• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

Onde comprar pasta de dente sem plástico? No Brasil já tem

Além de fazer bem a natureza, o creme dental sólido também é econômico.

Creme dental é uma coisa que a gente usa (ou deveria usar) todos os dias – mais de uma vez por dia, inclusive. Agora imagine só a quantidade de lixo que resulta desse simples e tão importante hábito de higiene.

Além da embalagem plástica propriamente dita, que é difícil de higienizar para encaminhar à reciclagem, o creme dental ainda vem dentro de uma caixinha absolutamente inútil, que só aumenta a produção de lixo. Sem contar que as pastas de dente tradicionais têm microplásticos inclusive na composição.

Na Islândia, por exemplo, cerca de 90% dos creme dentais já não são mais vendidos dentro de caixas, o que prova que é possível abrir mão do item e que o mundo todo deveria fazer o mesmo – no Brasil, cerca de 750 milhões de caixinhas são descartadas todos os anos! Vale dizer que essas caixinhas não podem ir para a compostagem por conta da tinta plástica usada na embalagem.

Não, a gente não vai sugerir que você diminua a frequência com que escova os dentes em nome do meio ambiente. Mas, e se der pra continuar escovando os dentes e produzir praticamente zero lixo? E dá. Aqui no SOS já compartilhamos 7 receitinhas de creme dental caseiro, é só se arriscar e fazer em casa mesmo.

Caso você tenha algum nível de preguiça, também é possível comprar pasta de dente sólida, sem embalagens que agridem o meio ambiente. A Rio Fée des Bulles é uma marca carioca de cosméticos naturais e veganos que fabrica e comercializa pasta de dente sólida com zero envolvimento de plástico no processo, apenas com resíduos biodegradáveis.

As pastas de dente são à base de óleo de coco, óleos essenciais e carbonato de cálcio (responsável por limpar e dar brilho aos dentes). Como são sólidas, dispensam uma embalagem tradicional e vêm espetadas em um palitinho de madeira, que após o uso total do produto, pode ser compostado.

O produto custa R$10,50 e a empresa envia para todo o Brasil (com custos de frete). Apesar de ser natural, a pasta de dente da linha tradicional não é recomendada para gestantes, lactantes e crianças menores de 3 anos, pela presença de óleos essenciais não indicados para esse público.

Para essas pessoas, os produtos são vendidos em um kit específico.

Após aberto, os produtos devem ser utilizados em até 6 meses, e devem ser armazenados longe de umidade (então evite deixar no banheiro). Podem ser guardados em pé, dentro de um pratinho ao ar livre mesmo; já que a ação antibacteriana afasta qualquer possibilidade de contaminação.

Apesar da divulgação mostrar um papel decorado colorido, os produtos são enviados enroladinhos em papel reciclável mesmo ou em saquinhos de algodão, ambos podem ser compostados. A pasta de dente sólida também parece ser econômica, depois de alguns testes percebemos que a cada escovação não se gasta muito o produto .

Para utilizá-la, basta friccionar a escova molhada no produto e em seguida escovar os dentes normalmente:

É bem diferente do que estamos acostumados, mas em nome do meio ambiente e do consumo de produtos mais naturais, vale tentar, não vale?

Daiane Oliveira
Redatora, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui