• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Vai, planeta!

Irrigação por gotejamento: técnica com Garrafa PET salva a sua horta

Funciona, mas é preciso regar ‘manualmente’ a planta antes de usar a técnica.

Euriann Yamamoto Publicado: 16/08/2021 12:38 | Atualizado: 16/08/2021 12:53

Com o corre-corre, o racionamento de água e a necessidade de uma viagem, fica difícil dedicar-se ao cuidado com as plantas. Conheça a técnica simples e de baixo custo de irrigação por gotejamento que vai manter a sua hortinha a salvo.

 

Você irá precisar:

Materiais a serem utilizados para confecção do gotejador de barbante.

  • 1 Garrafa PET de 1,3L a 2L com tampa;

  • 1 metro de Barbante de Algodão ou Cordão cru;

  • 1 Alicate e Prego (ou ferro de solda);

  • 1 Tesoura e faca (opcional).

 

Modo de Fazer

1. Faça um furo com ferro de solda (ou com alicate e prego quente) na base superior e inferior da garrafa pet. Esses dois furos devem ter espessura aproximada ao tamanho do barbante. 

Furo superior e inferior feito com ferro de solda ou prego quente e alicate.

Atenção: muito cuidado ao esquentar o prego no fogão.

 

2. Corte o barbante em pedaços de 20cm e insira um pedaço em cada furo até que metade do barbante esteja inserido na garrafa.

Furo superior já com barbante inserido e furo inferior

 

3. Encha a garrafa com água, tampe e coloque-a sob o canteiro. Pronto, por capilaridade, o gotejamento vai ocorrer nas extremidades dos barbantes.

 

Alternativamente, pode ser feito um corte em forma de “x” entre os dois furos com barbante. Esse corte facilita o reabastecimento de água na garrafa pet, utilizando uma mangueira.

Corte em formato de x na parte de cima da garrafa para completá-la com água.

 

Irrigação por gotejamento

A irrigação por gotejamento com garrafa pet e barbante, ou irrigação por capilaridade, mostra-se bastante útil e prática. Além de promover o uso eficiente desse bem escasso, essa técnica evita gastos com mão-de-obra, recicla garrafas que seriam descartadas e facilita o desenvolvimento de atividades de produção agrícola em regiões urbanas.

Não é necessário ser bom entendedor de física para conhecer o processo.

O funcionamento baseia-se em capilaridade, ou seja, a tendência que a água tem de fluir através de corpos porosos. O fluxo de água proveniente da garrafa pet umedece o fio de barbante, que goteja água de forma constante sob a superfície do solo.

Na técnica ilustrada, o reservatório deve ser manter mais alto e caso fique descoberto, use água sanitária na proporção de uma colher de sopa por litro de água.

O professor Arthur Carniato Sanches, doutor em Engenharia de Sistemas Agrícolas, explica que a técnica de gotejamento feita dessa forma acontece de forma lenta, por isso é muito útil.

“É lenta e tem capacidade limitada para formar um bulbo molhado. Pode ser muito útil, pois uma garrafa pet pode levar vários dias para o líquido (água) ser consumido, e tem capacidade para manter uma porção de solo úmido (um vaso, por exemplo)”, explica o professor.

A irrigação por gotejamento com garrafa pet não é viável para grandes cultivos, ou seja, o uso deve ser feito apenas para hortas domésticas (hortaliças e folhosas).

“(a técnica) tem grande utilidade em cultivos caseiros (pequenas hortas, vasos de plantas, etc), onde a pessoa vai se ausentar por alguns dias (viagem)”, diz o especialista.

Uma observação importante deve ser feita, é preciso regar manualmente antes de usar a técnica.

“O ideal é que o solo onde for fazer a irrigação por garrafa pet e barbante, seja irrigado manualmente previamente até obter um molhamento próximo a umidade de capacidade de campo (úmido e não encharcado), para que assim, o sistema mantenha a umidade do mesmo e não demora muito para estabilizar”, alerta Arthur.

Fonte(s): Guimarães
Euriann Yamamoto
Redatora, Doutora em Agronomia e apaixonada pela vida. Faz boas escolhas focando em ser a mudança que espero ver no mundo.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui