• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Ex-agente do FBI ensina como desvendar o comportamento dos outros

Aprenda como entender as pessoas, antes de entrar numa cilada.

Você apresentou o trabalho pro chefe mas não entendeu muito se ele gostou ou não. O crush te encontrou acidentalmente na balada, mas você não sabe se, pra ele, isso foi uma surpresa boa ou uma decepção.

Como entender as pessoas antes de entrar numa cilada? O que fazer? Como agir?

Ex-agente_do_FBI_ensina_como_desvendar_o_comportamento_dos_outros

A respostas para essas perguntas vem de um ex-agente do FBI.

LaRae Quy ficou 23 anos como agente e hoje em dia repassa alguns dos truques que aprendeu para empresários em suas palestras.

Justin Bariso, colunista da INC reuniu as principais dicas de LaRae para serem usadas no dia a dia, principalmente com aquele seu colega de trabalho esquisito que você desconfia desde o primeiro momento. Se liga nas dicas!

***

1. Observe os detalhes

Primeiro você precisa identificar os pequenos gestos. Piscar os olhos demais, ou molhar insistentemente os lábios, por exemplo. Se você perceber que é normal a pessoa fazer esse tipo de coisa, ok. Porém, tais gestos podem acontecer somente em determinadas situações, como quando está sob ansiedade, raiva ou estresse.

Você precisa criar uma espécie de “banco de dados” sobre a pessoa que está observando, registrar aos poucos os gestos do seu dia a dia, pois isso ajudará a saber quando algo tiver errado, quando a pessoa fugir do padrão, você passará a perceber de forma natural.

Ex_agente_do_FBI_ensina_como_desvendar_o_comportamento_dos_outros

 

2. Interprete os tiques

Agora que você já consegue identificar gestos que não são comuns, você precisa aprender a perceber em quais situações eles aparecem.

Lembra do banco de dados que criou? Então, agora veja o que está diferente e tente entender o porquê. Mas lembre-se que a pessoa pode não realizar tais gestos ou movimentos de forma consciente.

Um exemplo de situação pode ser aquele seu colega de trabalho que pigarreia quando está nervoso ou sob pressão. Se quando você vai conversar sobre alguma mudança em um projeto e ele reproduz essa ação, pode ser o indício de que algo não está certo.

Outro ponto que deve-se prestar atenção é se esses gestos que fogem do banco de dados acontecem simultaneamente, como bater o pé e pigarrear ao mesmo tempo, por exemplo.

Ex_agente_do_FBI_ensina_como_desvendar_o_comportamento_dos_outros(1)

 

3. Reconheça o movimento do outro

O nosso cérebro possuí neurônios espelhos, que basicamente fazem com que as ações de quem está ao redor, se reflitam em nosso próprio corpo. Quando alguém sorri ao nosso lado, nossos músculos automaticamente são ativados e nos faz sorrir também.

Aplicando isso às pessoas, quando encontramos alguém que gostamos, os músculos do rosto relaxam e as sobrancelhas arqueiam. Caso a outra pessoa não reaja da mesma maneira, pode ser um sinal de que não gosta de você ou não concorde com suas ações.

Ex_agente_do_FBI_ensina_como_desvendar_o_comportamento_dos_outros(2)

 

4. Identificação

Em uma reunião no trabalho com seu chefe presente, você tende a olhar para ele na maior parte do tempo, porque no nível hierárquico, ele é quem manda. Porém, nem sempre ele é quem tem personalidade forte e comanda a situação.

Procure dentre os presentes aquela pessoa mais confiante, porque provavelmente ela será a que tem mais poder sob a situação. Mas como identificar a confiança? Simples, observe quem tem a voz mais imposta, postura mais expansiva e sorriso largo.

Já a falta de confiança é algo mais comum de se perceber em outras pessoas, elas mantêm a cabeça baixa e se parecem pouco à vontade no ambiente que se encontram.

Para fazê-las participar melhor da situação (no caso, na reunião do trabalho), a opção pode ser colocar assuntos mais diretos em debate, motivando-a a colocar suas próprias ideias em discussão.

Ex_agente_do_FBI_ensina_como_desvendar_o_comportamento_dos_outros(3)

 

5. O questionário

Mesmo sendo pessoas diferentes, com personalidades diferentes, existem algumas perguntas-chave feitas pelo LaRae Quy que são básicas para compreender as atitudes das pessoas:

  • Esta pessoa é introvertida ou extrovertida?
  • Esta pessoa dá muita importância ao seu relacionamento com os demais?
  • Como esta pessoa lida com riscos e incertezas?
  • O que alimenta o ego desta pessoa?
  • Qual o comportamento desta pessoa quando estressada?
  • Qual o comportamento desta pessoa quando relaxada?

As respostas dessas perguntas podem ajudar a compreender melhor seus colegas de trabalho ou até mesmo aquele match do Tinder que te deixou com pé atrás.

Ex_agente_do_FBI_ensina_como_desvendar_o_comportamento_dos_outros(4)

Agora é só você usar essas técnicas, e se ver livre das ciladas da vida! Alguém avisa pro Bino?

Fontes: Época | INC

imagem de capa: rrune

Amanda Conte
Filmes infantis são seus favoritos, mesmo tendo 23 anos. Chocolate e livros são seus únicos vícios. Jornalista, escritora independente e paulistana até a alma.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui