Gosta de queijo e quer uma receita ainda mais diferentona? Confira nosso artigo que te ensina a fazer pão de queijo de chocolate e se surpreenda com essa bomba de sabor!

Fonte(s): Ana Maria Brogui, Panelinha, Vigor, Sítio Recanto do Queijo
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui