Dicas

Aposte em lixo de papel ao invés de sacolas plásticas (veja como fazer)

09 de março de 2020
Postado por Monique Duarte

O plástico descartado de forma irregular gera muitos danos ambientais na natureza e também nas zonas urbanas. Afinal, o lixo plástico pode causar entupimentos de valas e bueiros. Em épocas com o grande nível de chuva, pode causar enchentes em áreas periféricas, onde a coleta de lixo e recicláveis é praticamente renegada.

O consumo desenfreado de plástico e descarte irracional também afeta diretamente o ecossistema e a vida marítima. Uma pesquisa realizada pelo Fórum Econômico Mundial, mostra que cerca de oito milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos todos os anos. Consequentemente vidas de animas são comprometidas por esse material, gerando desequilíbrio ecológico na região afetada.

De acordo com a ONU, se não houver conscientização, até 2050 possivelmente nossos oceanos irão conter mais plástico do que peixes.

Com isso, as cerca de 1,5 milhões de sacolas plásticas distribuídas por hora no Brasil, entraram na mira de órgãos ambientais e foram restritas em algumas cidades do país. São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, são metrópoles que possuem lei restringindo sua distribuição em supermercados.

A medida pode até diminuir o consumo de sacos plásticos, mas há também um outro problema: como descartar o lixo caseiro sem usar a sacolinha do mercado?

O saco de papel pode ser uma opção viável, mesmo necessitando de árvores para produzir o material, podemos reciclar o papel já consumido de forma inteligente. O jornal, por exemplo, pode virar um saco de lixo.

O técnico em Agrícola e Eletrônica, Edson Urbano, já utiliza este método de produzir seu próprio saco de lixo com jornal há duas décadas. Edson é criador do projeto “Sempre Sustentável”, que desenvolve diversos trabalhos de reciclagem e reutilização de energias renováveis para conscientizar a qualidade de vida e ecológica dentro do lar.

Antenado no assunto, o técnico em agrícola acha a opção muito útil, mas acredita que viveremos escassez desse tipo de material:

“Uso esses sacos já por uns vinte anos. São vinte anos sem jogar sacos de plástico junto com o lixo do banheiro. No momento está ficando mais complicado porque está acabando o jornal impresso”, alerta.

Uma alternativa ao jornal é apostar no papel tipo kraft (mais resistente, mais caro e vendido por metro). Já que é uma forma de reduzir o plástico no meio ambiente, vamos ao passo a passo para fazer seu próprio saco de lixo sustentável!

 

Passo a Passo

Você vai precisar de:

  • Jornal velho (ou papel kraft)

Como Fazer – 1º Método

Você precisa forrar seis folhas de jornais uma sobre a outra com um espaço entre elas.

Se ficou confuso, veja o vídeo na íntegra ao final desse tutorial em GIFs, ou clique aqui.

Giphy, https://media1.giphy.com/media/USgwanVgHaZVwJJ3On/giphy.gif?cid=4d1e4f295c32c73892e07127e3b5814ab111ad6d5d6b8481&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Dobre a parte inferior para cima (cerca de 5 cm), e vire o outro lado das folhas.

Lembrando que o tutorial em vídeo você encontra ao final desse tutorial.

Giphy, https://media0.giphy.com/media/JPlZbiwidMQHoUEmyi/giphy.gif?cid=4d1e4f295c32c73892e07127e3b5814ab111ad6d5d6b8481&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Dobre as duas laterais para dentro.

Giphy, https://media0.giphy.com/media/hQixk6u3Pg1BNf2HGS/giphy.gif?cid=4d1e4f29879f52bbd9993aa0aede80cd1d14d823145423c1&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Encaixe uma parte dentro da outra.

Giphy, https://media3.giphy.com/media/KFcENIQWmybkErmfSR/giphy.gif?cid=4d1e4f29879f52bbd9993aa0aede80cd1d14d823145423c1&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Dobre o jornal ao meio e coloque a ponta dentro da dobradura superior.

Giphy, https://media1.giphy.com/media/fqc6PljuO2BYL8otFg/giphy.gif?cid=4d1e4f29879f52bbd9993aa0aede80cd1d14d823145423c1&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

O jornal ficará parecido com um envelope, assim você poderá levar na bolsa e ainda fechar.

 

Como Fazer – 2º Método

Forre quatro folhas de jornais uma sobre a outra.

Caso tenha dúvidas, veja o tutorial em vídeo ao final desse artigo.

Giphy, https://media1.giphy.com/media/KziQFeg610zDATX8lj/giphy.gif?cid=4d1e4f29879f52bbd9993aa0aede80cd1d14d823145423c1&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Dobre em formato de triângulo.

Giphy, https://media1.giphy.com/media/Td9Nv7dMHjSLXyQ9Yl/giphy.gif?cid=4d1e4f29879f52bbd9993aa0aede80cd1d14d823145423c1&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Una as pontas em formato de losango.

Giphy, https://media3.giphy.com/media/mCP87Js4eCMvJyZp24/giphy.gif?cid=4d1e4f29ef44974f6cf324ab0650245f458cb94a88c41f25&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Coloque a parte superior dentro das dobraduras.

Giphy, https://media1.giphy.com/media/H1TKMKT50v1BxnkAiI/giphy.gif?cid=4d1e4f29ef44974f6cf324ab0650245f458cb94a88c41f25&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Este formato é ideal para deixar em baldinhos de lixo.

Giphy, https://media0.giphy.com/media/WQNQyqXUt3Ks5PByKA/giphy.gif?cid=4d1e4f29fc3b9739ce0fda994e6aae463d45ba352aa9539c&rid=giphy.gif

SEM LEGENDA

Para descartar, é ideal que você amarre as pontas com barbante ou fitas para não espalhar o lixo.

 

Caso tenha ficado dúvidas, veja o vídeo na íntegra, publicado pelo canal Ecoblog Nonoa (em espanhol):

A Soma de Todos os Afetos, Seleções, Un Environment, Ministério do Meio Ambiente

MATÉRIAS RELACIONADAS