• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Essa é a idade oficial para ser considerado ‘velho’ para balada, segundo a ciência

O estudo britânico entrevistou e analisou 5 mil pessoas.

Ultimamente você chega na balada e já dá aquela olhadinha se tem lugar pra sentar? Tem uma vontade de pedir ao DJ abaixar um pouco a música? Lugares lotados não te satisfazem mais?

Já pensou que talvez você tenha passado da idade de cair na noitada? Para nos ajudar a ter certeza disso, a ciência conseguiu descobriu qual é a idade exata para abandonar de vez a “madruga boladona“.

Ai meu Deus, eu estou ficando tão velho!

De acordo com o site Yorkshire Evening Post, um estudo, aparentemente desenvolvido pela empresa Currys PC World (pois foi a única a dar declarações sobre a pesquisa), contatou que 37 anos é a idade limite para ir na balada e não pagar de tiozão/tiazona do rolê.

O estudo britânico entrevistou e analisou 5 mil pessoas, onde boa parte delas consideraram ser “trágico” estar com 37 anos ralando até o chão da balada.

Na realidade, 37% desses entrevistados revelaram que ter em torno dos 40 anos ou mais e se ver rodeado de jovens numa pista de dança ou nos barzinhos da vida é algo extremamente deprimente.

Ainda de acordo com os entrevistados, aos 31 anos é quando começamos a pensar e planejar nossa vidinha longe da catuaba e das frases “vamos, é open bar” e “meu deus, cadê minha comanda?“. Para os britânicos nessa faixa etária, pedir uma pizza e ficar na maratona de séries é um programa muito mais empolgante.

Mas por que prefere ficar em casa?

Claro que a pesquisa não aceitou apenas respostas como “preferia estar morta” para a pergunta “por que não vai pra balada?”. Sendo assim, os entrevistados também revelaram as desculpas os motivos que colaboram para que a vontade de sair acabe.

Entre os principais motivos, a falta de grana. 6 em cada 10 entrevistados usaram essa desculpa – que é bem a nossa realidade também, né? Achar alguém para cuidar das crianças e a falta de transporte também se destacaram como um dos motivos para colocar pijama na sexta e tirar só na segunda de manhã.

Já para 29% deles, ficar em casa para não ter de lidar com a ressaca no dia seguinte é o principal motivo. Mas para 70% dos entrevistados, o argumento campeão que elimina totalmente a necessidade de ir pra boite, é ter uma mozão para chamar de seu.

Matt Walburn, da Currys PC World, também apresentou uma ótima explicação para esse comportamento. Mais uma vez, a culpa pode ser da tecnologia.

“É quase impossível ficar entediado em casa, com todo o conforto e toda a tecnologia que podemos contar. Passar um tempo nas mídias sociais, fazendo compras online ou jogando em rede com amigos pode trazer satisfação maior” – revela Walburn em entrevista ao site NME.

Esse lance da “comodidade tecnológica” é bem verdade, certamente você já miou o rolê pra ficar vendo Netflix, fala aí. Mas será que todo o restante da pesquisa também cabe para nós, brasileiros, cheios de molejo e fogo na bunda?

– Conta pra gente, você acha que tem uma idade pra parar de ir pra balada?

Fonte(s): Super Interessante, NME, Mix Mag, Yorkshire Evening Post
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui