• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Franceses criaram a pilha recarregável que “dura para sempre”

E não precisa de energia, bastar chacoalhar alguns segundos e pronto!

Mesmo com a modernidade dos dias atuais, a gente sempre acaba tendo que se render ao uso das pilhas, certo? Quem nunca morreu de raiva quando o controle remoto parou de funcionar que jogue a primeira pedra!

remote-control-throw-o

Pensando nisso, uma empresa francesa criou a pilha recarregável que dura para sempre. Batizada por photo-battery

Captura de Tela 2014-09-10 às 12.57.53Basta chacoalhar a pilha que ela volta a oferecer carga e fazer funcionar seu controle da tevê, seu carrinho de controle remoto ou qualquer outra coisa. O par de Pilos no tamanho AA custa 10 euros (algo em torno de 30 reais) e já estão em pré-venda. A promessa dos fabricantes é que a pilha dure até 100 vezes mais que as concorrentes que não têm “vida eterna”. A novidade foi apresentada durante o Paris Founders Event, encontro de inventores que rolou na capital francesa.

Em entrevista ao portal francês de startups Rude Baguette, o CEO e fundador da empresa que criou a Pilo, Nicolas Toper, contou alguns detalhes sobre as vantagens da pilha que dura pra sempre.

imgres“A Pilo é alimentada por movimento. Diferentemente das pilhas convencionais que têm esta características, a Pilo não precisa de muitas horas para se tornar reutilizável novamente. Por isso elas nunca chegaram ao mercado”, conta.

Você já deve ter visto aquelas lanternas recarregáveis, que precisam de uma espécie de fricção para manter a luz acesa, certo? O desafio da Pilo é ser mais rápida que isso. Seus fabricantes prometem que apenas alguns segundos de chacoalhadas já serão capazes de manter as pilhas funcionando por um bom tempo. “Este é nosso principal desafio: fazer com que a Pilo necessite de um tempo baixo de carregamento, tenha vida útil longa e preço competitivo”, finaliza.

Prometem entregar as pilhas em Outubro desse ano (2014).

 

Imagens: divulgação

Fonte: Rude Baguette

 

Anderson Neco
Jornalista apaixonado por música, futebol, cerveja e cinema - não necessariamente nessa ordem. Já escreveu sobre cultura, telecomunicações e até gado. Ao longo dos anos, o rapaz - que coleciona frustrações e vinis - só conseguiu ter certeza de uma coisa: "The Godfather" é o filme mais importante de todos os tempos.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui