• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Como harmonizar várias Cervejas com todos os tipos de Queijo

O queijo perfeito para a bebida perfeita.

No dia da cerveja (04 de agosto), nada melhor do que sentar o traseiro gordo numa cadeira e degustar uma tábua de queijos acompanhada de uma cervejinha gelada.

Para esse momento de prazer alcançar o seu ápice, os mestres cervejeiros da Ambev nos deram algumas dicas especiais para harmonizar a cerveja com vários tipos de queijo. Para as sugestões eles levaram em conta as características de cada tipo de cerveja assim como a textura, complexabilidade de sabores aromas e a maturação dos queijos.

Para começar vamos ter em mente uma regra básica: cervejas leves e refrescantes pedem queijos leves. Queijos fortes ficam bem acompanhados com cervejas encorpadas e amargas.

Veja abaixo como fazer a combinação “Queijo & Breja” perfeita!

 

1. Queijos frescos: minas frescal, ricota, mussarela de búfala

Como manda a regrinha básica mencionada acima, a leveza, a umidade e a sutileza dos sabores desses queijos pedem cervejas leves, dos tipos Pilsen e Lager.

Sugestões dos Mestres: Original, Serramalte, Bohemia, Bohemia Aura, Brahma, Brahma Extra Lager, Stella Artois, Antarctica, Beck’s, Budweiser, Corona, Norteña, Quilmes, Skol e X Wäls.

 

2. Queijos leves e ácidos: cream cheese, queijo de cabra e mascarpone

A acidez e o sal presentes nesses queijos harmonizam com cervejas também ácidas e levemente adocicadas, de estilos como Weissbier, Witbier e Saison, garantem os especialistas da Ambev.

Sugestões dos Mestres: Hoegaarden, Patagônia Weisse, Franziskaner, Colorado Appia, Wäls Witte (Witbier).

 

3. Queijos com mofo branco: brie e camembert

Esses queijinhos geralmente são consumidos com geleias de frutas e, segundo os mestres, eles podem combinar com cervejas de boa acidez ou então as que levam frutas em sua receita.

Sugestões dos Mestres: Hoegaarden, Patagônia Weisse, Colorado Appia, Bohemia Bela Rosa, Wäls Witte, Leffe Ruby (Fruit Beer – cerveja com fruta), Wäls Session, Weissbier, Witbier e Saison.

 

4. Queijos com mofo azul: gorgonzola, roquefort e stilton

Quem resiste a um gorgonzola? E com cerveja então, nem se fala! De acordo com os especialistas, a gordura, o excesso de sal, a ardência e a intensidade do sabor desses queijos exigem cervejas com boa estrutura e amargor, para que as papilas gustativas sejam limpas. São exemplos os tipos Belgian Strong Ale, Porter, Stout, Tripel e Barley wine.

Sugestões dos Mestres: Caracu, Colorado Íthaca (Stout), Leffe Radieuse, Hertog Jan Grand Prestige (Belgian Strong Ale), Wäls Trippel e Wäls Alambique County.

 

5. Queijos meia-cura ou semimaturados: cheddar, coalho, colonial, emmental, gouda, gruyère, minas meia-cura

Os mestres cervejeiros da Ambev revelam que devido ao pouco tempo de maturação, a casca e o miolo desses queijos são levemente elásticas ao toque. Eles têm sabor mais pronunciado, um pouco adocicado e um maior teor de gordura.

Por esse motivo, os especialistas recomendam cervejas mais maltadas, alcoólicas e um pouco adocicadas, como as dos tipos Bock, Pale Ale, Blond Ale, Brown Ale e Dunkel.

Sugestões dos Mestres: Bohemia 838, Goose Island Sofie, Bohemia Caá-Yari, Leffe Blonde, Colorado Berthô e Franziskaner Dunkel.

 

6. Queijos maturados ou duros: parmesão, pecorino, grana padano

Devido a longa maturação, esses queijos são secos e até um pouco picantes, além de serem salgados e bem gordurosos.

Sendo assim, a combinação perfeita se dá com uma cervejinha mais encorpada, com alto teor alcoólico. Segundo os mestres, as IPAS, lupuladas e amargas, podem oferecer boa harmonização por terem a capacidade de limpar a gordura do queijo.

Cervejas adocicadas, como Belgian Strong Ale e Tripel, propiciam uma combinação por contraste, já as Stout e Porter combinam o tostado com o sal dos queijos, revelam os especialistas.

Sugestões dos Mestres: Bohemia Jabutipa, Colorado Indica, Colorado Vixnu, Goose IPA, Wäls Hopcorn IPA (India Pale Ale), (Belgian Strong Ale), Wäls Trippel, Wäls Alambique County, Hertog Jan Trippel (Tripel), Caracu, Colorado Íthaca (Stout), Colorado Demoiselle (Porter) e Leffe Rituel 9º.

 

7. Queijos defumados: provolone

Nem só em cima da macarronada vive o parmesão! A defumação, característica principal do aromas e do paladar desse queijo pede uma breja com toque defumado, como as dos tipos Rauchbier, Porter e Stout, aconselham os especialistas.

Sugestões dos Mestres: Caracu, Colorado Íthaca (Stout), Colorado Demoiselle (Porter), Wäls Cuvée Carneiro, Wäls Petroleum, Barrel Aged e Wäls Quadruppel.

Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui