• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Por que optar por Farelo de Aveia ao invés da farinha ou flocos

Farelo de aveia é o mais recomendado por nutricionistas.

Cleane Lima Publicado: 03/09/2021 12:04 | Atualizado: 03/09/2021 13:11

Aveia é super nutritiva e tem diversos benefícios para saúde, mas o que poucas pessoas sabem é que entre as opções flocos, farelo e farinha, a que leva a melhor é o farelo de aveia. Entenda a seguir.

 

A aveia e os seus benefícios

Aveia é um cereal funcional e altamente nutritivo que deve ser consumido por qualquer pessoa e em qualquer idade. Isto porque é uma excelente fonte de fibra, rica em vários nutrientes, como vitaminas do complexo B, proteínas e alguns minerais.

Segundo a nutricionista e terapeuta Aline Meireles, a aveia pode evitar e tratar diversas doenças. O cereal auxilia na diminuição da carga glicêmica, no equilíbrio do colesterol, no aumento da saciedade e na melhoria do ritmo intestinal. Além disso, contribui para o emocional de quem a consome.

“A aveia ajuda muito no processo de ansiedade. Dentro das proteínas que ela possui, existem alguns aminoácidos, entre eles o triptofano, que são fundamentais para o equilíbrio do humor”, afirma a nutricionista.

Combate o colesterol alto

A betaglucana é uma fibra encontrada na casca da aveia e atua na diminuição do colesterol alto, contribuindo assim para reduzir os riscos de doenças cardiovasculares.

A Agência Federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos afirma que apenas o consumo de 3g ou mais de betaglucana por dia é possível reduzir os riscos de doenças cardiovasculares em até 20% (FDA, 2015).

Baixa carga glicêmica

A betaglucana também auxilia na redução dos níveis de glicose, pois o organismo absorve de forma mais lenta os carboidratos encontrados nos flocos e farelo de aveia.

Devido a isso, a aveia é um alimento ideal para pacientes com diabetes, assim como afirma o artigo “Composição e propriedades fisiológicas e funcionais da aveia” do Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz.

Além da qualidade proteica e da presença de compostos antioxidantes, a aveia é um alimento aliado das dietas de emagrecimento, uma vez que promove a saciedade.

 

Qual a diferença entre flocos, farelo e a farinha de aveia?

Agora sabemos que a aveia traz vários benefícios para o nosso organismo e não é um alimento somente para os seus avós e avôs ou para os millennials. Que tal acrescentar o cereal à rotina alimentar?

Mas ao chegar no mercado você se desespera, porque se depara com aveia em flocos finos e grossos, farelo de aveia e farinha de aveia e não sabe qual comprar. Calma, meu jovem padawan. Vou explicar cada um.

A aveia em flocos se trata do grão inteiro empacotado, o farelo é a parte externa (casca) e a farinha é o grão sem casca e moído.

Todos os três tipos podem ser consumidos e utilizados em receitas, como vitaminas, receitas de bolos, com frutas, etc. No entanto, a nutricionista Aline Meireles diz que a composição nutricional vai variar de um para o outro.

“A aveia em flocos, os grãos são prensados integralmente evitando que haja perda dos nutrientes: vitaminas, minerais e fibras. As finas e regulares possuem a mesma composição nutricional, o que muda de um para o outro é apenas o formato do grão.

O farelo de aveia mantém todos os nutrientes, mas há menor teor de carboidrato e muito mais fibra betaglucana – responsável pelos principais benefícios da aveia.

Já a farinha é rica em carboidrato e é obtida da moagem dos grãos inteiros descascados. Nesse processo, há uma perda maior de fibras e há menor concentração de vitaminas e minerais.”

No entanto, vale ressaltar que seja em flocos, farelo ou farinha, o excesso é sempre prejudicial, mesmo a aveia sendo bastante benéfica para o organismo, pois pode causar aumento da produção de gases (pela fermentação intestinal), do bolo fecal e do número de evacuações.

A nutricionista afirma que o alimento deve ser consumido moderadamente e enfatiza que é importante beber bastante água.

“Mesmo a fibra tendo todos esses benefícios, em excesso pode causar gases e ao invés de soltar o intestino, pode prender. Além disso, pode também prejudicar a absorção de alguns nutrientes. Então, tudo com equilíbrio e atenção para a ingestão de água”, alerta Aline.

 

Qual é o melhor: flocos, farelo ou farinha de aveia?

Como explicado, a fibra betaglucana é responsável pelos principais benefícios da aveia. Então, já que o nutriente mais importante do cereal é encontrado com maior teor na parte externa do grão (casca), convenhamos que a farinha de aveia (o grão descascado) terá quase nada de betaglucana, concorda?

Você já entendeu aonde quero chegar com isso, né? Para que se tenha maior proveito dos nutrientes da aveia, o ideal é consumir a parte que contém o principal nutriente dela, a fibra betaglucana.

Ou seja, o farelo de aveia tem mais vantagens nutricionais; isso porque, além de ter maior teor de betaglucana, por ser exatamente a casca (fibra) da aveia moída, tem menos carboidratos comparado aos flocos e, claro, a farinha. Ganha-ganha!

Vale reforçar que a opção “mais fraca” é a farinha de aveia.

Farelo de aveia tem mais vantagens nutricionais.

Fonte(s): Revista-fi, Granotec, Laranja Colher, Fag Journal of Health, Essential nutrition, UOL
Cleane Lima
Jornalista e redatora que gosta muito de ficar em casa lendo, assistindo, escrevendo, e claro, comendo. Apaixonada por romances de época, gatos, doces (em especial, o chocolate) e Harry Potter (livro e filme). "Palavras na minha não tão humilde opinião são nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui