• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

‘Caçadores de Bons Exemplos’: A humanidade tem jeito, você só precisa olhar melhor

Conheça a plataforma que tem como objetivo divulgar projetos sociais.

A quantidade de notícias ruins que bombam por aí é de chocar qualquer pessoa. Pobreza, corrupção, crimes cruéis e uma série de desgraças estão estampadas em todo lugar.

Mas além de darmos audiência para esse chorume todo, o que podemos fazer para mudá-lo?

Além de desligar a TV, Eduardo Xavier e Iara Xavier encontraram um incrível meio, através do projeto “Caçadores de Bons Exemplos“.

Cansados de todas essas notícias ruins que pipocam na TV, revistas e jornais, o casal decidiu partir em uma longa viagem com um único objetivo: encontrar pessoas que realmente fazem a diferença nesse mundão.

Em 2011, eles venderam seu apartamento e percorreram cerca de 405 mil quilômetros, por todos os estados brasileiros, atrás de histórias que fossem capaz de reacender a chama da esperança de um mundo melhor e inspirar outras pessoas a realizar mudanças benéficas em sua comunidade.

Catalogando cerca de 1.450 projetos (apenas nesse início), a dupla começou a divulgar esses projetos nas redes, conseguindo uma mobilização de cerca de 150 mil pessoas.

Com o sucesso, foi criado a plataforma colaborativa “Caçadores de Bons Exemplos”, voltada para a difusão, visibilidade, ações e conexão entre pessoas e projetos que lutam por um mundo melhor. Segundo os fundadores, a ideia é que a rede funcione como um verdadeiro intercâmbio de ideias positivas, aonde todos podem indicar e compartilhar os bons exemplos de suas cidades.

Tanto o casal, como qualquer pessoa, pode indicar um projetinho social bem bacana que rola em seu bairro ou na sua escola, por exemplo, e entrar em contato com outras pessoas dispostas a ajudar; o que pode inspirar quem deseja fazer a diferença mas ainda não tinha uma boa ideia na cabeça.

Resumidamente, a ideia principal é divulgar o bem.

Fazendo a diferença e salvando vidas

Hoje em dia, ainda mais com o poder de engajamento das redes sociais, tomar conhecimento de que o mundo não é apenas esse caos todo que vemos nos noticiários pode representar a luz no fim do túnel que muitos já estavam desistindo de enxergar.

Em entrevista ao canal do Youtube, “Se Joga, Cara!”, Iara revela que também não tinha noção do poder que aquela ideia maluca de “vender tudo e cair na estrada” poderia causar na vida das pessoas.

Ela conta que recebeu um e-mail de um rapaz, relatando que já havia perdido as esperanças e estava decidido a tirar a própria vida. Ao se deparar com a plataforma, diante de tantos projetos e histórias de vida incríveis, de pessoas que estavam usando seu tempo para mudar a vida de semelhantes, ele acabou mudando de ideia.

O jovem reconheceu um novo rumo e afirmou que passaria a levar sua vida com um único objetivo, ajudar outras pessoas.

Nesses 7 anos de existência, eles já passaram pelo Projeto Teto, que busca superar situações de pobreza em comunidades precárias de São Paulo (e da toda America Latina e Caribe), o Movimento das Mulheres das Ilhas de Belém, que visa dar cursos de capacitação e uma série de informações para as mulheres carentes da região e até visitaram o projeto “De Portas Abertas“, onde uma senhorinha de 80 anos do Rio Grande do Sul abriga os necessitados da rua.

Além desses, a plataforma já tem catalogado cerca de mais de mil projetos visitados, espalhados por todo o Brasil. Para ver todos, clique aqui.

O projeto “Caçadores de Bons Exemplos“, além de site também virou livro e aplicativo para celular. Eles podem ser baixados gratuitamente para Android ou iOS.

Fonte(s): Cadu Cassau - Se joga cara! - Youtube
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui