• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Namoro ou Diversão? #Comportamento

Muitas vezes nos sentimos pressionados a entrar em um relacionamento mais sério só pra agradar o(a) parceiro(a).

Enviado por Tato Herrera

 

NAMORO OU DIVERSAO

Sexo, Amor e Fidelidade. Tão iguais aos olhos de alguns mas 3 mundos diferentes para outros.

 

A questão “X” de hoje é a traição. Eu sinceramente não vejo sentido em trair uma pessoa a não ser por falta de amor. Acho que quando um amor é grande e verdadeiro, você não tem olhos para outras pessoas, muito menos dá ouvidos para aquele diabinho que parece estar sempre falando pra você cair em tentação, quando seu desejo sexual está á flor da pele.

O desejo sexual é algo incontrolável ás vezes. Não temos culpa por sentir isso, reconheço. Mas o problema não é o desejo em si, mas sim o que você faz quando tem esse desejo, principalmente em um relacionamento. Dizer a alguém que você o ama é fácil, mas porquê será que quando o assunto é fidelidade as pessoas acham tão difícil?! Pra começar, não deveria ser difícil para uma pessoa que diz amar a outra, ser fiel. Afinal se você ama, se você começa um namoro, é porque quer ficar somente com aquela pessoa, é porque essa pessoa te basta… ou pelos menos assim deveria ser nos relacionamentos.

Mas eu sinceramente acho que uma pessoa que começa uma relação já pensando em formas de “não traição” como por exemplo o “sexo virtual” ou mesmo aquele famoso “sexo sem compromisso”, não deveriam nem começar então, pois ao meu ver uma esse tipo de pessoa não está pronta para namorar. Está mais escrava de seus próprios desejos do que por seus sentimentos.

Mas aí temos uma guerra; Desejos x Sentimentos! Claro que o desejo por si só não é uma traição. É normal você ver uma pessoa bonita em um lugar e mesmo namorando acha-lá bonita, admira-lá. O problema vem quando você tenta separar desejo de amor e faz o “bendito” sexo virtual. As pessoas tem por padrão acharem que tudo que é virtual não é válido, mas cuidado; o sexo pode até ser virtual, mas houve vontade da sua parte, foi uma forma de traição, pois você não apenas sentiu desejo como praticou o ato. Vão me dizer que se a pessoa estivesse ali pessoalmente também, você não faria do mesmo jeito como fez virtual? claro que faria! Simplesmente porque a carne é fraca e ainda mais quando se tem a oportunidade.

Daí pensamos “mas ah, não foi traição se eu não sinto nada pela pessoa, a não ser desejo sexual”. Mas aí esquecemos que sexo faz parte do amor, faz parte de uma relação e justamente se uma pessoa começa um namoro é porque ela quer fazer sexo com essa pessoa que ela tanto ama e não com outras. Acho isso desculpa de quem não sabe levar uma relação a sério e que não sabe também controlar suas vontades e desejos. Se é pra ser assim eu acho que não deveriam começar um namoro, é muito mais simples. Muitas vezes algumas pessoas se sentem pressionadas a entrar em um relacionamento mais sério só pra agradar o parceiro, mas é sempre bom pensar duas vezes porque namoro não é brincadeira. Amor, sexo e fidelidade andam juntas sempre, e não é nenhum sacrifício ser fiel pra uma pessoa que realmente ama seu parceiro.

A partir do momento em que em uma relação a fidelidade é vista como uma “obrigação” algo que ela está fazendo obrigada, eu dou  a dica: é melhor não continuar! Pra isso tem a vida de solteiro. Pra isso temos as opções de escolha. Então, no meu ponto de vista, sexo virtual é traição sim! Não há o contato físico, mas eu jamais faria tal coisa, por mais desejo sexual que eu sentisse. Se eu quisesse transar eu iria fazer isso com a pessoa que eu amo, ao vivo e a cores e não via Internet, afinal, tem coisa melhor do que você saciar seu desejo com a pessoa que você gosta?!

Mas claro que isso é o meu ponto de vista, não vou generalizar nada aqui. Em uma relação EU jamais agiria assim, pois como eu disse; não é difícil ser fiel quando se ama de verdade. Afinal se você começa um namoro é porque de um certo modo você se sacia em todos os sentidos e desejos somente com aquela pessoa e é capaz de manter isso. Quando não é capaz de manter, acho que é onde entra a traição. Então reforçando que, o desejo em si não é a traição de fato, mas o modo como você vai saciar esses desejos, com quem, seja pessoalmente ou virtualmente, é o que faz toda a diferença e o que pode destruir uma relação para sempre.

Então fica a minha dica. Pensem duas vezes antes de iniciarem um namoro com alguém. É muito comum confundir carência com amor quando se está sózinho a muito tempo, só na “pegação” e depois de já ter começado um relacionamento ver que não era bem isso que você queria. Namoro é coisa séria! (ou pelo menos deveria ser).

 

Texto retirado do blog Na Boca da Web

 

– Mande sua dica, artigo, para minhacolunanosos@sossolteiro.com –

(o SOS não tem relação alguma com o conteúdo, pensamentos e provocações inteligentes sempre são bem vindos no nosso portal)

 

 




Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui