• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Invenção acoplada a Privada declara guerra ao Papel Higiênico

Pode parecer absurdo mas essa bugiganga é sustentável e faz bem a saúde.

Aquele momento quando você finaliza os trabalhos, vai pegar papel higiênico e…

Cadê?!

4

Pois esse terror está com os dias contados! A canadense Miki Agrawal acaba de inventar um utensílio que, segundo ela, irá deixar a vida das pessoas mais digna e saudável.

O Tushy – em português livre seria algo como “bundinha boa” – é um mini bidê acoplado ao vaso sanitário que faz a mesma função do papel higiênico, só que melhor, pois é realmente higiênico. Afinal, quando um passarinho caga na sua cabeça, você passa um papel ou lava?

Para refletir…

2DD67E0C00000578-0-image-a-34_1445948907455

Agrawal em entrevista para a revista Forbes afirmou que “Por todo o mundo – Asia, Europa e Oriente Médio – as pessoas usam bidê. Utilizar papel higiênico para limpar a bunda é um costume bárbaro”. E com isso em mente, ela lidera uma causa para que as pessoas do continente americano também se atualizem.

A instalação desse mini-bidê funciona em qualquer vaso sanitário, ocupa pouco espaço e é de fácil uso. Diferente do chuveirinho, bastante popular no Brasil, você não precisa ficar mirando a parada no lugar desejado, o Tushy faz isso pra você.

 Veja como instala (em inglês):

1ae9c9e3-16af-451b-84b3-510be843720a

O aparelho funciona através de um controle que fica suspenso ao lado do acento. E pode ter duas opções, uma de pressão e outra de temperatura, quando acionados espirram um jato de água onde precisa ser limpo.

2DD67E1000000578-3291633-image-m-42_1445948982318

É sustentável e faz bem a saúde

A criadora explica que, além da energia e madeira, são utilizados cerca de 140 litros de água para fabricar um simples rolo de papel.

Partindo do princípio que 3 folhas são ideais para uma boa limpada e que cada rolo de 30m tem 3000 folhas, o resultado seria: a cada “número 2” feito você gasta cerca de 7 litros de água só em papel higiênico (sem contar a água da descarga, 15 a 20 litros). Ou seja, faz bem para a bunda e para o planeta.

O site de venda do produto afirma que o seu uso pode ser a salvação de pessoas com hemorroidas e mulheres com infecção urinária.

Até o momento existem apenas 2 modelos do mini bidê: um com água fria, que custa US$54 e um outro com água quente, por US$74. o produto está disponível a venda no site da empresa.

Imagem: tushy

Fonte: dailymail

Claussen Munhoz
Gaúcho paulistano. Colorado de nascimento, formado em mundanidades e viciado em inutilidades. Tarado por informação, literatura e churrasco. Roteirista, jornalista e ex-produtor de Hermes e Renato que gosta de estudar e de batata. Só mais um entre tantos meninos perdidos.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui