• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Setor Bugiganga

Patinete elétrico dobrável é a nova aposta da Hyundai para fugir do trânsito

Ironicamente ele vem acoplado na porta de um carro.

Dario C L Barbosa Publicado: 17/01/2017 15:09 | Atualizado: 17/01/2017 15:09

Quem já ficou preso no trânsito por algumas horas, certamente já sentiu aquela vontade de abandonar o carro e seguir o percurso a pé. Pois, que nada, salte do veículo e vá de patinete.

Pelo menos essa foi a proposta da Hyundai ao criar o conceito do Ioniq Scooter, um patinete elétrico que surge para complementar a linha sustentável da empresa.

Levando o mesmo nome que os “carros verdes” da marca (Ioniq), o novo patinete foi apresentado recentemente em uma grande feira automobilística. Totalmente dobrável e leve, com luzes e sensores que detectam quando alguém está sobre ele, o patinete fechado tem quase a mesma medida que uma pasta e pode ser transportado com descrição pelo “motorista”, garante a empresa.

Porém, a intenção não é que você abandone seu carango e se jogue no mundo de duas rodas. A ideia é que ele seja usado juntamente com o carro, seja para fugir de um trânsito inesperado ou te ajudar a percorrer um estacionamento relativamente grande. Na verdade, o Ioniq Scooter vem acoplado na porta do carro Ioniq EV, onde, além de ser armazenado, tem sua bateria recarregada.

Entre os amantes desse mundo, a notícia gerou certa frustração já que a empresa não apresentou maiores detalhes sobre o patinete. Não divulgaram se é real, se será vendido separado do carro ou qualquer outra informação mais precisa, como a velocidade que ele alcança, por exemplo.

Além disso, essa história de patinete acoplado no carro não foi uma grande sacada da Hyundai, pois a Audi e a Peugeot já lançaram produtos bem similares que também vinham ‘colados’ no automóvel. Assista ao vídeo do conceito, publicado pelo canal do Youtube Carscoops.

 

Fonte(s): Clean Technica, The Verge, Audi, Carplace, Mashable, Exame
Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão pela internet em 2012. Vegetariano, meditante e ecossocialista na luta por consciência e equidade. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui