• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Geladeira Natural: Técnica milenar de fermentação transforma alimentos em ‘bomba de saúde’

O Nukadoku de quebra deixa as hortaliças muito mais saborosas.

Podemos achar que as coisas andam na pior, mas é importante lembrar que além do copo meio vazio, também existe o copo meio cheio. Por exemplo, a alimentação saudável está cada vez mais ganhando destaque na mesa das famílias e dos solteiros mundo afora.

Aproveitando todo esse interesse, vamos dar uma agora incrível dica milenar para potencializar os nutrientes e sabor das suas hortaliças. Você já ouviu falar em Nukadoku?

Quem?

É uma espécie de “geladeira natural”, uma técnica japonesa milenar à base de arroz para conservar alimentos (hortaliças) através da fermentação natural.

De acordo com o site Vamos Fermentar, alimentos que passam por este processo natural de fermentação acabam se transformando em poderosos probióticos, ricos em lactobacillus, muito importante contra o intestino preguiçoso.

Todo esse processo acaba por melhorar a imunidade de quem consome o alimento, além de renovar a flora intestinal, oferecendo uma “turbinada” na digestão. Sem contar que dá muito mais sabor e nutrientes, e em poucas horas.

Hortaliças descansando no Nukadoko.

Mas de fato, o que é isso?

Nukadoku significa “cama de farelo de arroz“. Trata-se de uma pasta grossa feita com o farelo do cereal, sal e outros ingredientes básicos para saborizar.

Quando se enterra hortaliças nessa pasta (não funciona com carnes, ovos ou lácteos), ele utiliza a fermentação selvagem para o processo de conserva, ou seja, as próprias bactérias presentes no farelo de arroz, no alimento e nas suas mãos, são responsáveis pela fermentação, de forma natural.

A hortaliça pode passar apenas algumas horas ou até dias enterrada na mistura, além de conservá-la em perfeito estado para consumo, dá um sabor diferente, textura macia e suculenta, parecida com alimentos deixados em conserva da maneira tradicional, em água com sal, como os picles ou palmitos, por exemplo.

A grande sacada é que, além do sabor e da possibilidade de você escolher o “ponto” que mais gosta de “legumes em conserva”, você oferece ao seu organismo uma bomba de bactérias do bem. E tudo natural, feito em casa!

Caiu na rede é peixe saúde

O Nukadoku, é usado há milênios inclusive como alternativa à geladeira. Recentemente a técnica ganhou certo destaque na rede devido um vídeo (veja abaixo) publicado na página da youtuber Sheylli Caleffi, onde, durante uma visita na Companhia dos Fermentados, ela mostra como todo o esquema é feito.

Caleffi chega a experimentar um pepino que estava enterrado no farelo de arroz por 4 dias, ela relata que o sabor do legume estava salgadinho, semelhante há um pepino deixado em conserva líquida.

Como fazer essa belezinha?

Os responsáveis pela Cia. dos Fermentados atestam que a receita não é complicada, o mais difícil é encontrar alguns ingredientes como o farelo de arroz, folhas de pitangueira ou folhas de Caril. Mas nos deram a letra que é possível substituir as folhas que colocamos para temperar por louro, salsinha, coentro, ou seja, qualquer erva aromática.

Mas de qualquer forma, a base para o Nukadoku é: farelo de arroz (encontrado em zonas cerealistas), água e sal. O restante é mais para dar um sabor e você pode fazer suas alterações sem problemas.

Passo a Passo

Você vai precisar de:

  • 1kg Farelo de Arroz
  • 600 ml de Água
  • 10 folhas de Pitangueira
  • 6 folhas de Limão Galego
  • 1 rama de Folhas de Aroeira
  • 2 colheres (sopa) de Folhas de Caril (Neem Doce)
  • 1 colher de sopa de Missô (opcional)
  • 10% a 15% do peso da quantidade de farelo de arroz em sal (Nesta receita fizeram a composição com 85g de Caldo de Limão fermentado e 25g Sal)
  • 3 Pimentas Dedo de Moça (tire as sem semente ou diminua a quantidade se desejar menos picante)
  • casca de 1 Ovo fervida e amassada (opcional)
  • 20g Gengibre ralado
  • 5g Kombu (uma tira)

Você pode acrescentar também casca de maçã ou outra fruta desidratada para trazer açúcar e microrganismos, fique à vontade para criar.

Como fazer:

Em pequenas porções, passe todo o farelo de arroz na frigideira para uma leve tostada. Menos de um minutinho, até sentir o aroma de desprender. Deixe esfriar.

Acrescente todo os outros ingredientes até formar uma massa compacta, onde mesmo ao apertá-la, não escorre água.

Importante: Como o nukadoko é uma conserva de fermentação aeróbica, ou seja, necessita do auxílio do oxigênio, nesse primeiro momento é importantíssimo que você mexa nessa mistura duas vezes ao dia, pelo menos.

Com a pasta pronta, chegou a hora de você preparar seu Nukazuke, como são chamados os alimentos conservados nessa mistura.

Enterre na “lama probiótica” seus legumes e vegetais por completo, podem ser inteiros ou cortados.

O tempo que sua hortaliça deverá ficar enterrada para fermentar vai depender do seu gosto. Algumas conseguem passar pela “transformação” em algumas horas, já outras você pode deixar por alguns dias. Vai do seu paladar.

Você pode desenterrar, experimentar e consumir ou enterrar novamente para fermentar ainda mais. Para saber se a pasta já está pronta para receber seus alimentos, atente-se  a aparência e ao aroma.

A massa não deve ter nenhum tipo de fungos ou mofo e o aroma deve ser aquele característico de fermentação, azedo porém saboroso. Se sentir um cheirinho de coisa estragada, jogue tudo fora e recomece.

Selecionamos outras dicas bacanas do site Vamos Fermentar.

“Lembre-se sempre de misturar bem a massa de nuka, pelo menos uma vez ao dia. Ela não aguenta muito tempo ficar sem ser misturada ou alimentada (receber novas hortaliças) – no máximo, dois ou três dias.

Caso comesse a desaparecer pelo uso ou fique com excesso de água, adicione um tanto de farelo hidratado com salmoura a 15% e misture bem. Você também pode usar um papel absorvente com um peso por cima, para drenar o excesso de líquido.

O pote deve ficar fora da geladeira em local sombreado, coberto por um pano grosso. Ele precisa respirar. Assim que começar a ficar ácido, passe-o para a geladeira, caso seja verão ou a temperatura do ar, acima de 25ºC. “

Prontinho, agora sua “bomba de saúde” já está preparada para trazer muitos benefícios ao seu organismo e de quebra, dar um novo sabor à sua comida!

Fonte(s): Sheylli Caleffi - Facebook, Cia dos Fermentados, Vamos Fermentar, Garden Betty, Ces Petites Choses, Vamos Fermentar
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui