• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Pesquisa indica que a Maconha pode diminuir sua ambição por dinheiro

Ficar na brisa ou ganhar dinheiro, qual você prefere?

Há algumas particularidades sobre a maconha que nem precisam de comprovação científica. Todo mundo tá careca de saber que o acendepuxaprendepassa gera falta de memória e um ataque desenfreado à geladeira.

Mas agora cientistas descobriram um outro efeito colateral da erva. De acordo com um estudo publicado na revista cientifica Journal of Psychopharmacology, apenas um trago já é o suficiente para deixar uma pessoa menos motivada para trabalhar por dinheiro.

Segundo  Dr. Will Lawn, um dos autores da pesquisa, essa é a primeira vez que esse efeito foi testado e avaliado de forma confiável, com o uso de uma quantidade adequada de amostra e com a metodologia correta.

Para realizar o estudo, a equipe de cientistas reuniu 57 voluntários e os dividiu em dois testes separados.

O primeiro teste: Chapadão

No primeiro teste, 17 pessoas deveriam  realizar a seguinte tarefa: pressionar a tecla espaço do computador. Porém, eles poderiam escolher se a ação era com ou sem adrenalina. Quem apertasse 30 vezes em 7 segundos, ganharia 50 centavos. Agora quem digitasse 100 vezes o “espaço” em até 21 segundos, poderia faturar até 2 euros.

Para justificar o uso do “teste do teclado”, os cientistas alegaram que pressionar a tecla não é difícil, mas fazer isso repetidamente exige um esforço razoável, tornando-se um teste útil para medir a motivação dos envolvidos.

Acontece que o experimento foi divido em duas etapas, sendo que antes de cada uma delas (antes de escolherem se queriam  digitar 30 ou 100 vezes) os voluntários deveriam inalar um tipo de vapor.

Em uma das etapas, o que foi dado ao participantes era um vapor com maconha, equivalente a um baseado, já em outra etapa era só um vaporzinho de água, um placebo. Os envolvidos não sabiam dessa “pegadinha” dos cientistas.

O segundo teste: De cara limpa

No segundo teste foram separados dois grupos com 20 pessoas cada, metade eram usuários de maconha e a outra metade nunca tinha ingerido a erva. Em ambos os grupos, os participantes foram proibidos, por até 12 horas antes do experimento, de consumir álcool, tabaco, café ou qualquer outra droga.

Esse teste envolvia realizar a mesma tarefa de apertar a barra de espaço no teclado, escolhendo entre ganhar 50 centavos ou até 2 euros, mas desta vez as pessoas estavam 100% sóbrias.

Conclusão dos testes

A galerinha do primeiro teste, quando estava sob os efeitos da cannabis, preferia escolher a opção mais fácil, ou seja, ganhar menos dinheiro, porém fazer menos esforço. Bem de boas, relax, suave na nave…

Os resultados mostraram que quando eles inalavam o vapor com maconha faziam a escolha mais difícil 42% das vezes que o experimento era realizado, já quando fumavam o vaporzinho aprovado pela Sandy – o placebo – , esse número subia para 50%.

O segundo teste realizado só veio para confirmar a teoria. Com todos sóbrios, os cientistas não constataram nenhum diferença de motivação entre os grupos.

“Descobrimos que quando as pessoas estavam sob o efeito de maconha eram significativamente menos propensos a escolher a opção de alto esforço”, revela trecho do estudo.

Os cientistas ainda revelaram que mais pesquisas precisam ser feitas para chegarem a uma conclusão definitiva sobre o assunto.

De qualquer forma, antes de nos levarmos pelo preconceito, vale lembrar que muitas pessoas bem sucedidas e bastante ambiciosas, como todos os atores de Hollywood o ator Morgan Freeman, o diretor Quentin Tarantino e até Barack Obama fazem ou já fizeram o uso regular da erva, e nem por isso deixaram de ir atrás dos seus objetivos.

Vale aquela máxima, todo excesso faz mal.

Fonte(s): Superinteressante, Daily Mail, UCL News, Independent, ScienceDaily, Exame
Rui Davi
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui