• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Fritas acompanha? Depois desse vídeo a resposta será outra

Atenção, esse artigo pode mudar sua dieta! Saiba o que está por trás da simples pergunta.

Você sabe que fast food é igual ex-namorada: a gente não deve, mas acaba comen… bom, deixa para lá. É normal, e até comum, fazer uma rápida alimentação devido a correria da rotina para a grande maioria das pessoas.

Agora, se você é do tipo “Maria vai com as outras” e responde “sim” para a pergunta “fritas acompanha, senhor/a?”, leia o texto abaixo e responda a essa mesma pergunta quando terminar.

A página do Facebook Educate Inspire Change divulgou um vídeo, traduzido pelo canal do Youtube Best of Web, contando um pouco dos detalhes do processo de fabricação dessas maravilhas fritas. Veja:


Tecla SAP

Pra quem não pode dar play, explico a seguir.

O vídeo nos conta que, primeiramente, as batatas são grandes pois são um tipo diferente de batata, a Russet Burbank, de dificílimo cultivo. Porém, para garantir a qualidade de seus produtos, elas não podem ter manchas, o que é conhecido como necrose (aquela parte onde a batatinha fica pretinha, saca?). É claro que uma empresa como o McDonald’s jamais compraria batatas assim. O que é feito nesse caso?

Para que as batatas não apareçam necrosadas, elas precisam de tratamentos para eliminar os afídeos, que são pequenos insetos que se alimentam da seiva da planta. Para acabar com esses bichinhos, usa-se um pesticida chamado Monitor, que de tão tóxico só é possível entrar em contato com o alimento depois de cinco dias da aplicação.

Passados esses cinco dias, as deliciosas futuras batatinhas crocantes precisam ser colocadas em um ambiente muito grande para liberar as substâncias tóxicas que absorveram. E por lá permanecem por seis semanas até ficarem aptas para consumo. Ou seja, por cinco dias ninguém pode chegar perto da plantação, e por 6 semanas após a colheita, elas ficam impróprias para o consumo.

batatas_sososlteiros

copiasnanet

Isso mostra que, apesar de serem muito apetitosas, essas batatas não são uma escolha muito saudável. A forma como você se alimenta, de maneira geral, é muito importante. Para mudar essa situação não basta apenas evitá-las, prefira fazer seus próprios alimentos e ficar livre dos industrializados, cheios de gorduras e conservantes.

As pessoas que preparam seu alimento são mais saudáveis que as pessoas que não preparam seus alimentos, isso porque, segundo uma pesquisaas empresas colocam muito mais sal, gordura e açúcar para que você fique viciado neles. Dessa forma, o seu desejo por um “lanchinho rápido” viverá dentro de você sem sua percepção. Vamos ficar atentos!

Então, fritas acompanha?

 

Fontes: Miscelânea | Educate Inspire Change | Best of Web

Márcio Lopes Câmara
Solteirão assumido desde 2012, quando completou 30 anos pela primeira vez. Publicitário, músico e escritor fanático. Escrever é preciso, viver não é preciso. Também escreve em outros sites, como o Puta Letra e Obvious.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui