• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Fonte da juventude: Estudo comprova que meditar rejuvenesce o cérebro em 7 anos

Além de reconstruir a matéria cinzenta e criar genes antienvelhecimento.

Há algum tempo publicamos sobre as técnicas de meditação e o quão benéfica elas podem ser para a nossa vida. Apesar de nem todos levarem à sério, a ciência deu o braço a torcer comprovando diversos desses benefícios.

Pesquisas confirmaram que meditar pode mudar a estrutura do cérebro, conforme publicamos, mas agora descobriram que a prática também funciona como uma fonte da juventude, e pode deixá-lo até 7,5 anos mais jovem!

Meditando em 3… 2… 1…

Este estudo, desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, constatou que a meditação, além de trazer resultados positivos em problemas gastrointestinais e melhorar todos os distúrbios relacionados ao estresse, ainda é capaz de reconstruir a matéria cinzenta do cérebro, criando genes antienvelhecimento que melhoram a saúde celular de todo o órgão.

“É fascinante ver a plasticidade do cérebro e que, praticando a meditação, podemos desempenhar um papel ativo na mudança do orgão, podendo aumentar nosso bem-estar e qualidade de vida”, revela Britta Hölzel, uma das autoras do estudo, em um comunicado à imprensa feito pelo Massachusetts General Hospital, em Boston, nos Estados Unidos.

Esses resultados surgiram após os pesquisadores compararem cérebros de pessoas que meditam com cérebros de quem não medita. Surpreendentemente, após apenas 8 semanas, as diferenças já podiam ser notadas.

Segundo os pesquisadores, o fato da meditação conseguir reconstruir fisicamente uma região do cérebro que já estava em degradação funciona como uma prova de que todos os sintomas benéficos que acompanham a prática não estão associados apenas ao relaxamento, ao lado emocional e mental que envolve a técnica.

“Embora a prática da meditação esteja associada a uma sensação de tranquilidade e relaxamento físico, os profissionais têm afirmado que a meditação também fornece benefícios cognitivos e psicológicos que persistem ao longo do dia. Este estudo demonstra que as mudanças na estrutura do cérebro podem estar subjacentes a algumas dessas melhorias relatadas e que as pessoas não estão apenas se sentindo melhor porque estão passando tempo relaxando” – diz Sara Lazar, outra autora do estudo.

Cérebro mais jovem

Indo no mesmo sentido, este estudo, desenvolvido pelo Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina da UCLA, comparou imagens de ressonância magnética de pessoas acima dos 50 anos, que meditavam e que não meditavam.

Descobriu-se então que os cinquentões que praticavam há alguns anos a meditação sofreram menos danos devido ao envelhecimento do cérebro pois tinham mais tecido em determinadas regiões cerebrais quando comparados aos que não meditavam.

Esse fato, de acordo com os cientistas, mostra que meditar funciona como uma proteção ao cérebro dos problemas que o envelhecimento do órgão pode causar. De acordo com as pesquisas, as pessoas que meditavam a longo prazo apresentaram um cérebro cerca de 7,5 anos mais jovem que os demais.

A explicação para tal fato, segundo os envolvidos no estudo, é de que a meditação pode estimular o crescimento das estruturas neurais e promover maior conectividade e eficiência nas redes neurais.

Além disso, notou-se que meditar “protege” o cérebro e o sistema nervoso contra os efeitos do estresse crônico, que podem reduzir a resposta pró-inflamatória, estimular a atividade cerebral e inibir as mudanças no orgão relacionadas à idade.

Ou seja, o que antes era visto apenas como uma alternativa, uma forma de equilibrar as energias e a respiração, está cada vez mais claro que a prática causa mudanças físicas ao corpo e a mente, podendo ser uma forte aliada no cuidado e prevenção da nossa saúde.

E lembre-se, meditar não precisar ser algo chato e extremamente difícil. Existem algumas técnicas e alguns jeitinhos diferentes que podem facilitar muito a prática. A ciência já assumiu que meditar pode mudar sua saúde e consecutivamente sua vida, agora só falta você dar o braço a torcer.

Para saber mais sobre o tema e conhecer algumas técnicas de meditação, clique aqui.

Fonte(s): Collective Evolution
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui