• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Pratique o mínimo de atividades físicas e obtenha o máximo de resultados!

Até os que não suportam academias vão curtir essa dica.

Até os que não suportam academias irão curtir essas dicas.

Exercitar-se faz parte da natureza humana. Nosso corpo foi feito para realizar atividades físicas desde os primórdios da humanidade: ao buscar alimentos, fugir de inimigos, construir abrigos, entre outras ações que pediam uma demanda física acentuada.

Acabamos deixando a prática dessas atividades em segundo plano, por inúmeras razões, o que é um grande erro. “Nós dependemos do nosso corpo para sobrevivermos. O que mantém ele em perfeito funcionamento é justamente o exercício regular”, explica o personal trainer e professor Fernando Mazota, formado em treinamento esportivo pela USP.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda atividades físicas de moderada intensidade por 40 a 60 minutos, de 3 a 5 vezes na semana. De uma forma geral, os exercícios diminuem riscos de doenças cardiovasculares, controlam o peso, a glicemia, assim como a melhora da autoestima, entre muitas outras vantagens.

“Para atividades físicas que exijam maior esforço, é sempre recomendado procurar um médico antes”, aconselha o cardiologista Thiago Midlej. O educador físico e fisiologista Edson Timóteo de Souza lista três dicas para sair do marasmo: caminhadas em ritmo de quem está atrasado, pedalar e dançar (tudo de forma moderada).

O sedentarismo é um dos maiores problemas de saúde que enfrentamos. “A prática de atividade física deve fazer parte do nosso dia a dia. Quanto mais cedo iniciarmos essa rotina, maior será o benefício”, explica Thiago.

Agora, a bomba!

De acordo com um estudo publicado no jornal Circulation, nos Estados Unidos, mulheres que se exercitam duas vezes por semana têm menos riscos de terem doenças do coração – se comparadas com mulheres que não praticam nenhum tipo de atividade.

O interessante nessa pesquisa é que as que praticavam exercícios durante mais de dois dias, não necessariamente diminuíram os riscos de doenças cardíacas do que as que praticavam somente duas vezes por semana.

maroneymedal

Se você se mata na academia, não precisa ficar chateada. Quem não se mexe, vive menos.

Portanto, a mensagem é a seguinte: você não precisa ser um rato de academia para ser saudável – o que pode ser uma grande esperança e inspiração para quem odeia ir para academia puxar peso ou para todos aqueles que sofrem ao praticar o mínimo de exercícios físicos possíveis.

 

Imagem de capa: imgkid

Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão (SBT, Record, Band, etc.) pela internet em 2012. Vegano e meditante, busca evoluir junto com todos os seres enquanto caminha. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui