• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Como saber quando o óleo está quente (sem usar fósforo)

Para evitar que o alimento fique boiando em óleo frio, siga essa dica super simples.

Bruno Oliveira Publicado: 11/04/2022 09:32 | Atualizado: 11/04/2022 09:42

Para fritar por submersão é importante saber quando o óleo está quente, nisso, muitas pessoas usam o bom e velho truque do palito de fósforo (basta deixar o palito boiando no óleo, quando ele acender, está quente). Mas há quem tenha receio de causar algum acidente ou simplesmente só tem isqueiro em casa. Para esses casos, existe uma técnica igualmente simples, usando apenas uma colher de pau!

 

Como saber que o óleo está quente com uma colher de pau

O primeiro passo é colocar o óleo pra aquecer no fogão. 

 

Depois que o óleo estiver um tempinho aquecendo, mergulhe a colher na panela. Pode usar tanto a parte da colher quanto a do cabo, funciona da mesma forma.

Importante: use uma colher de pau limpa e bem sequinha para evitar acidentes.

 

Observar se surgem bolhinhas da colher de pau ou do cabo. Se isso acontecer, quer dizer que o óleo está quente o suficiente e pronto pra fritar aquele pastel delícia! 

 

Não tem colher de pau em casa? Conheça outros métodos

Caso você não tenha colher de pau em casa (ou palito de fósforo), os seguidores do Almanaque SOS nos deram algumas dicas extras que podem te ajudar:

“Eu tiro uma pontinha da massa e coloco no óleo… se ela afundar, ainda está frio… se ela boiar, está quente o suficiente pra fritar 👌🏼 “, ensina a seguidora Fran Águida no Instagram.

“Pode colocar um palitinho de dente também. É a mesma coisa”, recomenda Ligi Andrés.

no Facebook o seguidor Vitor Gimenes também deu uma dica interessante:

A dica do sal funciona (da mesma forma). Tanto pra ver se tá quente quanto pra não espirrar óleo, é só jogar uma pitada de sal e pronto.

 

Colher de pau é a vilã da cozinha?

Calma, nem tanto assim.

O problema é que a colher de pau deixou de ser usada em restaurantes pela sua facilidade de acumular micro-organismos que podem ser passados pros alimentos. Porém com uma boa manutenção e higiene ela pode continuar sendo sua parceira infalível na cozinha. Por isso separamos algumas dicas de segurança pra manter qualquer bactéria longe da sua comida:

  • Sempre limpa: lave bem a sua colher com água morna e sabão sempre depois que usá-la. Em seguida enxugue ela o máximo que conseguir e deixe secar naturalmente;
  • Removendo manchas e farpas: com o tempo a sua colher pode ficar manchada ou com algumas falhas, como farpas na madeira que podem contaminar a comida. Pra evitar que isso seja um problema é só lixar ela com uma lixinha própria de madeira que dá pra comprar baratinho em qualquer armazém. Em seguida é só lavar e secar;
  • Tirando o mau cheiro: quando não lavada corretamente, ou quando usada pra preparar um alimento com cheiro forte, esse cheiro pode fixar na colher. Caso isso aconteça é só deixar a colher de molho em uma solução de 1 colher (sopa) água sanitária e 2 xícaras (chá) água quente por 20 minutinhos. Depois é só lavar e secar normalmente;
  • Higienizando: de tempos em tempos é importante que você, além de lavar corretamente, deixe ela de molho em uma solução de vinagre e água, na medida de 1 pra um, por 5 minutinhos. Isso serve pra garantir que as bactérias se acumulem na fibra da madeira. Enxaguar e secar em seguida;
  • Quando jogar fora: tudo tem um prazo de validade e isso não é diferente aqui. Se a sua colher de pau estiver com rachaduras ou falhas que não dê pra lavar bem, vai acumular bactérias. Por isso nesse caso o ideal é descartar o utensílio e comprar um novo.

 

Agora que está tudo pronto pra fazer a sua fritura sem medo, o Almanaque SOS preparou essa receita deliciosa de pastel com pão de forma. Bora testar?

Fonte(s): Tudo Gostoso, Receitas de Minuto, Casa Prática Qualitá, Veja Saúde
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui