• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

Lincoln (Vale 8) #PraAssistir

O 16º presidente trava uma batalha ferrada em Washington para acabar com a escravidão no país.

SOS Solteiros Publicado: 22/02/2013 14:40 | Atualizado: 09/06/2013 16:24

 

praassistir_lincoln1

 

Finalmente chegamos ao fim-de-semana do Oscar 2013 e neste domingo (24 de fevereiro) saberemos os filmes que conquistarão a estatueta dourada. E por este motivo mesmo eu deixei para falar por último do filme Lincoln, o maior concorrente do Oscar neste ano com 12 indicações.

 

praassistir_lincoln2

 

Baseado no livro “Team of Rivals: The Genius of Abraham Lincoln”, de Doris Kearns Goodwin (confira aqui outros livros que originaram os filmes do Oscar deste ano), o filme conta a trajetória do 16º presidente dos EUA, Abrahan Lincoln durante a Guerra Civil norte-americana. Num cenário de muitos conflitos, o presidente trava uma batalha ferrada em Washington para acabar com a escravidão no país.

 

praassistir_lincoln3

 

O filme tem as características de um filmaço para ver no cinema. Tecnicamente (cenário, figurino, som, iluminação, etc) ele é ótimo. As atuações também são de impressionar: Daniel Day-Lewis deverá receber o Oscar de melhor ator como protagonista do filme e Tommy Lee Jones e Sally Field nas categorias coadjuvantes de atuação também mandar muito bem (mas não devem levar prêmios).

 

praassistir_lincoln4

 

Para mim, o grande problema é o mesmo encontrado nos filmes Argo  e A Hora Mais Escura: o excesso de valorização do orgulho americano, aquilo que eu digo de “um filme para americano ver”. O presidente Lincoln é uma figura extremamente carismática e imponente, que rouba qualquer cena que aparece. Mas o excesso de patriotismo cansa um pouco.

 

Aliás, o Oscar deste ano está tão “aula de história dos EUA” com Argo, A Hora Mais Escura e Lincoln que acho que o Oscar nunca antes foi tão “patriotismo americano”! Sabe aquela música mega alta que geralmente aparece quando a bandeira dos EUA é erguida e tal? É mais ou menos isso que digo!

 

praassistir_lincoln5

 

Lógico, não tira o brilho do filme. A troca de diálogos rápidos e as histórias contadas por Lincoln são sensacionais, ainda mais em um tema tão polêmico como a escravidão. Mas, eu ainda prefiro mil vezes a escravidão retratada por Tarantino em Django (leia a resenha aqui) do que a de Spielberg. (filmes do Spielberg sempre tem um tom norte-americano que se arrasta…).

 

Ah, sim, prepare-se: são 2 horas e meia de filme, e o filme é bem paradão, então não assista com sono!

 

Veja o trailer e bom Oscar para todos!

 

 

Acompanhômetro

Assista com a gata ou com amigos, não é filme para ver sozinho.

Humormetro

É um filme com humor flertando com a comédia até, porque Lincoln é super bem humorado. Mas nada que você vá gargalhar. Tem mais drama que comédia.

Vale a pipoca?

Talvez um sorvete de chocolate seria melhor!

Prêmios

Globo de Ouro 2013: Melhor ator em drama (Daniel Day-Lewis)

Bafta 2013: Melhor ator (Daniel Day-Lewis)

Oscar 2013: concorre a 11 estatuetas: melhor filme, diretor, ator (Daniel Day-Lewis), ator coadjuvante (Tommy Lee Jones (“Lincoln”), atriz coadjuvante (Sally Field), fotografia, edição, trilha sonora, mixagem de som, figurino e design de produção.

Trilha sonora

Muito boa, te envolve na história (tirando as músicas quando rola excesso de patriotismo, como sempre reclamarei!).

Nota

8,0

 

 

Paulo Basile – @paulinhobasile – Jornalista, quase publicitário, especialista em mídias digitais e geek de carteirinha. Conectado 24 horas por dia, passo mais tempo na web que com minha família. De olho em todas as novidades que rolam na rede, nesta coluna você vai receber dicas geniais de como facilitar sua vida com a ajuda da tecnologia, seja ela em seu smartphone, notebook, tablet ou no pager (dá para ser nostálgico e tecnológico ao mesmo tempo!)

 

 

A coluna acima não representa a opinião do SOS Solteiro. O portal é aberto para todo tipo de pontos de vista

 

 




SOS Solteiros
Publicações de Arquivo.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui