• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Os 7 Pecados no cuidado com a Barba

A barba pode ser muito estilosa, mas você sabe como NÃO usá-la?

Para ostentar uma barba invejável não basta apenas deixar os pelos crescerem, tem que ter habilidade alguns cuidados e uma boa dose de estilo.

Para nos ajudar a não pagar de mal barbado, a Grecin listou 7 pecados que podemos evitar na manutenção da nossa mata facial. Veja a lista e depois comente se concorda ou não.

***

1. Barba desenhada demais

A barba por si só já é um acréscimo ao seu visual. A simplicidade, geralmente, é o que dá um toque de elegância a ela. Então, a não ser que você seja um personagem de ficção, desenhar a barba pode parecer um pouco exagerado.

 

2. Barba de bode

Esse estilo foi muito popular nos anos 90, por isso torna o visual muito datado. Além disso, esse estilo de barba acaba se tornando a parte mais chamativa do rosto de quem a usa e justamente por isso, não se harmoniza com os outros elementos da face.

 

3. Queixo liso

Às vezes tentar inovar demais pode não te deixar muito atraente, como tirar a parte do queixo e deixar apenas a região abaixo dos lábios. A uniformidade (que não acontece com o queixo “dividido” assim) proporciona equilíbrio ao rosto, muitas vezes é isso o que torna sua barba legal.

 

4. Grama selvagem

Uma barba precisa de muitos cuidados, como aparar, higienizar e, para quem gosta, até dar uma pintura para harmonizar os fios. Deixar ela crescer descontroladamente pode passar a imagem de desleixo e causar o efeito oposto ao desejado.

 

5. Acessórios

Penduricalhos podem ser divertidos, mas em certos casos acabam descreditando o seu visual. Então, pense bem se presilhas, laços, enfeites e outros mais combinam mesmo com seu estilo.

 

6. Barba sem bigodes

Esse estilo, em alguns casos, passa a impressão de que algo está faltando. Um bigode até pode vir sozinho, mas numa barba é melhor sobrar do que faltar.

 

7. Pescoço peludo

Deixar a barba crescer no pescoço também demonstra falta de cuidado. É preciso aparar essa região com a maquininha e se quiser um visual ainda mais arrumadinho, finalizar com o barbeador.

Deixar a barba “escapar” pro pescoço pode ser um pequeno erro de finalização capaz de estragar seu visual. Mas não é por conta disso que você precisa exagerar e tirar tudo até o queixo, o limite ideal é onde a papada econtra o pescoço (imagem).

 

Dica Extra: Estilo Náufrago

Se por acaso, alguém cultivar os pelos da face a tal ponto de ostentar longos e invejados fios, que mero mortal se atreverá a dar alguma dica de barba para este cidadão?

A barba longa, geralmente acaba se tornando uma parte da personalidade de quem a usa, eentão, neste caso, o “Senhor da Barba” só precisa continuar fazendo o trabalho bem feito e esbanjar muito charme.

Fonte(s): Grecin
Rui Davi
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui