• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Você já limpou o arejador da torneira? Sério, faça isso.

A pecinha se encontra na maioria das torneiras tradicionais e ninguém lembra dela.

Bruno Oliveira Publicado: 28/09/2022 09:24 | Atualizado: 28/09/2022 14:37

Quando foi a última vez que você lavou o arejador da sua torneira? Se você nem sabe do que estamos falando, saiba que pode ter uma colônia gigantesca de micro-organismos morando na sua casa sem pagar aluguel. Mas calma que a gente explica.

O arejador é uma pecinha que fica na saída de água da maioria dos modelos tradicionais de torneira e que precisa ser higienizada, pelo menos, a cada seis meses – e trocada anualmente.

Neste artigo vamos te dizer o que fazer para mandar esses micro-organismos pelo ralo. Vamos que vamos!

 

Como lavar o arejador de torneira

Antes de mais nada, saiba que caso a sua torneira não tenha uma pecinha removível na saída de água, isso significa que ela não tem um arejador. Nesse caso, você pode usar a sua torneira por cerca de 15 a 20 anos antes de precisar trocar, segundo especialistas. Daremos detalhes mais à frente neste artigo.

Passo a Passo

Para higienizar o arejador o processo é bem simples e o primeiro deles é remover a peça das torneiras da casa. Na maioria das torneiras tudo que você precisa fazer para tirar essa peça é desenroscar. Facim facim!

 

Por fim, faça uma mistura ácida com partes iguais de vinagre e água, mergulhe as pecinhas nela e deixe de molho por pelo menos 30 minutos; tempo suficiente para eliminar os bichinhos que poderiam contaminar a nossa água. Xô, sai!

 

O que você precisa saber sobre o arejador nas torneiras

1. Para quê serve

Via de regra o equipamento serve para te ajudar a economizar água por meio do processo de adição de ar no jato. Ou seja, o aparelho cria uma dinâmica com o fluxo da água de maneira que quanto mais forte, mais suave e direcionado fica; devido ao seu mecanismo interno que permite que tudo isso aconteça por pura física!

Além disso, alguns arejadores também facilitam que você direcione o jato e tenha mais praticidade ao usar sua torneira.

2. Por que trocar?

Talvez você não saiba, mas as torneiras de nossa casa são abrigo para dezenas de milhares de germes que podem ou não ser danosos para nossa saúde, segundo estudos.

Por esse motivo, especialistas recomendam que mesmo os modelos de torneira que não tem o equipamento instalado precisam ser higienizados a cada 6 meses. Caso você não consiga remover toda a peça para deixar de molho, uma boa esfregada com uma esponja e detergente neutro deve resolver. Lembrando de trocá-la a cada 15 anos.

3. Evite usar produtos abrasivos

Apesar do efeito desinfetante, produtos muito abrasivos como a água sanitária e o cloro também são compostos químicos muito danosos para alguns materiais. Em outras palavras, deixar a sua torneira (ou peças dela) de molho nesse tipo de solução pode danificar e/ou manchar o equipamento.

 

O que a galera achou dessa dica

Confira a seguir os comentários sobre como os nossos seguidores lidam com o assunto:

“Dura mais de um ano, só precisa trocar a borrachinha que custa centavos. Mas limpar [a torneira] é uma vez por mês com limpa piso + sabão em pasta + escovinha. Quando fica tempo demais sem limpar pode dar problema na torneira e o conserto é o preço de uma nova (eu sei porque sou eu quem conserta🤣).”, comenta Kaio Cezar em nosso Instagram.

“Nossa, eu não sabia que tinha que trocar, mas sempre lavei tanto a da cozinha quanto a do banheiro.”, disse Fabiola Santos em nosso canal no Youtube.

“Imagina a situação dos canos por onde vem a água.”, observa Priscilla Gonçalves em nossa página no Facebook.

“Você sabia? Não sabia? Nem eu também, agora nós estamos sabendo!🤠”, brinca Oliveira em nosso TikTok.

E se além disso você também não sabe que torneira enferrujada pode ser um problema, confira o nosso artigo te ensinando a fazer um gel caseiro que tira ferrugem de superfícies difíceis.

Fonte(s): ScienceDirect, MICRO AMBIENTAL, BJWSA, Jusbrasil, lumi energy
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui