• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

O Cabelo feminino de 2016 – O Poder Afro!

Chega de chapinha! Celebre a sua beleza dos pés à cabeça, ou melhor, dos pés aos cabelos.

Chega de chapinha! A palavra do ano é E-M-P-O-D-E-R-A-M-E-N-T-O, um movimento que quebra com todos os esteriótipos e celebra a mulher como ela é, dos pés à cabeça, ou melhor, dos pés aos cabelos.

E o que isso significa?

livre_sososlteiros

– Eu estou completamente livre

Significa assumir as raízes, literalmente!

Remar contra a ditadura do fio liso não é novidade, mas a batalha ganha fôlego e mais adeptas a cada ano. Tanto no Brasil quanto na gringa, muitas celebridades já deram seu grito de liberdade capilar e arrasam com os cachos afro há tempos.

O mundo (finalmente) aderindo!

Sheron Menezes, Taís Araújo, Mel B, Janet Jackson, Beyoncé e a irmã, Solange, Rihanna, Willow Smith, são apenas alguns exemplos de guerreiras cacheadas. Cada uma com sua textura, cada uma com sua beleza.

Há também uma enxurrada de it girls botando os cachos pra jogo. No Instagram, por exemplo, é possível encontrar centenas de perfis inspiracionais. No Pinterest, vários boards são dedicados a dicas e truques para cuidar dos cabelos afro e, no Facebook, sobram grupos de ajuda para quem já arrasa nos cachos, quem ainda está chegando lá e até para quem ainda não tomou coragem.

Um dos fatores que unem as hoje cacheadas é o histórico de preconceito. Muitas delas partilham do mesmo passado: seus cabelos eram alisados para atenuar as marcas raciais e, assim, atenuar o racismo.

A decisão do grande corte

Foi o que aconteceu com a cabeleireira Paula Breder. Refém de alisantes e relaxantes por mais de meia década, a maranhense deu seu grito de liberdade há 4 anos, quando finalmente decidiu assumir os cachos.

A ansiedade era tanta que ela nem esperou o cabelo crescer: com apenas dois meses sem química, fez o “big chop”, ou o “grande corte”, que é o ato de cortar os cabelos bem curtinhos para se livrar de alguma química forte, deixando somente o cabelo natural e sem ter que se preocupar com a raiz com textura diferente do comprimento.

O resultado?

paulabredes_sossolteiros

– A cabeleireira Paula Breder antes e depois da transição – Arquivo pessoal

A transição é lenta, minha amiga, MUITO lenta

Esse é o primeiro passo para conseguir o cacho dos sonhos, e o mais difícil também, segundo as cacheadas. Para recuperar os cachos, é preciso deixar de aplicar produtos químicos para que o cabelo natural volte a crescer, ou seja, nada de alisamentos, escovas definitivas ou relaxamentos.

“A mídia pensa que a gente faz isso por modinha, mas não é verdade. Uma transição demora de 9 meses a 1 ano, às vezes mais, e a autoestima fica muito baixa durante esse período. A gente não sabe mais como nosso cabelo é. Passamos por essa turbulência para resgatar nossa identidade, para olharmos no espelho e nos reconhecer como negras, mulatas e termos orgulho”, explica Breder.

Para a carioca Thayná Trindade, 27 anos, o momento da transição foi tão decisivo que teve data marcada: dia 31 de dezembro de 2008.

Após passar a adolescência relaxando os cabelos, a estudante também decidiu pelo “big chop”, e cortou as longas madeixas para que crescessem de forma natural. Hoje, Thayná não tem medo de inovar.

“Depois do big chop, fiquei sem cortar os cabelos até 2014, e eles cresceram muito. Já usei tranças de todas as cores e materiais, já usei dreads, nagô, e agora estou com um alongamento de cabelo crespo, com uma técnica que não agride os fios”, revela.

thayna_sossolteiros

– Thayná durante a transição – Arquivo pessoal

1012596_1648315038753761_2483796834795010302_n

– Thayná atualmente, com a extensão de fios crespos – Arquivo pessoal

Cachos naturais ou permanente afro?

Para Breder, o ideal seria manter os cabelos naturais, e encontrar a melhor forma de mantê-los hidratados e saudáveis.

“Quem cacheia os cabelos artificialmente sofre do mesmo problema de quem alisa: a dependência da química. Todo cabelo tem definição, basta encontrar a forma certa de tratá-lo”, ensina Breder, que tem sua própria linha de produtos naturais para cuidar dos cachos.

E para você, que curtiu as dicas, mas ainda não sabe se larga o formol, inspire-se nos looks que separamos e se enrosque nos cachos, sua linda!

***

Tais-araujo_sossolteiros

alessandrafaria

curly4_sossolteiros

pinterest

corte_sossolteiros

fernandacaroline

tia-mowry

talkingtexture

Celebrity-curly-afro-hairstyles_sossolteiros

thehairstylesites

curly2_sossolteiros

writingwithcolor

539054-dicas-de-cortes-para-cabelo-afro-2_sossolteiros

mundodastribos

curly8_sossolteiros

curlyhairbeautiful

crespo_sossolteiros

fernandacaroline

black_sossolteiros

pinterest

beyonce_sossolteiros

rebloggy

curly-hairstyles-for-women-permed-hairstyles__sossolteiros

laddiez

ameixa_sossolteiros

ameixajaponesa

corte-medio-cabelo-famosas-sheron-menezes_sossolteiros

omundodapenelope

hair2_sossolteiros

blackhairinformation

cacheado_sossolteiros

pinterest

curly7_sossolteiros

curlyhairbeautiful

color_sossolteiros

writingwithcolor

melb_sossolteiros

maryjane

cacho_sossolteiros

cattygal

curlyfro_sossolteiros

blackgirllonghair

hair_sossolteiros

shorthaircutsforblackwomen

afro_sossolteiros

latesthair

afro-natural-curly-hair_sossolteiros

curlyhairstylesx

curly10_sossolteiros

curlyhairbeautiful

curly_sossolteiros

curlyhairbeauties

curlylong_sossolteiros

bombshellsonly

curly3_sossolteiros

curlyessence

natural_sossolteiros

naturalhaireverything

curly5_sossolteiros

curlyhairbeautiful

Solange-Curly-Fro_sossolteiros

vinuss

greyhair_sossolteiros

pinterest

blackhair_sossolteiros

shorthaircutsforwomen

curly9_sossolteiros

curlyhairbeautiful

Robbie Jacks
Sarcástica, dramática, intensa, carioca, professora, jornalista, escritora, Mestra em Literatura Norte-Americana. Ainda não descobriu por que estuda tanto. Só sabe que quer viver de palavras. E de atitudes. E de amor, muito amor. :D

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui