• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Vai, planeta!

Primavera: a planta comestível que colore o Brasil, faz bem para a saúde

As lindas trepadeiras que embelezam nossas cidades, Bougainvilleas, merecem sua atenção.

Eltiza Vasques Publicado: 02/09/2020 12:51 | Atualizado: 02/09/2020 13:16

O que poucos sabem é que a Bougainvillea, popularmente conhecida como Primavera, além de colorir cidades do Brasil e do mundo, é uma planta comestível e medicinal. Saiba tudo sobre a PANC que encanta nossos olhos.

 

Bougainvillea: nossa querida PANC, “Primavera”

Aquelas trepadeiras super coloridas que chamam a atenção e embelezam os jardins por todo o Brasil chamam-se Bougainvillea. Similarmente, são conhecidas por Primavera.

Aposto que você sabe de qual planta estou falando.

Bougainvillea ou Primavera

A Primavera é uma trepadeira que pode alcançar até 15 metros de altura e adoram o sol. Quanto maior a incidência solar sobre ela, mais cores apresenta. Uma lindeza! Podem ser roxas, rosas, brancas, vermelhas, amarelas, laranjas, uma diversidade de encher os olhos e o coração.

E, veja só, ela também é uma planta comestível e faz bem à saúde. Você sabia que a Bougainvillea é uma PANC? Pois é, a Primavera é uma Planta Alimentícia Não Convencional.

Essas plantas, apesar de serem comestíveis, não se encontram organizadas em cadeias produtivas tradicionais. Assim, não despertam interesse comercial em seu processo produtivo, nem tampouco em sua comercialização.

O biólogo Valdely Kinupp, em 2008, denominou-as assim, como indicação de plantas com potencial alimentício, porém pouco conhecidas pelas pessoas.

Sabendo disso, a partir de agora, você pode pedir à sua vizinha, não só uma xícara de açúcar, como também uma porção de Bougainvillea, para fazer seu chá ou suco. Contudo, tenha calma: também é preciso tomar cuidados com a planta.

 

Suco e chá de Primavera

Antes de falar dos benefícios da Primavera como planta comestível, vamos aprender como usá-la na forma líquida. Pois, é possível fazer sucos e chás lindíssimo com as brácteas da Bougainvillea.

As brácteas são aquelas partes coloridas que tanto nos encantam, que pensamos serem as pétalas das flores da planta. Mas não, elas são folhas modificadas. As flores são pequeninas, branquinhas, bem menos interessantes e chamativas que as brácteas.

Brácteas e flores da Primavera

Para fazer o suco de Primavera, basta ferver 10 gramas de brácteas ou hastes, com 3 copos de água, por 2 minutos. Depois tampar e deixar descansar por mais 10 minutos.

Para ter sabores variados, podem ser adicionadas outras frutas como abacaxi, limão, pêssego, melão, uvas e morangos, batidos no liquidificador. Adoce a gosto. A cor das bebidas é algo tão lindo de ver quanto a própria planta!

 

Corante natural de Primavera

Para fazer corante natural de Primavera, basta ferver suas brácteas, batê-las no liquidificador após a fervura e reservar por um dia na geladeira.

Esta mistura resulta num corante natural, que pode ser utilizado para dar cor a diversas receitas da culinária, tornando-as mais atrativas e interessantes.

Com esse processo, é possível tingir tecidos também. Basta aplicar a água fervente de brácteas de Bougainvillea na peça de sua escolha, depois deixar secar ao Sol. Nesse tutorial, usaram esse corante natural em um chinelo, já nesse passo a passo foi aplicado em fios de costura.

 

Tapioca de Primavera

Para fazer uma tapioca colorida caseira, no lugar de usar a farinha de mandioca já hidratada do supermercado, você pode hidratar o polvilho doce. O modo de fazer é bem simples e além de mais barato, é mais natural.

No processo de hidratação do polvilho, ao invés de adicionar água, coloque o corante de Primavera. Dissolva o polvilho e incorpore o que ainda estiver seco à parte molhada. O objetivo é chegar a uma mistura firme, consistente e úmida, como uma massa de gesso.

Nunca se esqueça que o segredo da consistência crocante da tapioca é peneirar a farinha, pois quanto mais fina, mais crocante ela fica. Depois disso, é só levar a massa para a frigideira e rechear a gosto. A massa de tapioca fica rosa, vermelha, laranja e, claro, mais gostosa!

 

Tempurá de Primavera

A receita de tempurá de Bougainvillea também é bem simples. Basta retirar as flores, deixando somente as brácteas e lavá-las bem. Em seguida, é só misturar com a massa de tempurá, empanar e fritar. Fica show!

 

Primavera nas saladas

Assim como outros tipos de planta comestível, as brácteas das primaveras também podem ser utilizadas cruas, em saladas, em meio às folhas verdes, acrescentando palmito, pepino, tomate, ou o que você quiser.

Mas nunca se esqueça de lavar bem as brácteas, assim como você lava as folhas que coloca na sua salada!

 

Molho de Primavera para saladas

Uma sugestão de receita inclui 2 copos de macadâmia, suco de 1 limão, 1 colher (café) de sal, 2 colheres (sopa) de azeite de oliva, 2 dentes de alho e 20 brácteas de Boungainville.

Bata tudo no liquidificador e adicione água (de ¾ a 1 copo) até formar um redemoinho no liquidificador. O importante na quantidade de água é prestar atenção na consistência, para que o molho fique firme e não aguado.

 

Primavera desidratada para decorar ambientes

Além de ser uma PANC, ou seja, uma planta comestível. As brácteas da Primavera também podem ser desidratadas por alguns dias e armazenadas em frascos de vidros.

Suas cores vivas se mantêm por muitos meses, se armazenadas nos frascos fechados e ao abrigo da luz. Elas podem decorar sua mesa do almoço ou do jantar, sua estante, ou mesmo alegrar a mesa do seu escritório!

 

Propriedades medicinais da Primavera

A Bougainvillea também é conhecida por suas inúmeras propriedades medicinais. Segundo uma série de estudos, ela pode auxiliar em diversos tipos de tratamentos, como de úlceras, tosse, diarreias e diabetes.

Nesse último caso, o segredo está em seu princípio ativo, no composto chamado pinitol. A Primavera exerce efeitos semelhantes aos da insulina, melhora o controle glicêmico e otimiza a captação de glicose no corpo.

Vale dizer que a maioria das propriedades medicinais reveladas nas pesquisas, demonstram novas possibilidades em relação as terapias convencionais. Ou seja, são subsídios para que novos tratamentos sejam criados.

Portanto o uso da planta como tratamento, depende da orientação de um especialista. Jamais faça uso por conta própria.

 

O perigo da Primavera

Há outro cuidado a ser tomado com as Bougainvilleas. Elas são plantas espinhosas. Os espinhos localizados na base de cada folha da planta, além de afiados, são revestidos por uma substância que pode causar dermatites de contato.

Dermatite de contato é uma inflamação que ocorre na pele, por causa da exposição a um componente que causa irritação ou alergia.

Caso seja espetado, lave a área afetada imediatamente com água e sabão. Fique atento, pois o ferimento pode evoluir para erupções de pele mais graves, com dores fortes. A ferida, até cicatrizar, deve ser mantida limpa e tratada, para diminuir a coceira e o desconforto.

 

Fonte(s): Vix, Clara Carpegiani, Matosdecomer, EHow, Comida Ecológica, Receitas com flores comestíveis, Corante Natural de Flor de Bougainville
Eltiza Vasques
Consultora ambiental e professora, paulistana, apaixonada pelos bichos, beirando os 50, rabugentinha, mas feliz e grata sempre!

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui