• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Sinta-se Bem

Mito ou verdade: “Alho alivia dores de dente”

A receita da vovó funciona ou é só uma lenda urbana? Veja o que os especialistas dizem.

Aline Kelmer Publicado: 22/09/2015 15:13 | Atualizado: 22/09/2015 15:23

Se fizéssemos uma lista com as piores dores da face da terra, a dor de dente estaria entre as primeiras, com certeza! Dá até vontade de arrancar tudo, para se tornar um banguela feliz.

banguelas_sososlteiros

celebuzz

No desespero vale as receitas caseiras da tia, da vó ou da amiga da sua mãe. Uma delas, a gente resolveu dar destaque: alho no dente. Pode pesquisar na internet, “alho alivia dor de dente” – vai tá lá!  E nem é de hoje que o temperinho dos deuses recebe status de alimento milagreiro.

No papiro de Ebbers, um tratado médico importante lá dos tempos a.C., havia mais de 20 receitas à base de alho indicadas para combater as mais diversas infecções e dores. “Médicos romanos também utilizaram o alho para tratamento de infecções. Mas foi Hipócrates, pai da medicina, o primeiro a demonstrar com detalhes o uso do alho”, confie na informação porque quem esclarece é a cirurgiã dentista, Dra. Elen Saboya.

Mas funciona?

A doutora disse que “a alicia, óleo volátil sulfuroso presente no alho, é ativa contra bactérias gram-negativas, causadoras de infecções urinárias e doenças periodontais (gengivas e tecidos de sustentação dos dentes)”.

Bawang-Putih-Untuk-Sakit-Gigi

samishare

Então passar o alho nas gengivas pode mesmo aliviar as dor de dente? “O consumo de alho na forma de temperos, chás, óleos e extratos pode ser muito eficaz na prevenção de doenças orais, mas seu uso tópico sobre lesões não tem comprovação científica”, garantiu Saboya.

As doenças mais comuns relacionadas à cavidade bucal são as bacterianas e inflamatórias. Por isso as pessoas logo trataram de relacionar as propriedades terapêuticas do alho com o alívio dos sintomas dessas doenças.

O que deve ser feito

A Dra. Nathália Moraes, também dentista, ressalta: “O melhor para manter a saúde bucal é ter uma boa higiene da boca, uma alimentação equilibrada e fazer consultas periódicas ao dentista”.

Para dores fortes e inesperadas, o ideal é procurar rapidamente um profissional, porém, “em alguns casos água gelada pode aliviar a dor de dente, mas cuidado, sensibilidade a água pode acentuar a sintomatologia. Podemos citar também bochecho de água morna e sal que ajuda a drenar, acalmar o tecido inflamado e reduzir a dor”, recomenda Moraes.

Então, como não dá para saber qual o motivo da dor agonizante, é melhor evitar esfregar alho no dente ou na gengiva. Procure um dentista. Alho faz bem, mas não faz milagre.

 

Aline Kelmer
Jornalista, não pós-graduada, nem especializada, mas apaixonada pelo ser humano. ‘Solitária, dedica seu tempo a identificar e refletir sobre as peculiaridades dos colegas desconhecidos’.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui