Os melhores truques: Como proteger os seus dados privados, segundo o IDEC
  • Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

chevron_left
chevron_right

Os melhores truques: Como proteger os seus dados privados, segundo o IDEC

Novo ebook gratuito que todos deveriam ler.

Gustavo Torniero Publicado: 30/11/2018 13:18 | Atualizado: 01/12/2018 11:09

Pense na seguinte situação: você vai até a farmácia mais próxima e o atendente pergunta se você não gostaria de fazer um cadastro. Você aceita e em seguida é submetido à uma bateria de perguntas: nome, CPF, e-mail, telefone, endereço, etc., estamos acostumados a passar nossos dados sem muita reflexão, principalmente na internet.

O grande problema é que não há transparência sobre como esses dados são armazenados e se são compartilhados com outra empresa, ainda mais porque não existia uma legislação específica até agosto deste ano.

Além disso, falta uma fiscalização efetiva sobre como circulam esses dados coletados pelas empresas. O caso é tão sério que em março de 2018, o Ministério Público do Distrito Federal iniciou uma investigação para apurar se redes de farmácias do país estariam repassando ou vendendo dados sigilosos de clientes!

Para ajudar o consumidor nessa, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) lançou um ebook sobre como proteger seus dados e informações das empresas.

O instituto participou ativamente das audiências públicas e discussões sobre a lei de proteção de dados pessoais, sancionada em 14 de agosto de 2018. A legislação é um marco na proteção dos consumidores e dos cidadãos, mas as “regras do jogo” só entram em vigor em 2020. Até lá, não adianta ficar com os braços cruzados.

“O e-book surgiu desse questionamento na nossa equipe de direitos digitais. Há muita coisa que as pessoas podem fazer, no nível pessoal, para evitar a coleta massiva de dados pessoais e a invasão da privacidade.

Existem diversos aplicativos e extensões para minimizar o impacto da coleta de informações e que podem ser utilizados por qualquer pessoa. O IDEC faz uma compilação das melhores práticas e desses recursos no “Anti-Mapa da Privacidade”, diz Rafael Zanatta, advogado do IDEC e um dos organizadores do estudo.

Algumas dicas do ebook

Entre as várias dicas do ebook, destacamos as extensões que podem te dar mais privacidade enquanto você navega na internet. Confira algumas extensões:

  • HTTPS Everywhere: facilita a conexão com segurança a sites que permitem o uso de criptografia, automaticamente requerendo uma conexão criptografada a eles.
  • Click&Clean: deleta seus dados pessoais armazenados no disco rígido do seu computador pelo navegador e armazenados no seu histórico de internet. Quando você entra em um website, ele pode acessar estes dados armazenados, como informações do cartão de crédito ou registro de saúde, sendo, portanto, importante fazer uma limpeza regularmente.
  • Privacy Badger: bloqueia publicidade espiã e rastreadores invisíveis.
  • No Script: faz com que JavaScript, Java, Flash e outros plugins só possam ser executados por websites confiáveis.
  • AdBlock: Não quer se afogar no meio de tanta publicidade? O AdBlock é uma extensão de código aberto e funciona para a filtragem de conteúdo e anúncios.
  • FUZZIFY.ME: ajuda o usuário a obter informações mais transparentes sobre aqueles anúncios exibidos pelo Facebook e também pode confundir o algoritmo da rede social.

Associativismo

Para ter acesso ao ebook (clique aqui), inicialmente, é necessário fazer um cadastro no site do IDEC, o que pode soar incoerente. Mas de acordo com Rafael, essa medida visa reforçar o associativismo.

“Como o IDEC é uma organização civil, precisa de meios de interação com cidadãos interessados em defesa de seus direitos. O cadastro serve para a criação dessa relação de interação entre a pessoa e a ONG, com respeito à finalidade específica da coleta de dados e não monetização dessas informações”, explica o advogado.

O cadastro é importante para a comunicação com os interessados em direito do consumidor. Por meio dele é possível receber newsletters de combate a agrotóxicos ou mobilidade urbana e até mesmo conhecer novos projetos do IDEC, como o podcast “Coto.net”, de direitos digitais, disponível no Spotify e outras plataformas.

Mas se mesmo assim você não quiser fazer o cadastro, não esquenta. Como o IDEC é uma instituição sem fins lucrativos, tudo que é produzido por lá é licenciado em formato aberto, garantindo a livre utilização e circulação das informações.

Portanto, você pode baixar o ebook sem fazer cadastro por este link.

Gustavo Torniero
Jornalista curioso no âmbito profissional e nas horas vagas. Escreve conteúdos otimizados para motores de busca e já publicou reportagens em veículos de comunicação, foi sócio e apresentador do Programa Zuada, para cerca de 900 cidades ao redor do Brasil e é ativista na área de acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência. É cego, mas isso fica por último porque é só um detalhe.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui