• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Extintor de última hora? Refrigerante pode apagar o fogo, mas é imprevisível

O correto é sempre chamar os bombeiros.

Eis que você está de boa, quando um mini incêndio começa e não tem nada para apagar a chama a não ser uma garrafa de refrigerante. O que fazer? Poderíamos indicar usar a bebida para tentar acalmar o fogo, inclusive é isso o que a internet sugere.

Você já deve ter visto em algum grupo do Whatsapp, vídeos de bombeiros usando refrigerante para apagar fogo.

Há algum tempo essas imagens rodam a internet, causando surpresa e aquela dúvida de sempre; será? Parece surreal, mas tem lá algum fundamento.

Além do seu estado líquido, os refrigerantes estão cheios de gás carbônico (CO2), o mesmo gás encontrado em alguns tipos de extintores. Então, o refrigerante imitaria o processo que faz o extintor tão eficaz contra incêndios?

Sim e não.

Um dos poréns é que cada extintor serve para um princípio de incêndio.

Por exemplo, os extintores à base de água servem para apagar fogo em papel e madeira. Mas serão péssimos contra incêndios em fiações elétricas ou substâncias inflamáveis (como gordura).

Já o extintor de CO2 consegue ser eficaz em todos esses casos citados: apaga fogo em madeira, em equipamentos eletrônicos e em líquidos inflamáveis (gasolina, solventes, etc.). Mas isso não quer dizer que ele sirva para todo tipo de fogo. Se o fogo iniciar em metais inflamáveis (como magnésio e titânio, por exemplo), CO2 só vai piorar.

Antes de achar que o refri funciona perfeitamente como extintores de CO2, já vale deixar registrado que NÃO. O extintor em questão é gasoso ou sólido (na versão pó químico, com bicarbonato de sódio), por isso é tão eficiente.

Já o refrigerante é líquido, só por isso ele já não poderia ser usado em combustão que atinge líquidos inflamáveis, como gasolina, solventes ou gordura, também em fiações e equipamentos eletrônicos.

Ou seja, o refri tem CO2, mas não tem NADA A VER com um extintor de CO2.

Portanto, em teoria, o refri se assemelha ao extintor de água, funcionando melhor em combustão mais comum, que ocorre em madeira, plásticos ou papel. Isso, claro, sem contar os outros ingredientes da bebida gasosa – que podem piorar e muito a situação.

O que os vídeos têm em comum é o fato dos profissionais sacudirem bastante o líquido e abrir só um pouquinho da garrafa, de modo que o gás saia com bastante pressão.

Portanto, além de depender do material que está pegando fogo, depende bastante da forma como você abre a garrafa e aponta para o fogo (ainda mais levando-se em conta que talvez você tenha que fazer isso quando estiver sentindo um leve desespero).

Então, antes de você se livrar de todos os extintores, reforçamos: O refrigerante nem sempre funciona!

No vídeo abaixo não fica claro se foi o material ou a forma como ele sacudiu a bebida, mas não funcionou:

Um incêndio de verdade (que é o fogo fora de controle) depende do corpo de bombeiros para ser apagado.

O extintor serve para apagar PRINCÍPIOS de incêndio, pois não é tão potente para apagar, por exemplo, um prédio pegando fogo. Se o extintor já é fraco quando falamos sobre aquela chama que começa a se espalhar, o refrigerante é pior ainda, pois não foi pensado para isso.

Outro fail mostrando como a técnica é imprevisível:

Porém, assim como dissemos no início desse artigo, se o fogo está apenas começando e você estiver sem nenhum extintor por perto, talvez seja uma saída tentar se proteger com um refrigerante, direcionando o jato para a chama.

Inclusive foi o que fez um funcionário de uma padaria de Goiás. Ele se esqueceu que o estabelecimento tinha um extintor e, no pânico, lembrou apenas dos refrigerantes. E funcionou. Então, em último caso, o refrigerante pode te ajudar.

Mas o ideal é SEMPRE ligar para o corpo de bombeiros; inclusive a corporação não indica usar refrigerantes nesses casos.

Como os incêndios podem se alastrar rapidamente e você não é nenhum especialista para saber como apagar cada tipo de fogo, nesse caso o melhor é não inventar moda. Saia do lugar o mais rápido possível e ligue 193.

“Essa é a coisa certa a se fazer.”

Fonte(s): CGTN - Youtube, Small Spirit - Youtube, Whatsapp Viral - Youtube, Superinteressante, Fool, Newhampshire, UOL
Bia Lancha
Jornalista, nerd, chocólatra, mãe de uma gata banguela e gamer viciadíssima. Se é pra falar sobre coisas engraçadas, teorias absurdas ou nerdices, tamo junto!

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui