• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Projeto comprova que é possível viver melhor com apenas 33 itens no guarda-roupa

Detalhe: sapatos e acessórios estão inclusos nessa lista.

Em tempos de consumismo exagerado, algumas iniciativas se destacam por nos fazer refletir sobre o excesso de coisas que possuímos.

O Project 333, criado pela americana Courtney Carver, vem nesse sentido mudando o comportamento de pessoas ao redor do planeta com um desafio curioso: viver com apenas 33 peças de roupa.

Courtney com 14 das 33 peças escolhidas.

Nessas peças devem estar inclusas roupas, acessórios, jóias e sapatos. Segundo as regras, alianças e outras joias sentimentais que você não tira nunca, não contam. Além disso, estão liberados pijamas, roupas de ficar em casa e roupas para malhar (desde que você esteja malhando, não vale usar em outros momentos).

De acordo com a criadora, esse não é um projeto de sofrimento, então, se alguma coisa não está servindo ou se alguma peça rasgou, por exemplo, substitua por outra. E caso seja muito difícil para você seguir as regras criadas por ela, faça um projeto alternativo com o que você é capaz de fazer.

Courtney resolveu mudar a rotina consumista ao ser diagnosticada com esclerose múltipla, a criação do projeto fez com que a qualidade de vida dela melhorasse significativamente. Ela explica, “viver com menos cria tempo e espaço para descobrir o que realmente importa“.

O projeto faz parte da iniciativa Be More With Less (“seja mais com menos”), que reúne ideias sobre como levar uma vida mais simples. É possível acompanhar a iniciativa no site ou pelo Instagram.

Courtney e seu guarda-roupa com 33 peças

Criadora do projeto

Fonte(s): Be More With Less
Gabriela Roman
Roteirista, viajante profissional e amante da internet e das zueiras que vêm com ela.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui