• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

O que o carro NUNCA deve fazer ao subir uma ladeira com barro

Todos os truques para você não ficar ‘atoladinha’.

Dario C L Barbosa Publicado: 23/11/2017 12:33 | Atualizado: 27/11/2017 10:13

Tô ficando atoladinha” foi uma música que divertiu a galera no auge do funk, em meados de 2000. Mas na vida real a história é outra.

Ao dirigir na lama, o risco de ficar atolado não é lá muito divertido, principalmente em ladeiras. E aí que mora o perigo, principalmente para os iniciantes da modalidade “rally na no barro”, que normalmente cometem alguns erros chave e acabam se enfiando no atoleiro.

Se você não tem um 4×4 à disposição e tá a fim de passar as férias numa boa, bem longe do barro da estrada, tem umas dicas importante que precisa conhecer. Selecionamos as técnicas cruciais para sobreviver o morro cheio de lama, se liga!

 

1. NUNCA use a primeira marcha

Para evitar patinar na lama, devemos evitar que a roda fique girando em falso, certo? Por isso a dica é evitar a potência dela. Então, pelo o que lembramos da escola, a potência é igual a velocidade vezes a força (P=V.F). É justamente o caso da primeira marcha, a mais potente.

Ou seja, muita velocidade e força fará traz mais movimento à roda, girando com mais potência. E piora se quiser arrancar, aumentando o torque, aí a probabilidade de patinar é certeira.

Em ladeiras, o ideal é utilizar a segunda ou terceira marcha. Quanto mais baixa a marcha, menos potência você estará aplicando, portanto menor o risco de patinar.

 

2. Devagar e sempre

Não acelere muito. Se a roda girar muito rápido, além de fazer com que a lama se prenda em toda região dos pneus, pode causar sulcos profundos na estrada, fazendo o veículo derrapar ou atolar. Também não deixe cair a rotação, mantenha a velocidade, para não precisar trocar a marcha no meio da subida.

De qualquer forma a dica nesses caso é sempre dirigir com calma, pois se caso algo sair errado você ainda tem tempo para procurar uma alternativa.

 

3. Seja Truqueiro

Antes de subir a ladeira em um dia de chuva, coloque coisas pesadas no banco traseiro ou no porta malas do carro. Como as rodas com tração ficam nessa região, o peso aumenta o atrito e pode evitar uma derrapada.

Além disso, também é indicado dar uma murchada nos pneus, pois a superfície de contato com o solo aumenta e as chances de derrapar caem. Só não esqueça de encher novamente o pneu depois da aventura.

 

4. Suba Reto

De acordo com o vídeo publicado no canal do Youtube da Márcia Pontes, especialista em Amaxofobia (fobia de dirigir), para o carro não derrapar, deve-se começar a subi com as rodas retas, alinhadas.

Fazer manobras enquanto sobe aumentam as chances do carro deslizar e podem até fazer com que o carro capote, caso ele deslize e você faça movimentos com o volante. Uma sugestão é imaginar uma linha reta antes de subir e nada de fazer “zig-zag”.

 

5. Procure áreas altas (evite os sulcos)

Antes de começar a subida, analise a estrada e tente identificar qual parte dela possui mais áreas altas, sem muitos buracos ou sulcos e trace essa linha imaginária sugerida no item acima.

Nessas áreas mais elevadas, a água costuma não se acumular e fica mais fácil para o veículo subir sem patinar. E novamente, nada de ficar fazendo “zig-zag”.

 

6. Atolei e agora?

Não teve jeito, seu carrinho ficou preso no meio da lama. Mais uma vez, não se desespere. De cabeça quente é bem mais difícil encontrarmos solução.

Desça do carro e procure em torno do veículo algo que possa ser usado para te ajudar a sair dessa. Pedaços de madeiras, troncos e pedregulhos podem ser usados próximos aos pneus atolados (os traseiros) para aumentarem o atrito e assim, conseguir com que as rodas tenham o arranque para sair do buraco.

Essas tentativas de desatolar devem ser feitas sem muita aceleração, talvez seja interessante você inclusive alternar e engatar a ré para tentar escapar do sulco que fez o veículo atolar. Se nada funcionar, o jeito é usar o celular e pedir ajuda.

 

7. Fim dos problemas

Se você costuma pegar sempre estardas desse tipo, talvez o ideal para seu caso seja mesmo um carro com tração nas quatro rodas.

Mas como um carrão desses pode estar longe do seu orçamento, talvez apenas com a mudança dos pneus você já consiga um bom resultado. Peça para um especialista te ajudar na escolha de pneus que apresentem maior tração, isso já poderá resolver o seu problema.

 

8. E para descer no barro?

Aqui sim, o recomendado é usar a primeira marcha. Desça devagar de forma controlada alternando o freio com acelerador, sempre buscando os locais secos da via.

Também é muito importante não freiar bruscamente, use-o sempre de forma delicada, quase como quem “pisa em ovos”. Qualquer movimento brusco no pedal fará com que os pneus travem e como faltará atrito devida a lama, o carro irá deslizar. Ponto morto e freio de mão é proibido nesse caso.

Caso o carro deslize, mantenha a calma e não vire bruscamente o volante, isso poderá fazer seu veículo tombar. Suavemente, vá posicionando os pneus, tentando manter o carro na posição correta da estrada.

Fonte(s): Ituran, Márcia Pontes Superação do Medo em Dirigir - Youtube, 4x4 Brasil, Wikihow
Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão pela internet em 2012. Vegetariano, meditante e ecossocialista na luta por consciência e equidade. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui