• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Pizza de caneca: receita surpreendentemente fácil e mega deliciosa

Conheça a receita da pizza na caneca que fica pronta em poucos minutos.

Bruno Oliveira Publicado: 18/08/2022 09:50 | Atualizado: 18/08/2022 09:50

É fácil dizer que a pizza é um lanche coringa, que a maioria das pessoas gostam e que combina com praticamente tudo, difícil mesmo é a conter a fome e esperá-la ficar pronta. Mas e se você descobrisse como fazer uma pizza super rápida?

O influenciador digital estadunidense, Corey B publicou um vídeo em que prepara uma pizza de micro-ondas na caneca em poucos minutos e esse vídeo viralizou mundo afora. Foram mais de 1 milhão de visualizações, 28 mil likes, mais de 2 mil comentários nessa receita que parece ser bem interessante.

Já que amamos pizza, esse experimento parece que foi feito especialmente para a gente testar: Será Que Funciona?

 

Teste: Como fazer pizza super rápida no micro-ondas

Antes de mais nada, vamos para a lista dos ingredientes:

  • 4 colheres (sopa) de Farinha de Trigo

  • 1/4 colher (sopa) de Fermento Químico (ou Bicarbonato de Sódio)*

  • 1 pitada de Sal (a gosto)

  • 1 colher (sopa) de Óleo

  • 3 colheres (sopa) de Leite

  • 1 colher (sopa) de Molho de Tomate

  • Queijo mussarela ralado (a gosto)

  • + Recheio de preferência

*NOTA: Vale destacar que confundimos fermento com bicarbonato de sódio no vídeo. Explicaremos em detalhes mais à frente neste artigo, por enquanto fique ciente que o ingrediente indicado no vídeo original é o fermento químico.

Conforme indicado no vídeo, o primeiro passo foi adicionar os ingredientes secos. Portanto, adicionamos na caneca a farinha de trigo, o bicarbonato e o sal.

 

Na sequência, colocamos o óleo e o leite na caneca e misturamos novamente até virar uma massinha homogênea.

 

Em seguida, o molho de tomate é espelhado na superfície, apenas por cima da massa. Ralamos o queijo na hora e fomos despejando por cima.

 

O vídeo orienta que esse é o momento para colocar o recheio, que no caso seria mini pepperoni, mas a criatividade é sua para rechear do jeito que você mais gostar. Dito isso, o nosso editor não come carne, ou seja, a versão do nosso teste teve como recheio apenas queijo e orégano fresco.

Levamos ao micro-ondas em potência máxima por 1 minuto e meio. Logo a cozinha emanava um delicioso cheiro de pizza pela casa.

DETALHE: o tempo de cozimento pode variar dependendo da potência do seu micro-ondas. Na dúvida, espete um palito ou um talher no meio da caneca e ao remover observe. Se a massa estiver sequinha é porque está pronta, caso contrário precisa assar por mais tempo.

 

O resultado ficou visualmente surpreendente!

 

Resultado: a pizza de caneca funciona?

Resposta rápida: sim, funciona muuuuitooo!

De início estávamos meio céticos, mas foi só dar uma garfada que qualquer incerteza sobre o sucesso da receita sumiu como fumaça! Vale ressaltar que a textura lembra um pãozinho, ou aquele tipo de pizza pan (mais fofinha).

Os ingredientes são fáceis de manejar e o modo de preparo é ainda mais tranquilo, já que praticamente é só colocar no micro-ondas. A única ressalva sobre nosso teste é que a gente colocaria um pouco mais de sal e bem mais queijo.

Ademais, o cheiro, textura e principalmente o sabor estavam no ponto para matar aquela vontade de pizza que bate do nada.

 

Fermento químico ou bicarbonato de sódio?

Alguns seguidores do Almanaque SOS destacaram essa diferença de ingredientes usados entre nosso teste e o vídeo original. Eles comentaram em nossas redes sociais:

“Não é com bicarbonato de sódio, é com fermento em pó. ( fermento em pó em inglês é baking powder ). Mas funcionou😅”, comenta a Rubinéia Conceição em nosso canal no Youtube.

“Testei novamente substituindo bicarbonato pelo fermento químico (mesma medida) e ficou MUITO melhor!”, disse Heloisa Conti em nosso TikTok.

Inicialmente, precisamos entender a diferença entre os dois para entender como eles funcionam nessa receita:

  • O bicarbonato de sódio é um componente químico com inúmeras utilidades que entra em reação com algum ingrediente ácido, como o vinagre, mel, suco de limão, iogurte entre outros. Quando essa reação é causada pela mistura e exposição ao calor, é liberado um gás de dióxido de carbono que cria bolhas de ar que fazem a receita crescer de tamanho.
  • No caso do fermento químico a reação é basicamente a mesma, a diferença é que, em sua composição, o fermento já carrega tanto o bicarbonato quanto o ácido necessário para ativá-lo.

Em outras palavras, já que a nossa massa não leva nenhum ingrediente ácido (além do leite que é levemente ácido), usar o fermento químico é opção mais indicada para que ela cresça melhor. Apesar da nossa confusão ao traduzir o ingrediente, podemos garantir que a receita fica gostosa do mesmo jeito.

 

O que aprendemos com esse teste

  • É possível fazer uma mini-pizza em poucos minutos, mesmo na caneca;

  • Nessa receita, é possível trocar fermento químico por bicarbonato de sódio.

Confira o vídeo do teste na íntegra.

Fonte(s): Sally's Baking Recipes, Terra, FDA
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui