• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Evite tirar fotos fazendo sinal de “vitória”, alerta especialista

Tecnicamente é possível acessar suas informações pessoais dessa forma.

Todo mundo já tem uma pose clássica para sair em fotos. Se a tua for fazendo “paz e amor” ou “vitória” com os dedos, saiba que esse click pode encher sua timeline de curtidas e a vida de problemas.

Um recente estudo japonês, realizado pelos cientistas da National Institute of Informatics, revelou que através de suas fotos mostrando os dedos é possível copiar sua digital, o que significa nesse mundo tecnológico, acesso aos dados privados.

De acordo com a publicação do Japan Times, o processo para fazer essa cópia nem é tão complicado. Basta ter seus dedinhos à mostra, uma foto bem iluminada, boa qualidade e pronto.

Com suas digitais impressas em 3D, o estelionatário só precisa encontrar meios de utilizá-las em benefício próprio, como desbloquear seu smartphone e ter passagem livre para tudo o que você guarda ali… ou seja, sua vida.

Pode parecer coisa de 007, mas casos assim não são mais tão coisas de cinema. Segundo o site Mashable, membros do governo australiano já caíram nesse “golpe” e até a polícia americana já utilizou esse método para desvendar crimes. Porém, apesar da tática existir, é pouco provável que nós, meros mortais, sejamos alvos dos “golpistas”.

De acordo com declaração à publicação, Jason Chaikin, especialista em verificação biométrica (análise de impressão digital), as chances das digitais estarem visíveis, na luz certa e compatíveis para as cópias são muito difíceis.

Além disso, depois de fazer o serviço, o estelionatário ainda precisa ter seu celular em mãos, o que diminui ainda mais as chances do golpe. A galera ficando criativa, então não custa evitar. Voltemos pra pose “bico de pato”, que tal?

chdf

Fonte(s): Japan Times, Mashable, Olhar Digital
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui