• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Pompoarismo: 4 Mitos que precisam ser desconstruídos sobre a ginástica íntima

Que tal focar mais na sua felicidade e menos no tabu social?

Caroline Simoes Publicado: 26/07/2016 16:25 | Atualizado: 12/10/2019 11:11

Talvez você nunca tenha visto, nem comido, mas já ouviu falar sobre pompoarismo.

Ao contrario do que eu pensava pensam, ele não possui relação nenhuma com pompons. Pompoarismo é uma técnica oriental que consiste em fazer “exercícios” com a vagina, ou seja, uma ginástica íntima.

“Mas por que eu iria querer fazer flexão com a vagina?”, você pode se questionar. Essa antiga técnica vem ajudando muitas mulheres a adquirirem mais consciência corporal, fazendo com que sintam mais prazer no sexo, além de dar mais alguns super poderes bem úteis.

A criadora do  programa Mulheres Bem Resolvidas, Cátia Damasceno, especialista em ginástica íntima e fisioterapeuta, nós ajudou a desmitificar algumas mentirinhas que rodam por aí sobre esse “malabarismo” vaginal, para quem sabe acabar com o preconceito.

MITO 1 – “É uma técnica para dar prazer apenas ao parceiro”

Os caras vão gostar? Lógico, você tem o poder de controlar sua vagina!

Como dito no abre desse artigo, a pratica também ajuda no prazer feminino, ou seja, no teu próprio prazer. Algumas alunas da especialista afirmaram que gozaram pela primeira  vez, outras tiveram orgasmos múltiplos depois de terem começado a praticar.

“Como o exercício fortalece os músculos vaginais, ele promove maior lubrificação na hora do sexo, e aumenta a libido” – relata.

MITO 2 – “Só está relacionado ao sexo”

Se é uma ginastica, lógico que tem benefícios para a saúde também. Além do sexo, o pompoarismo melhora problemas urinários, reduz o período menstrual e diminui a cólica, pois aumenta aumenta a irrigação sanguínea do canal vaginal.

Sim, você leu certo, DIMINUI A CÓLICA!

Isso é o melhor!

MITO 3 – “Precisa utilizar um colar tailandês”

Assessórios são legais, mas não são necessários para fazer os exercícios, principalmente se o objetivo for apenas voltado para a saúde. O colar tailandês também pode ser desconfortável, mas a fisioterapeuta sugere que se a mulher ainda quiser usar algum apetrecho, o Ben Wa pode ser um boa ideia.

MITO 4 – “É uma técnica para jovens”

Na verdade o pompoarismo pode ser praticado por todas as idades. Cátia explica que a ginástica intima melhora a eficiência do trabalho de parto, a recuperação pós-parto, reduz flacidez vaginal e também ajuda a dar aquele up casamento.

“As vantagens do pompoarismo ajudam muito a melhorar a qualidade de vida de todas as mulheres, independentemente da fase da vida” – finaliza

Caroline Simoes
Aspirante a Jornalista ligeiramente distraída. Raramente lembra do que estava fazendo mesmo com seus 20 e poucos anos. Sempre procura o lado bom das coisas, adora miojo cru e o resto ela esqueceu.

Em caso de chefe
clique aqui